quarta-feira, 27 de junho de 2012

Polícia prende sete suspeitos de assalto a bancos no interior do Ceará

Grupo foi preso com fuzil, pistolas e explosivos para explodir cofres.
Grupo estava escondido em uma casa em Maracanaú.
Chefe do bando

Delegado Geral da Polícia Civil do Ceará
Material apreendido
Sete pessoas suspeitas de compor uma quadrilha de assalto a bancos no Cearáforam presas entre a noite de terça-feira (26) e a manhã desta quarta-feira (27), de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Ceará. Os homens foram presos com fuzil, pistolas, coletes à prova de bala e material para fabricar explosivos, usados para explodir cofres e caixas eletrônicos.

Segundo o tenente da Coordenadoria de Inteligência (Coin) do Ceará, Daniel Prado, o grupo estava escondido em uma casa no Bairro Jereissati II, em Maracanaú. De acordo com o tenente, há dois meses o grupo de assaltantes era investigado e estava foragido da cidade de Pacajus. Os três foram presos por volta das 6h portando armas e munição. Segundo Prado, eles não ofereceram resistência a prisão.

O grupo foi encaminhado para a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) juntamente com o armamento apreendido. A operação foi realizada pela Coin e DRF, em parceria com o Batalhão de Choque o programa de policiamento Ronda do Quarteirão.



Assaltos em alta
Dez cidades do Ceará registraram assaltos a banco neste ano, de acordo com o Sindicato dos Bancários do estado. Em Fortaleza, foram três assaltos. Segundo o sindicato, o número de assaltos nos quatro primeiros meses do ano é quatro vezes maior que no mesmo período do ano passado.

Em quatro ações foram usados explosivos. Em Petencoste, a ação mais violenta, segundo o Sindicato dos Bancários, a explosão destruiu toda agência bancária. Em 27 de fevereiro, um policial militar foi morto em Catarina durante assalto a banco. Mineirolândia, Novo Oriente,Banabuiú, Madalena, Itatira, Irauçuba e Petencoste também tiveram bancos assaltados. Nessas cidades, ninguém foi preso ou ficou ferido.


G1 CE

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More