CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

domingo, 27 de novembro de 2016

Ceará possui menos de 8% de sua capacidade hídrica total

Boletim divulgado pela Cogerh mostra que o Estado está com apenas 1,38 bilhão de metros cúbicos disponível.
A situação de seca no Ceará implica diretamente nas reservas hídricas do Estado, que se apresentam em números cada vez piores. O último boletim divulgado pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Ceará (Coergh) mostra que apenas 7,39% de nossa capacidade total está preenchida. A porcentagem representa 1,38 bilhão de m3 frente a 18,64 bilhão de m3 que poderíamos ter. 

O volume existente precisa atender ao consumo humano, de animais e para a agricultura, o que ascende um sinal de alerta. Outro dado alarmante é que 52,3% dos reservatórios cearenses estão secos ou em volume morto. O Castanhão, por exemplo, maior açude do Ceará, está com apenas 5,36% de sua capacidade. Para ajudar, parte das águas do açude Orós está sendo transferida para o Castanhão desde setembro. 

Segundo o boletim da Cogerh, o volume de águas das bacias está distribuído da seguinte maneira: Litoral (28,91%), Alto Jaguaribe (15,62%), Coreaú (28,37%), Metropolitanas (11,58%), Serra da Ibiapaba (15,18%), Médio Jaguaribe (4,93%), Salgado (9,62%), Acaraú (7,44%), Banabuiú (1,89%), Sertão de Crateús (1,69%), Curu (1,69%) e Baixo Jaguaribe (0,0%). 

Até o mês de março de 2017, a esperança fica por conta de medidas emergenciais anunciadas pelo Governo do Estado em julho deste ano e pela torcida por uma boa quadra chuvosa.

Fonte: Cnews

1 comentários:

que deus tenha compaixão de nõis só deus

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More