CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Violência avança no Interior cearense com latrocínio, ataque aos Correios, um ônibus assaltado, mortes e um atentado

Um comerciante assassinado por ladrões de motos, uma agência dos Correios assaltada, mais ônibus atacado por bandidos com um PM rendido e desarmado, além um assassinato em família e um pastor evangélico alvo de atentado. Este é o resultado da violência nas últimas 48 horas no Interior do Estado, onde a criminalidade avança em todas as regiões, em desafio às medidas de reforço policial adotadas pelo governo.

Os crimes narrados acima aconteceram, respectivamente, nos Municípios de Pedra Branca, Catarina, Quixeramobim, Lavras da Mangabeira e Parambu. Em apenas um dos casos, a Polícia identificou o suspeito, mas ninguém foi preso.

Em Pedra Branca (285Km de Fortaleza), um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) teve como vítima o comerciante João Raimundo de Lima, 62 anos. Ele foi atingido por vários tiros ao reagir à abordagem de bandidos que faziam assaltados na estrada de acesso à localidade de Trapiá, na zona rural. A intenção dos criminosos era roubara a motocicleta da vítima. Como esta não parou, foi baleada pelas costas e acabou morrendo.

Na cidade de Catarina (394Km da Capital), a agência dos Correios foi alvo do ataque de dois bandidos na manhã desta quinta-feira (25). Dois funcionários foram tomados como reféns por volta de 11h30 quando fechavam a unidade para o horário de almoço. Sob a mira de armas, eles tiveram que voltar para dentro da agência e entregar aos ladrões todo o dinheiro que havia na tesouraria. A dupla fugiu numa moto de cor preta.

PM atacado

Em Quixeramobim ( 201Km de Fortaleza), uma quadrilha atacou um ônibus da empresa Guanabara na altura da comunidade conhecida como Quilômetro Vinte. Entre os passageiros que viraram reféns estava um policial militar. O PM teve que entregar aos criminosos sua arma (uma pistola), além da mochila onde estava a farda e outros objetos). O bando sumiu.

Em Lavras da Mangabeira (434Km de Fortaleza), uma discussão familiar terminou de forma trágica. Um tio assassinou o sobrinho. O crime ocorreu na zona rural. Cícero Pessoa Batista, 36 anos, não resistiu após ser atingido por um golpe de faca no pescoço desferido por seu tio, José Francisco da Silva, 54 anos, que está foragido.

Na cidade de Parambu (390Km da Capital), o pastor evangélico Valmir Alves da Silva foi surpreendido por uma dupla de pistoleiros que tentou matá-lo na porta de sua igreja. Pelo menos, cinco tiros de pistola foram disparados contra o religioso, que só escapou por ter se escondido a tempo no próprio templo. Os atiradores fugiram sem deixar pistas. A Polícia investiga.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro
Foto ilustrativa

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More