CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

domingo, 12 de junho de 2016

Capacete salva vida de policial em tiroteio em boate gay de Orlando

O uso de um capacete salvou a vida de um policial que confrontou o atirador que abriu fogo em uma boate gay de Orlando, no Estado americano da Flórida, na madrugada deste domingo.
A polícia de Orlando divulgou a foto do objeto perfurado no Twitter.

O policial se feriu, mas não corre risco de morte.

Na madrugada deste domingo, um homem armado abriu fogo na boate gay Pulse, uma das principais casas noturnas voltadas para o público LGBT na cidade, próximo do horário do fechamento.

O suspeito do ataque foi identificado pela polícia como o americano Omar Mateen, filho de pais afegãos.

Autoridades classificaram o incidente como um "ato terrorista". O FBI, a polícia federal americana, ainda investiga essa hispótese.

O atirador foi morto. Segundo a polícia, 50 pessoas morreram, no pior tiroteio em massa da história recente dos Estados Unidos.

O saldo de mortos ainda pode subir, com pelo menos 53 feridos levados ao hospital, muitos deles em estado grave.
'Fim de semana trágico'

O incidente ocorre menos de 48 horas depois de outro homem armado matar a cantora Christina Grimmie, de 22 anos, após um show na cidade.

Ex-participante da edição americana do programa de TV The Voice, ela estava dando autógrafos a fãs quando foi baleada por Kevin James Loibl, de 26 anos. O irmão de Christina chegou a lutar com Loibl, mas ele se matou em seguida.

Ainda não se sabe qual teria sido a motivação do atirador.

Fonte: Notícias Uol

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More