PROMOÇÃO DA SOBRAL RASTREADORES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Santa Casa de Sobral é denunciada ao Ministério Público do Trabalho

A Santa Casa de Sobral vive fora da realidade e põe em risco a vida de pacientes, médicos e servidores. Hospital segue sem segurança armada mesmo com médicos ameaçados de morte.

Depois do episódio do último sábado 29, onde médicos foram ameaçados de morte durante um atendimento, o Sindicado dos Médicos do Ceará esteve em Sobral, representado pela advogada da entidade, Dra. Andrea. Ela acompanhou um dos médicos até a delegacia Regional de Polícia Civil, onde foi registrado um Boletim de Ocorrência.


Apesar do hospital ter emitido nota informando que não houve agressão nem ameaça contra os servidores, as informações divulgadas caíram por terra com o BO registrado na última terça-feira 2, além dos áudios que se espalharam nos grupos de WhatsApp. O Sindicato dos Médicos prometeu pedir investigação do Ministério Público Estadual. Mas o caso já foi denunciado ao MPT (Ministério Público do Trabalho) que prometeu investigar a insegurança no trabalho dos servidores do hospital.

Diferentemente do que acontece na Santa Casa, no Hospital Regional Norte, mantido pelo Governo do Estado, 15 homens fortemente armados fazem a segurança pessoal dos servidores e patrimonial de todas as alas (foto). Eles são divididos por áreas do hospital, se comunicam com rádio frequência e há segurança 24h por dia. Não há registro de invasões ou crimes dentro do HRN.
Fonte: Wellington Macedo

7 comentários:

Talvez não houve agressão por parte dos bandidos por que os médicos atenderam as exigências deles se já sabe no que ia dá né..

E vamos ver q ainda tem muita gente por ai q acha un presídio o HRN, fui com minha família lá visitar minhã avó, e além de ter toda uma estrutura de qualidade, percebemos a a qualidade do serviço q é prestado, ate mesmo por esses segurancas q mesmo não sendo obrigados a dar informações ( por precaução da profissão) ainda assim são de uma cordialidade impecável.. Muitas irão criticar e outros elogiar. Mas de uma coisa é certo "dai honra a quem merece honra" já em relação a santa casa é triste e lamentável essa situação,onde dispensa qlq tipo de comentário.

E ainda muitos falam q o hrn é um presídio, nos dias de hj seguranca é fundamental. A diferenca do HRN pra santa casa já começa no atendimento de qualidade (muitos só criticam mas elogiar é preciso) estive a uns dias na nas dependências da recepção do HRN e vi até mesmo segurança sendo cordial com as pessoas( coisa rara de se ver e não é função deles mas isso é ser humano) pois isso demonstra q sabem em q ambiente( de friabilidade emocional) trabalham. Já em questão a santa casa é um caso a se repebesar nos preceitos de dignidade humana.

Arruma a mala ê, que esse médico vai voaaar !!!

Ai a Santa casa solta uma nota dizendo q naum ouvi nada disso...

Aposto como o médico ainda sairá como vilão dessa história. Tomara que o padre não o demita! Ah! Pelo menos para uma coisa essa agressão (que não foi a primeira vez) serviu, uma vez que revelou para a população sobralense o quão vulneráveis são os profissionais médicos e enfermeiros da emergência do referido hospital. Sem falar que agora a SCMS conta com seguranças armados, pelo menos no setor de emergência. Agora, com o MPT em cima, pode ser que haja mais melhorias, principalmente, para os profissionais, que "dão o sangue" para salvar uma vida, mesmo quando essa não vale nada perante a sociedade.

É simples...basta repassar 1/3 do que o Estado paga ao HRN por mês que aí teremos uma STA CASA bem estruturada e com segurança armado até os dentes.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More