CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

domingo, 9 de outubro de 2016

5 cidades gringas que pagam para você morar lá


1- Utrecht, Holanda

Essa cidade além de oferecer dinheiro para você viver nela, vai deixar você fazer parte de um estudo. Utrecht não tem um problema com a falta de pessoas para movimentar a cidade e oferece o valor de aproximadamente 1000 dólares, para pessoas viveram e participarem de um estudo. Esse estudo vai observar como é a produtividade de pessoas que recebem incentivos econômicos do estado sem precisa trabalhar.

2- Saskatchewan, Canadá

Essa é para as pessoas que querem constituir uma família o mais rápido possível. Em Saskatchewan, o governo oferece cerca de 10 mil dólares mensais para você morar com sua família durante 7 anos. A cidade, como a maioria das outras dessa lista, também se encontra com o problema de baixa população.

3- Curtis, Estados Unidos

Essa cidade não te paga em dinheiro, mas sim em propriedades para que você possa construir casas e morar nela para trazer mais pessoas para a cidade. Ela também sofre por ter uma pequena população e por isso criou o programa Arrowhead Meadows Free Lots, que é um bairro próximo ao Arrowhead Meadows, campo de golfe famoso nas redondezas.

4- Alasca

Se você sonha em fazer bonecos de neve e não se importa com o frio, o Alasca pode ser seu lugar perfeito. O Permanent Fund Dividend Divison, oferece uma quantia para cada morador do Alasca caso ele atenda aos requisitos. Eles já chegaram a oferecer quase 2000 dólares por pessoa.

5- Kansas, Estados Unidos

No Estado do Kansas, você pode ganhar de várias formas, já que cada condado tem sua própria forma de incentivar a chegada de novos habitantes. Alguns oferecem incentivos de moradia, outros te dão a isenção de impostos durante 5 anos e a grande maioria oferecem cerca de 15 mil dólares em empréstimos para estudos.

Fonte: DPB Intercambio

1 comentários:

Mas para isso,é o óbvio da coisa que a pessoa precisa falar um inglês bem fluente.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More