ATENÇÃO PROPRIETÁRIOS DE MOTOCICLETAS! CONFIRA A PROMOÇÃO DA SOBRAL RASTREADORES

TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212 - Clique AQUI e saiba mais...

BLOG SOBRAL 24 HORAS - MAIS DE 130 MILHÕES DE ACESSOS!

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Greve Geral atinge vários setores nesta sexta; veja quais categorias vão paralisar as atividades

Os atos estão programados, liderados pelo Sindifort, pela Intersindical – Central da classe Trabalhadora, pela CUT e pela Fetamce.
Está marcada para esta sexta-feira (28) a Greve Geral, em que sindicatos e movimentos de esquerda de todo o país vão fazer manifestações contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, do governo de Michel Temer.

No Ceará, servidores da capital cearense e de mais 60 municípios do estado aderem à greve. Na capital, os manifestantes se concentram na Praça Clóvis Beviláquia (conhecida como Praça da Bandeira) e no Paço Municipal, às 8h.

Os atos estão programados, liderados pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais (Sindifort), pela Intersindical – Central da classe Trabalhadora, pela Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT) e pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).

Os agentes de trânsito da AMC, servidores da UrbFor, servidores do IPM, Agentes de Combate à Endemias e Agentes de Saúde confirmaram presença nos protestos.

A presidente da Fetamce, Eredina Soares, afirma que a expectativa é de que seja o maior ato de conjunto dos funcionários públicos do Estado, que mostra os servidores municipais de todo o estado estão unidos e se movimentando para tentar impedir as reformas e os projetos de lei que podem ameaçar os direitos dos funcionários públicos. O objetivo das manifestações é resistir ao que os sindicatos consideram como a destruição dos direitos Trabalhistas e Previdenciários.

“Nesta sexta-feira, a classe trabalhadora deve sair de casa na certeza que precisamos derrotar este golpe continuado nos direitos do nosso povo”, ressalta Eredina.

Algumas das prefeituras dos municípios que aderem à greve decretaram ponto facultativo na sexta-feira (28). A Fetamce informa que administrações de 17 cidades já definiram não funcionar. São elas: Barreira, Tarrafas, Uruburetama, Farias Brito, São Benedito, Novo Oriente, Graça, Ibiapina, Amontada, Capistrano, Icó, Apuiarés, Iguatu, Hidrolândia, Caririaçu, Tianguá e Aratuba (liberou o servidores).

O movimento atingirá todos os setores da sociedade, além dos funcionários públicos, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) afirmou que a categoria vai marcar presença nas manifestações, mesmo após o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) emitir uma nota em que pede para os funcionários das empresas de transportes coletivos não aderirem à greve.

O Sintro afirma que participar da greve geral é tentar lutar por direitos dos trabalhadores e tentar impedir as reformas que estão previstas pelo governo federal.

Outro setor atingido pelo protesto será as instituições de ensino, não só públicas, como também as particulares. Em Fortaleza, algumas escolas privadas já se manifestaram que não irão funcionar devido a paralisação.

As escolas e instituições de ensino superior públicas também não funcionarão, mas têm o apoio dos seus sindicatos, diferente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Ceará (Sinepe-CE), que não apoia a paralisação e recomenda que os colégios funcionem.

Colégio Nossa Senhora das Graças, Colégio Juvenal de Carvalho, Colégio Santa Santa Isabel, Santa Cecília e Colégio Batista foram instituições que emitiram nota nas redes sociais afirmando que não funcionarão durante a Greve Geral.

A saúde também será atingida pela greve, os trabalhadores da saúde vão paralisar as atividades, em dois hospitais públicos da capital, o Hospital Geral Doutor César Calls e no Instituto Doutor José Frota (IJF) vão realizar apenas atendimentos de urgência, das 7h às 9h. Após esse horário, os trabalhadores vão se reunir aos manifestantes na Praça Clóvis Beviláqua.

