CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

CAOS: Em 72 horas, 21 presos escapam de cadeias públicas do Interior e outro é encontrado morto

Uma rebelião, três fugas em massa e uma morte misteriosa abalaram o Sistema Penitenciário cearense nas últimas 72 horas. Todos os casos ocorreram em cadeias públicas do Interior, mobilizando equipes de apoio da Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania (Sejus) e a Polícia Militar. No total, 21 detentos fugiram.

As fugas ocorreram nas cadeias públicas dos Municípios de Aracati, Pentecoste e Canindé. No total, 15 detentos conseguiram escapar das duas unidades e nenhum deles foi ainda recapturado. Os incidentes ocorreram entre a madrugada de domingo último (24) e a tarde de segunda-feira (25). Em ambos, os detentos cavaram buracos nas celas e fugiram sem que fossem contidos.

Em Aracati, no Litoral Leste do estado (a 149Km de Fortaleza), oito detentos cavaram um buraco em uma das celas e desapareceram sem que fossem percebidos pela guarda externa

Em Pentecoste (a 86Km de Fortaleza), cinco presos escaparam da Cadeia Pública por volta de 4:00 horas do domingo. No dia seguinte, mais um interno conseguiu também escapar da mesma unidade, totalizando seis fugitivos. Os foragidos são: Dyones Alves de Paula, Marx Rodrigues da Silva, Gleydson Vieira da Silva, Jean Silva Félix, Francinaldo de Oliveira Maia e Francisco José Bernardino dos Santos. Apenas um deles foi recapturado até o momento.

Já na manhã desta terça-feira (27), uma confusão terminou em motim na Cadeia Pública da cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri (a 528Km de Fortaleza). Os detentos se rebelaram durante um conflito em meio ao banho de sol. Do pátio, a confusão se estendeu pelas galerias e foi parar nas celas. Os presos queimaram colchões, destruíram grades e outros equipamentos da cadeia.

Para impedir uma fuga em massa e até mesmo mortes na cadeia, a Polícia Militar foi mobilizada e cercou o prédio, com equipes da Força Tática de Apoio (FTA) do 2º BPM (Juazeiro), Comando Tático Rural (Cotar) e motos-patrulhas do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Não houve feridos e a rebelião foi contida com o apoio do Corpo de Bombeiros, que apagou as chamas nas celas e galerias.

Morte

Na Cadeia Pública de Iguatu, na Região Centro-Sul do Estado (a 377Km da Capital), um preso foi encontrado morto na manhã de ontem. O corpo estava pendurado nas grades de um dos xadrezes. As autoridades, porém, ainda investigam se o detento suicidou-se ou foi vítima de um assassinato. O cadáver foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), na mesma cidade, para exames de necropsia.

Blog do Fernando Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More