CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Danos morais – Sinpol entra no caso da agressão contra policial que promovia Bolsonaro

Em nota enviada ao Blog Eliomar de Lima, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Ceará informa que acionará criminalmente os supostos agressores do estudante de Letras (UFC) e policial civil Jorge Fontenele, que, na segunda-feira (9), teria sido agredido por um professor e alunos por estar vestido com uma camisa com a foto do deputado federal Jair Bolsonaro (PTB/RJ). Confira:

O Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Ceará (SINPOL/CE) vem a público firmar posição com relação ao lamentável episódio ocorrido nas dependências da Universidade Federal do Ceará, na tarde do dia 9 de maio do ano corrente.

Primeiramente, cumpre asseverar que esta entidade representativa de classe não adota nenhum posicionamento político-partidário. Porém, por entendermos que o estado democrático de direito e a liberdade de pensamento devem nortear as relações sociais, vimos manifestar o nosso profundo pesar pela atitude de alguns alunos do Centro de Ciências Humanas da UFC, que ameaçaram, injuriaram, caluniaram e agrediram com empurrões e cusparadas, um aluno do curso de letras (italiano), que, por acaso, é inspetor de polícia civil.

Causou-nos espanto que justamente em um ambiente acadêmico, onde a pluralidade de ideologias deve ser defendida e, mais que tudo, respeitada, tenhamos visto ocorrer tamanha manifestação de ataque à democracia e ao livre pensar.

Informamos que o corpo jurídico do sindicato está tomando todas as providências cabíveis, face à situação de constrangimento e prejuízo moral a que foi submetido o referido policial. Serão ajuizadas ações criminais e de reparação de danos morais contra os autores (já identificados) das agressões perpetradas, inclusive acompanhamos o filiado em audiência na sede da 3ª Delegacia de Polícia, responsável pela circunscrição do local do fato.

No atual momento político vivenciado em nosso país, com clara polarização de ideias, asseveramos que, independente da tendência seguida, seja de direita, centro ou esquerda, defenderemos com afinco e de forma incansável, o sagrado direito à liberdade de pensamento e de expressão do cidadão de bem. Pois, para um povo livre governar a si mesmo, deve ser livre para se exprimir, aberta e publicamente, seja qual for a orientação adotada.

Blog Eliomar de Lima

7 comentários:

Para ter respeito tem que respeitar. Que os agressores paguem sua pena!!!!

que paguem por seus atos, cambada de vagabundos

Chupam essa esquerdistas de merdas. kkkkkk u_u

se era policial.. ninguem da faculdade sabia? Cadê a arma dele? deveria ter mostrado quem é que manda!

Ele agiu com sabedoria, esquerdistas são mestres na arte de se vitimizar, estavam implorando para ele reagir, se ele mostrasse a arma, quem estaria sendo processado era ele, pois iriam INVENTAR 1001 estórias para incrimina-lo e infelizmente iria colar, pois nesse país vagabundo tem mais moral que policial.

Eu vejo que cada vez mais tem agressões com quem usar a camisa do Bolsonaro e não concordo. Eu acho que ambos os lados tem que ser respeitado, tanto da esquerda quanto da direita, seria a mesma coisa de eu sair agredindo os esquerdinhas por usar a camisa do che guevara, pelo menos o bolsonaro não fuzilou ninguém.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More