CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Marido mata estuprador de sua esposa e manda o corpo até delegacia

Quando o marido da vítima soube do caso, que ocorreu sábado (2) na área rural de Buritis/Ro, ele caçou o homem e o matou a tiros.

Conforme consta no boletim de ocorrência, a vítima teria ido à Buritis para se reunir com os familiares. Ela foi abordada enquanto trafegava na Linha C-14. Na posse de uma arma de fogo o homem a parou e a estuprou e ainda levou sua calcinha como uma espécie de “recompensa”.

Após saber do ocorrido, o marido que estava em outra cidade, foi até Buritis e com a ajuda da esposa e o cunhado passaram a procurar pela homem na localidade onde ocorreu o estupro. Os três foram até uma residência na região e questionaram onde o homem residia, com a desculpa de que queriam comprar uma motocicleta com ele. Com a informação, os três foram até o local onde o homem morava, mas ele não estava. Horas depois, eles encontraram o homem caminhando na vicinal, próximo ao distrito de Vila União e entraram em luta corporal. O marido e o cunhado conseguiram amarrar o estuprador, colocaram na carroceria do veículo e o levaram até a residência onde morava.

Ao chegarem no local, vasculharam tudo, até encontrarem a calcinha da vítima enterrada ao lado da casa. Nesse momento, o acusado, Ezequias Rodrigues de 36 anos, tentou fugir, mas foi alvejado por 4 disparos de arma de fogo. Em seguida, o marido pediu que a mulher dirigisse o automóvel com o corpo na carroceria até a delegacia e informasse sobre a morte do homem. Dentro do veículo os policiais encontraram uma garrucha calibre 44. A mulher e o irmão estão detidos na delegacia para prestar maiores esclarecimentos. O marido, autor dos disparos, ainda não foi encontrado.

Via facanacaveira

5 comentários:

Foi pouco esse cidadão termatado o vagabundo estuprador,
Más era para ter dados uma surra grande e quebrado a coluna vertebral dele para que ele ficasse vivo más mexendo só com os olhos,comendo e bebendo e fazendo suas necessidades pelasmãos dos outros e vivesse 100 anos no fundo de uma cama ou rede.

Parabéns a este homem que tirou esse verme do meio da sociedade!

parabéns pelo comentário acima, e ainda acrescento mais capar o maldito também seria uma boa opção.

Infelizmente a justiça brasileira defende o bandido mais do que defende o cidadão. E o marido da vítima virará vilão ao invés de se tornar um herói.
Confirmado que era realmente o estuprador, ele deveria ser indenizado pela justiça, por sua esposa ter sido estuprada, por um verme estar solto e por se dar o trabalho de ter que libertar a sociedade de mais um escória dissimulado nas ruas.

Não existe sentimento ou sensação pior que a impunidade. E no Brasil em geral isso é comum, nas no fundo sabemos que a culpa é nossa, pois de 4 em 4 anos votamos por corrupção, por disbuta, por ganância de ganhar umas esmolas. Esquecemos de nossas crianças brincando na rua, do nosso pai de família, da nossa mãe batalhadora e lembramos somente de nós mesmos. Justiça a gente faz também com o voto. Parabéns pela atitude e coragem. Estatuto do desarmamento é uma bosta.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More