CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Polícia Civil prende um dos maiores traficantes e homicidas do Ceará

Uma ação realizada por agentes do Departamento de Inteligência Policial (DIP), na manhã desta sexta-feira (30), resultou na prisão de Edivando Alves Rodrigues, de 38 anos, apontado como um dos maiores traficantes e homicidas do Ceará.

De acordo com a Polícia, o DIP recebeu informações de que Edivando, também conhecido como “Bocão”, estaria no bairro Aracapé, em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. A partir daí os policiais caíram em campo, a fim de capturar o suspeito.

Ao chegarem no local indicado, na Rua Tulipa Negra, os policiais avistaram Bocão em um veículo Gol. Ele percebeu a aproximação dos agentes de segurança em uma viatura descaracterizada e tentou fugir. Ele jogou o carro na direção dos policiais, mas acabou abordado pelo delegado, que vinha logo atrás da primeira composição, em outro automóvel.

Com ele foram apreendidos uma pistola 380, adaptada com silenciador, que reduz o barulho do tiro em até 70%; três carregadores e 68 munições, além de 100 gramas de cocaína.

Edivando foi encaminhado para a delegacia, onde foram realizados os procedimentos cabíveis. Segundo o delegado Francisco Carlos Araújo Crisóstomo, diretor da especializada, a prisão do suspeito era um desafio para a Polícia. Havia dois mandados de prisão contra ele, mas o suspeito sempre escapava. Ainda de acordo com Crisóstomo, Bocão contava com o apoio de pessoas influentes em Caucaia.

Ficha e crimes

De acordo com informações passadas pela Polícia, Edivando responte a sete crimes, entre eles porte ilegal de arma e três homicídios. Mas as investigações apontam que ele seria responsável por, pelo menos, onze assassinatos.

Entre as mortes atribuídas a Bocão, está um triplo homicídio, motivado pela disputa do território do tráfico de drogas. Duas mulheres, que teriam envolvimento com o comércio de entorpecentes, morreram na ocasião. Além delas, um homem também foi morto, esse sem ligação com o crime.

Outro crime que teria sido cometido pelo suspeito aconteceu no dia 22 de março deste ano. A vítima, Ildevan Matias Rafael, era vigilante e foi morto devido a uma briga entre famílias. Bocão teria matado dois filhos e um irmão de Ildevan, além de atentar contra a vida de outros dois familiares do segurança.
Com informações do CNEWS

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More