CONTATOS: (88) 3613.1000 / (88) 9 9615.0901 / (88) 9 9696.7018 - Clique AQUI e saiba mais...
PREÇO IMBATÍVEL! Vende-se CASA NOVA no Renato Parente. Contatos: (88) 9 9821.6636 / 9 9269.8424. Clique AQUI e saiba mais...

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

ÚLTIMAS NOTÍCIAS: Polícia captura suspeito de matar delegado em Fortaleza

Danilo Andrade Sousa, vulgo “Lorim”, foi capturado na casa da irmã, na Barra do Ceará.
A Polícia Militar prendeu o acusado de atirar contra o delegado da Polícia Civil, Audízio Ferreira Santiago, morto na última terça-feira (15), no bairro Maraponga, em Fortaleza.

Danilo Andrade Sousa, vulgo “Lorim”, foi capturado na casa da irmã, na Barra do Ceará, após denúncias da mãe do acusado. A mulher que participou da ação continua foragida. 

Segundo a Polícia, Lorim possui diversas passagens por tráfico e roubo. 

O caso

O delegado estava voltando para casa a pé, juntamente com o filho e a nora, quando uma dupla em uma moto se aproximou e anunciou um assalto. Em vídeo gravado por câmeras de segurança, é possível ver o momento em que as vítimas são abordadas. Mesmo sem estar armado, o agente de segurança e o filho tentam deter os bandidos.

Após o crime, os suspeitos abandonaram a moto e fugiram. Mais a frente, os dois tomaram outra motocicleta e continuaram a escapada.

Mãe lamenta atitude do filho

Em entrevista exclusiva à TV Cidade, a mãe de Danilo disse que soube que o filho havia cometido o crime após ver a reportagem sobre a ocorrência.

Ela informou que o filho entrou no mundo do crime há alguns anos, logo após a morte do irmão. A mulher afirmou que o filho a agrediu diversas vezes e que já foi presa após a polícia ter encontrado droga em sua casa. Abalada, a mãe disse sentir vergonha da atitude de Danilo.

Confira a entrevista completa (Matéria CNEWS):

4 comentários:

ESSE AI DANÇO MINHA SENHORA. ACHA QUE VAI FICA ASSIM SÓ PORQUE SE ENTREGO, MATO DELEGADO, PODE JUNTA A FAMÍLIA PRA MISSA DE 7 DIAS.ISSO É BRASIL OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE.

A polícia tem que juntar grupo de extermínio e eliminar toda essa raça de ladrão que vive matando o cidadão para roubar..

Deveriam ter matado para dar exemplo aos outros, prender não adianta nada, daqui a pouco vai estar nas ruas fazendo novamente. Antigamente quem matava policial já sabia que com certeza morreria também, se mudava de estado, trocava de nome, mas hj sabem que não dá em nada.

Confirmo com segundo comentário!os direitos humanos só prevalece para os bandidos..Se é de morrer cidadão prefiro que morra os bandidos..força policiais estamos com vcs...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More