CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Tropa indignada com Camilo Santana: Ceará paga um dos piores salários do País para PMs e Bombeiros Militares

O Ceará tem um dos piores salários pagos aos policiais e bombeiros militares em comparação aos demais Estados brasileiros. E na média dos vencimentos pagos à categoria no Nordeste, a situação é ainda pior, com exceção da remuneração de soldados. Nas demais graduações – de cabo a coronel - a categoria amarga a desvalorização salarial. 

O abismo salarial é tão grande que chega a assustar a quem vê a tabela da Média do Nordeste. Enquanto o soldo de um coronel (topo da carreira militar) no Ceará é de R$ 4.224,25, na média da região, o vencimento é de R$ 15.097,97.

Já o vencimento de um cabo (a primeira graduação na carreira) na média da região é de R$ 3.447,00, enquanto no Ceará apenas R$ 231.16. Importante explicar que, ao soldo são acrescidos ganhos extras, como prêmio pela apreensão de armas, diárias de viagens, gratificação por exercício de função comissionada (cargos de chefia) etc.

No entanto, a luta dos bombeiros e policiais militares cearenses é para que o governador Camilo Santana finalmente cumpra uma de suas promessas de campanha eleitoral e implante a Média do Nordeste no Ceará. 

Através de suas entidades associativas, os servidores já disseram que abrem mão das gratificações e, nos últimos dias, mais de 200 oficiais já entregaram os cargos que exerciam para que o Governo do Ceará possa ter lastro financeiro necessário à implantação da média da Região Nordeste em seus vencimentos-bases (soldo). O assunto promete render e Camilo Santana não se mostra disposto, pelo menos neste momento, a ceder às pressões dos militares.

Veja a seguir a diferença salarial entre os vencimentos dos bombeiros e policiais militares cearenses e a média do Nordeste:

CORONEL: Salário no Ceará (R$ 4.224,25) – Média do Nordeste (R$ 15.097,97)

TENENTE-CORONEL: Ceará (R$3.592,50) – Média do NE (R$ 12.486,75)

MAJOR: Ceará (R$ 3.505,56) – Média do NE (R$ 10.843,42)

CAPITÃO: Ceará (R$ 2.516,02) – Média do NE (R$ 9.039,09)

1º TENENTE: Ceará (R$ 2.290,83) – Média do NR (R$ 7.187,35)

2º TENENTE: Ceará (R$ 1.764,93) – Média do NE (R$ 6.253,91)

SUBTENENTE: Ceará (R$ 1.421,61) – Média do NE (R$ 5.545,64)

1º SARGENTO: Ceará (R$ 1.056,81) – Média do NE (R$ 4.883,93)

Por FERNANDO RIBEIRO 

2º SARGENTO: Ceará (R$ 819,00) – Média do NE (R$ 4.367,03)

3º SARGENTO: Ceará (R$ 652,40) – Média do NE (R$ 3.873,29)

CABO: Ceará (R$ 231,16) – Média do NE (R$ 3.447,38)

SOLDADO: Ceará (R$ 3.433,57) – Média do NE (R$ 3.088,02)

CEARANEWS7

4 comentários:

E UM PROFESSOR AQUAL TODO PROFISSIONAL JÁ PASSOU GANHA MIL REIAS MIGAUADO E OLHA QUE UM PROFESSOR TÁ DENTRO DA SALA AULA ATIVAMENTE COM 40 OU 50 ALUNOS COM MIL PROBLEMAS ENQUANTO O POLICIAL É CHAMADO EVENTUALMENTE E UM FUNÇÃO PASSIVA.

pobre desses policiais alem de combater o pcc de ponto 40 ainda o sistema não paga correto !absurdo

tem que fazer uma greve geral duvido se eles não paga a média do nordeste

tenha vergonha governador pague um salario digno a esses homem guerreiro q arisca suas vidas todos os dias ,por um salario mesquinho valorizer eses profissionais

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More