Os bancários também participam do ato, na sexta-feira as agências se encontrarão fechadas e retomam as atividades na terça-feira (2). A categoria também estará presente na Praça Clóvis Beviláqua.

Fonte: Tribuna do Ceará

14 comentários:

tudo massa de manobra de sindicatos e cut

Anônimo se isso fosse apenas coisa de manobra tudo bem, mas atinge a toda população brasileira, e não apenas de partido tal, atinge você também. A coisa tá séria e se não lutarmos pelos nossos direitos a coisa realmente tende a piorar, e acredite piora mesmo. Temos que estudar sobre política e sobre políticos.

"vão fazer manifestações contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, do governo de Michel Temer." Não tem a ver com partidos políticos, mas com direitos. Direitos que quase não temos, sim, por um lado sem o sindicato seria bom, ótimo talvez, mas se fosse apenas isso, mas não é. Se informe que as férias serão parceladas em 3x, carga horária aumentada. Você acha que essa reforma vai pegar apenas o do partido tal? Não, são todos os trabalhadores!

Se engana quem pensa que vai atingir só pessoas de partido tal, não sejam alienados, são todos os trabalhadores de carteira assinada, a não ser que você seja um concursado, e nem isso né? Já que a reforma implica em não haver mais concurso público!

O bom mesmo né ser massa de manobra do Pato

Esse PT não presta mesmo não, fizeram o maior escandalo de corrupção da história do Brasil e agora querem reformas, fazem a merda e depois querem aumentar ainda mais o volume deixando várias cidades paradas num feriadão prolongado. Desse jeito não tem Brasil que aguente. Vão trabalhar cambada de corruptos, surrupiadores do dinheiro dos trabalhadores. É a briga do poder pelo poder

O patrão de hoje pode ser o funcionário de amanhã, muitos que lêem isso vão acha besta,mas se lembre que você só conseguir disputa com pessoas com mesmo nível que você se chegar um mais forte teu comercio vai a falência, então não menospreze seu funcionário, pois amanhã você podem ser colegas em algum dessas grandes cooperações

GREVE GERAL...KKKKKKK...KKKKK CANBADA DE VAGABUNDOS VÂO TRABALHAR.

esses são os mortadelas que perderam suas boquinhas, e agora estão indo para o desespero. pois podem se prepararem, porque isso só está começando, quero ver quando faltar à MORTADELA...KKKKKKKKKK...KKKKKKKKK...

POVO IGNORANTE, NÃO É UM PARTIDO X QUE SERÁ AFETADO, MAS TODOS NÓS TRABALHADORES. ACORDEM, ESTUDEM SOBRE POLÍTICA MEU POVO! ESSA REFORMA PRETENDE TAMBÉM ACABAR COM CONCURSOS, SE VOCÊ TEM ALGUM OBJETIVO DE VIDA, ESTUDE!

direitos ultrapassado. como pode você têm uma fucionaria com um ano de serviço, e de repente ela sai e fica, um ano ganhando sem trabalhar. pois foi assim que aconteceu comigo. ficou 4 messes da gravidêz, mais 20 dias que têm direito, mais 1 mês de aviso, mais 1 mês de indenização,e mais 4 meses de seguro desemprego. ai meu amigo, não têm patrão que aguênta essa situação. é por isso que o estado tambem esta quebrado, e o patrão já foi por espaço à muito tempo. ACORDA BRASIL!!!!

gostaria de saber? quem é o verdadeiro patrão desta gente que estão fazendo essa bagunça,em pleno dia de trabalho. porque no meu entender, quem esta trabalhando, não têm tempo para essa baguça.

Você tem toda razão, as pessoas estão mal acostumadas no Brasil. Acham que esses privilégios de mentirinhas são sustentáveis. Pode durar durante algum tempo, mas um dia tudo vai quebrar. A Grécia foi assim. A Espanha também. Um dia tiveram que fazer a reforma. Não tem jeito. É muita gente pra pouco feijão.

Um dia perto de morrer você vai se aposentar...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More