CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

sábado, 29 de outubro de 2016

Lava Jato: a delação do fim do mundo!

As revelações de setenta executivos da Odebrecht prometem implodir o mundo político — e até o juiz Sergio Moro faz votos de que “o Brasil sobreviva”.
VEJA desta semana mostra as dimensões superlativas e o potencial explosivo da delação premiada de 75 executivos da empreiteira Odebrecht, incluindo seu ex-presidente Marcelo Odebrecht. Distribuído em mais de 300 anexos – 300 novas histórias sobre a corrupção no Brasil –, o acordo a ser assinado com o Ministério Público envolve os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, o atual, Michel Temer, tucanos de alta plumagem, como José Serra, Aécio Neves e Geraldo Alckmin, peemedebistas fortemente ligados a Temer, como o senador Romero Jucá e o ministro Geddel Vieira Lima, e os dois principais nomes do PMDB no Rio de Janeiro: o prefeito Eduardo Paes e o ex-governador Sérgio Cabral. As revelações na delação da empreiteira, que faturou 125 bilhões de reais em 2015 e reuniu 400 advogados para costurar o acordo, levam procuradores da força-tarefa da Lava Jato a constatar que “se os executivos comprovarem tudo o que dizem, a política será definida como a.O. e d.O. — antes e depois da Odebrecht”. O sempre comedido juiz federal Sergio Moro também dá dimensão da turbulência que se aproxima ao comentar: “Espero que o Brasil sobreviva”.

Fonte: Veja

5 comentários:

Pena de morte para estes vagabundos, pode deixar que executo todos de graça, e enterro dentro de uma fossa.

Nós brasileiros temos que proteger Sérgio moro, porque estes políticos fdp. Vão querer apagar todas provas contra eles

E o falso? Será que vai ser preso também?

vai o falso, o irmão do falso, e todos os mentirosos da politica brasileira. nós quê somos brasileiros, temos o compromicio de fiscalizar nossos municipio, e denuciar ás coisas que tem de errado. uma andorinha só não fáz verão, más o povo unido derruba qualquer prefeitinho pilantra. é só juntar umas 300 pessoas e envadir o plénario e exigir deles o comprimento da ordem publica.

super homem, quebrou o brasil junto com os 9 dedo.e agora, tem que devolver sua empresa para pagar ás dividas e o roubo que fizeram...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More