CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...

domingo, 20 de novembro de 2016

POLÊMICA: Fátima Bernardes perguntou aos seus entrevistados, quem eles salvariam: policial ou traficante


Na internet, usuários se revoltaram contra a escolha dos convidados da Globo.

O programa Encontro com Fátima Bernardes abordou um tema polêmico na manhã desta quinta-feira (17). Para divulgar o filme #sob pressão, Fátima Bernardes pediu para que os convidados e a plateia do programa escolhessem salvar entre um policial, levemente ferido, e um traficante, em estado grave, questões que ocorrerão no longa. De 8 pessoas, 7 preferiram salvar o criminoso. A escolha dos convidados gerou polêmica, levantando uma discussão na internet que teve uma grande repercussão.

Apesar das inúmeras críticas contra a Globo, profissionais da saúde se posicionaram no Facebook,: “Se for aplicar essa pergunta a nós profissionais da saúde, a vítima de maior gravidade é socorrida primeiro, independente de quem seja. Porém, mesmo sabendo disso, eu jamais vou priorizar um marginal”, escreveu um usuário. “Sou profissional, tenho ética, mas sou humano, não super-herói”, opinou outro.


O filme Sob Pressão

Estreia, nesta quinta-feira (17), o filme Sob Pressão, que trata a situação quotidiana difícil da saúde no Rio de Janeiro. Com Júlio Andrade, Marjorie Estiano, Ícaro Silva e Andréa Beltrão no elenco, a produção vai trazer situações complicadas como a abordada pelo programa Encontro com Fátima Bernardes. O Dr. Evandro (Julio Andrade), depois de um dia exaustivo, tem que decidir se opera primeiro um traficante ou um policial, ambos colhidos em mais uma guerra do tráfico. Outro impasse é a chegada de um menino de classe média, filho de um dono de jornal, ferido por uma bala perdida.

Andrucha Waddington, diretor e autor do filme, se inspirou no livro “Sob Pressão – A rotina de guerra de um médico brasileiro”, para narrar os fatos mais complicados que ocorrem em um hospital público do Rio de Janeiro – cenário que não é muito diferente na vida real. O médico Márcio Maranhão, profissional que relatou as experiências no livro, participou das gravações para dar mais realismo as cenas. O longa estreia hoje nas sessões brasileiras.

E você, salvaria um traficante, um policial ou um menino de classe-média atingido por uma bala perdida?

23 comentários:

E se fosse seu pai e um bandido qual voce atenderia primeiro.Seria o bandido?Faca me um favor.

Logico que eh para ser atendido primeiro o bandido para que possa ser aplicado uma dose de Adrenalina rapidamente,para ele ir ver o capeta mais rapidi.

Nao era mem pra chegar vivo ao hospital.

E se a escolha fosse entre seu pai e um bandido,vc escolheria o bandido?

Logico que teria quer ser atendido primeiro o bandido para ser injetado o mais rapido posivel uma dose de adrenalina para ele ir ver o capeta mais cedo

Sociedade hipocrita.Nao deveria mem ser gasto insumos hospitalares com estes vermes.

Na globo nao se poderia esperar outro posicionamento.

Tem que salvar o bandido ,pois o capeta nao merece sua presenca no inferno.

Esta populacao esta precisando e de vergonha na cara e deixar de mimimi,bandido tem q ser morto,incinerado e jogado as cinzas no mar para nao ter perigo de reacender.

Esta populacao esta precisando e de vergonha na cara e deixar de mimimi,bandido tem q ser morto,incinerado e jogado as cinzas no mar para nao ter perigo de reacender.

Tem quer ser salvo primeiro o traficante por que o estado mais grave e o dele nesa hora não importa o que ele e e sim a vida que será salva.

I se fosse seu filho ? Vs pçr q So comenta bosta ' Melhor fica ligado e na Sua Vida prq ela e q nem vela ,So presiza de um Assopro pa Apagar
Slv Slv CV Complexo Castelo incantado

Sem sombra de dúvida,eu prestavam ajunda ao policial!
Agora o traficante esperavam o IML pra prestar ajunda a ele!

Que vergonha!Um país que nao respeita sua educação só se ver destas ridicularidades.Estou mais uma vez com vergonha deste país e de um povo maleducado e hipócrita.

Brasil que decepção. Um país piada

na hora hora do socorro essa ordinaria chama quem?

Centenas de pessoas morrem todas as semanas, a maioria drogados que são usado pelo trafico, pode acreditar são pessoas como eu e você, eles são colocados na linha de frente nessa guerra, os verdadeiros beneficiados com isso, nem seque usam drogas, eles estão de gravata no poder, e por isso manipulam a mídia...Somos caçados todos os dia como se fossemos animais...Compre uma arma e eles comprarão um canhão e essa dinâmica só vai parar com a "Pena de Morte"....Mas há que diga, "bom mas só vão matar negros e pobres.." eu porem lhes digo, sou negro e pobre mas prefiro ver um bandido seja ele negro ou pobre morrer do que ver milhares de negros e pobre inocentes sendo mortos todos os dias, como acontecer nos dias de hoje.....Quando a pena de morte for implantada no Brasil, será a nossa vez de ver esses bandidinho com medo de um cidadão....."A pior coisa do mundo é saber o ano,o mês, o dia e a hora em que você será executado" PALAVRAS DE UM BRASILEIRO EXECUTADO NA INDONÉSIA

Anonimo 00:26, salva um bandido e eu espero que ele volte e te assalte!!!!

E bandido tem vida?Tem passagem rapida pela terra para fazer o mal

Se for olhar do ponto de vista em salvar vidas, todos tem direito de ser salvo, independente da vida ou profissão que tem. De salvar bandido ou policial, na minha opinião todos os dois tem prioridade de prestação de socorro. Porque todos nós somos filhos de Deus. Todos os dias recebemos, toda hora a cada instante recebemos o perdão de Deus, não porque merecemos mas pela sua misericórdia que é grande sobre cada um um de nós que vivemos nesse mundo de pecado e maldade.Agora para recebermos o perdão temos que buscar diante de Deus.

Eu acho que médico não é juiz.

Tomara que chegue logo essa pena de morte para acabar com esses vermes desses bandidos. Quero que todos vão para o capitão mais rápido possível.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More