RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

terça-feira, 16 de maio de 2017

Polícia Civil prende envolvidos em tráfico interestadual de drogas em Fortaleza

Policiais da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) realizaram na última sexta-feira (12), uma operação que resultou na prisão de quatro pessoas, todas elas suspeitas de integrar uma quadrilha interestadual de tráfico de drogas. Na ação foram apreendidos mais de 600 pontos de LSD, comprimidos de ecstasy e cerca de dez quilos de maconha e cocaína.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o bando tinha como área de atuação os estados do Paraná, Pará e Ceará. Parte do material apreendido seria para abastecer festas em Fortaleza, marcadas para o último fim de semana.
O primeiro suspeito localizado foi o paraense Gustavo Collyer de Santa Brígida, de 28 anos, que não possuía antecedentes criminais. O homem foi localizado na Praia do Futuro, em um uma pousada.

De acordo com a SSPDS, Gustavo era investigado pela Polícia Civil, por transitar entre o Pará e o Ceará, realizando o tráfico de drogas interestadual. Com ele, os agentes apreenderam diversas cartelas de LSD, totalizando 621 pontos da droga, além de materiais que eram utilizados para o consumo dos entorpecentes.

Além de Gustavo, os policiais prenderam Camilo Josino, de 28 anos, que já respondia na Justiça por lesão corpora dolosa. Ele tentou fugir durante a abordagem, mas foi capturado pelos agentes. O homem também era investigado, pela DCTD, por ser o responsável por efetuar as entregas das drogas pela cidade. Na casa dele, situada no bairro Joaquim Távora, os agentes de segurança apreenderam nove quilos e 900 gramas.

A terceira pessoa presa foi Wallace Bruno Lobão Mendes, de 28 anos, também do Estado do Pará, e que seria partícipe responsável pela venda de ecstasy. Ele foi preso na Aldeota, com 38 comprimidos da droga.

Dando sequência às ações, os policiais chegaram a Suyene Alves da Silva, de 32 anos, que responde a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por contravenção penal. Segundo informações, ela era encarregada de guardar as drogas comercializadas pelo grupo.

Após a prisão, os agentes seguiram até a casa da suspeita, no bairro Cidade 2000, onde encontraram 43 comprimidos de ecstasy e trouxinhas de cocaína.

Todo o material e os suspeitos foram conduzidos para a sede da DCTD, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Camilo Josino também foi autuado pelo crime de resistência.

Fonte: Cnews

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More