CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

domingo, 22 de maio de 2016

BOMBA! CRIANÇA DADA COMO MORTA EM MERUOCA TERIA SIDO JOGADA EM NECROTÉRIO DO HOSPITAL MUNICIPAL AINDA VIVA!

O caso de negligência médica no Hospital Municipal Chagas Barreto em Meruoca, denunciado pela imprensa, de que uma criança de seis meses teria sido dada como morta, e jogada na pedra do necrotério daquele hospital, sendo que estava viva, teve grande repercussão, causando indignação aos que ouviram os relatos do caso.
Vereador Carlos José, em sessão no distrito de Anil
O vereador Carlos José do Pimenta, na Sessão Itinerante realizada no distrito de Anil na quinta-feira (19), confirmou as denúncias, e contou mais detalhes do caso. Disse o edil, que o pai da criança (uma menina), é conhecido como seu Zé, e que ele com a mulher moram na localidade de Gameleira-Anil (Meruoca), e que ao ver sua esposa em trabalho de parto (estava com seis meses de grávida), pediu um amigo uma moto e se dirigiu ao hospital municipal, para solicitar uma ambulância, para transportá-la. Chegando ao nosocômio, na madrugada de terça para quarta-feira, teria sido recebida por uma equipe médica na madrugada, sendo o médico conhecido por Dr. Vicente. Este ao constatar a morte da criança tratou de assinar e liberar o atestado de óbito, mandando o corpo para a pedra fria do necrotério do hospital, ainda na madruga, e enviou a mãe para hospital em Sobral. 

Explicou ainda o vereador Carlos José, que a outra equipe médica quando chegou e foi ao necrotério, informada que teria ali um corpo de uma criancinha de seis meses, os profissionais verificaram que ao contrário que o médico tinha diagnosticado na certidão de óbito, a criancinha ainda estava viva, sendo socorrida imediatamente e mandada para Hospital Regional de Sobral, não conseguindo resistir e vindo a falecer.

O edil Carlos José disse ainda, que este médico chamado Vicente, atendia no distrito de Santo Antônio dos Camilos, e que havia denunciado a secretária de Saúde, a sua forma ignorante de tratar as pessoas, mais Sabrina Frota fez vista grossa e não fez absolutamente nada. “Acho um absurdo o valor que tem a vida nessa gestão de Meruoca. Uma polêmica por causa de uma festa no estádio municipal, o prefeito emitiu uma nota dando explicação pelo cancelamento da festa. Mais esse caso que afeta toda uma família, que uma criancinha morre, até o presente momento não houve manifestação de ninguém. Nem prefeito, nem secretária de Saúde e muito menos o Procurador da prefeitura de Meruoca, como se não tivesse acontecido absolutamente nada. Procuramos a família, juntamente com a vereadora Ana Carina, para vermos como está a situação, mais pasmem os senhores, até o momento nenhum assistente social, psicólogo ou outro profissional da saúde, não apareceram para dar qualquer apoio. Peço a presidente Carla Mara, que coloque a disposição da família a Assessoria Jurídica da Câmara, porque esse caso de negligência médica não pode ficar impune”. Concluiu o edil Carlos José.

Via Blog Sinhá Sabóia

1 comentários:

Espero que a população de Meruoca tenha consciência e não se venda por 50R$ ou uma cesta básica. Pois assim estão favorecendo o poder para pessoas incompetentes que dão em troca falta de saúde, educação e segurança. Acorda Meruoca!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More