RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

MENSAGEM NATALINA DA EMPRESA GRENDENE!

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Secretário de Segurança diz que policial que agrediu advogada é um "guerreiro" da corporação

André Costa declarou que o policial Allan Kardek tem um histórico de conquistas que não será apagado por seu erro.
O delegado André Costa, secretário de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), compartilhou o texto do policial que deu dois tapas na advogada Astésia Teixeira na Av. Beira Mar, em que ele comenta sobre a repercussão do vídeo que mostra a agressão, e se justifica dizendo que é humano. Na publicação de André Costa, ele deseja força a Allan Kardek e o chama de “guerreiro”.

Na postagem de Allan Kardek, ele dá a entender que aconteceu algo antes do momento da gravação do vídeo que pode justificar a agressão. “Existem muitas verdades para além dos poucos segundos de gravação. O que aconteceu antes do fragmento do vídeo viralizado? Infinitos segundos, cruciais segundos”.

O titular da SSPDS afirma que o policial é um ser humano que tem uma história de vida de dificuldades, conquistas e superação. Além de afirmar que Allan Kardek está arrependido.

“Somos homens e mulheres que sabem assumir quando erramos e sabemos pagar pelos erros, e você, guerreiro, já está pagando muito pelo que aconteceu. Sei de seu arrependimento, papel de homem e cristão, e essa humildade em reconhecer é louvável”, enfatiza o secretário.

Ainda assegura que, quem conhece o policial, não vai esquecer do que ele já conquistou antes do ocorrido.

“Força e saiba que quem lhe conhece não apagará seu passado, suas conquistas, seus acertos… cuide de sua família que está precisando de você mais do que nunca, principalmente a esposa que você tanto ama. Deus os abençoe!!!”.

A advogada Astésia Teixeira relata que estava fazendo caminhada na Beira Mar, e no momento presenciou um assalto, em que a vítima era adolescente e foi agredida pelo assaltante. Em seguida, ela viu que os policiais se aproximavam, então resolveu contar o que testemunhou, porém foi agredida com dois tapas no rosto.

Astésia afirma que o policial é “despreparado para a função”, além de usar de abuso de autoridade. A vítima da agressão e Marcelo Mota, presidente da Ordem dos Advogados do Estado do Ceará (OAB-CE), esperam as punições cabíveis ao policial e que ele seja expulso.

A Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (Assof) emitiu uma nota nas redes sociais falando sobre a investigação do caso e em defesa do profissional militar.

Na nota, a associação reconhece o fato e que as investigações do ocorrido já aconteceram, porém critica o fato que o policial já está sendo julgado pela opinião pública, e que o profissional não teve direito de defesa.

Confira o vídeo da agressão:

Fonte: Tribuna do Ceara

14 comentários:

Uma pessoa num leva um tapa a toa ..
Alguma coisa ela fez..
#forcasaldadovaidacerto

Uma mulher não ser bater Nei com flor.só pq e policial militar pode tudo,não é assim q resolver as coisas. Esse policial ainda vai apanhar na vida.

sinceramente isso não justifica. poderia ate falar alto com ela, mais bater já outra historia.

nada justifica essa essa atitude tão covarde. ele como uma pessoa que representa a lei devia saber disso um homem daquele tamanho batendo na cara de uma mulher, belo exemplo esse para ser elogiado pelo Secretario de Segurança, parece até piada

Vejo que está virando mania de certa advogada com abuso de carteirinha do OAB- querer mandar no mundo e querer fazer as coisa errada e ter direito porque é ADVOGADA(o) E ter uma CARTEIRA OAB. ESTA ai PREJUDICOU SERVIDOR DE RESPONSABILIDADE. Mas a população não mostra quando elas provocam até o profissional sai do serio. Digo isto porque já presenciei vários advogados agredindo pessoas como elas fosse lixo. Por se acha que é dona situação. Que muitas tiram diplomas comprado e não respeito os deveres dos outros.

E se fosse um homem. Será que ele teria dado aquele tapa?

Tenho muita pena quando vejo um militar MORTO POR VAGABUDO E PESSOAS SEM UM PINGO DE RESPEITO HUMANO.

Era fã deste secretário de segurança mas o que ele fez foi ridículo.Apoiar uma agressão desta a uma senhora é simplesmente vergonhoso, Ele tb merece punição pelo governo do Estado.

Ninguém tá acima da lei. Errou e pronto,sobre o trabalho dele não temos o que dizer,se ele entrou na gloriosa corporação da policia Militar,ele sabe que não deve sair batendo na cara de mulher de ninguém.

POR FAVOR!!! ANTES DE CRITICAR O POLICIAL, VEJAM A FICHA CRIMINAL DA MULHER. ALÉM DE TUDO ELA ESTAVA INCITANDO A LINCHAMENTO DE UM MORADOR DE RUA. MAS A SOCIEDADE SEMPRE VER O POLICIAL COMO VILÃO. VILÃO É O TRAFICANTE. OUTRA COISA, "GUERREIRO" É O MODO DE FALAR QUANDO POLICIAIS SE REFEREM A COMPANHEIROS DE TRABALHO.

Respondendo o 1 comentário,,se ela ao menos encostasse nele,o Policial com toda arrogância do Mundo teria prendido por desacato com certeza. E graças a Deus alguém firmou se não só Deus sabe la o que ele alegaria

Acho que ninguém deve bater em ninguém, mas as vez agente é forçando a perder a cabeça. Não existe pessoa com perfeição, mas existe pessoas inconvincentes. Graça a Deus que nunca encontrei pessoas deste tipo, que o mundo está cheio. Não sei se teria a paciência de suportar certos advogados abusado e atrevido.

So analisam o momento do ocorrido,e o antes onde a adv coloca o dedo no rosto do policial.O policial e humano e tb pode perder a cabeca.Forca rapaz a vida segue e suas boas acoes podera ser esquecida pela sociedade so nao sera esquecida por sua conciencia e por deus,e estes sao os dois q importa no julgamento.

nao se pode pasar a mao nesse policial se ele fez isso na beira mar com uma cidadao imagine na favela com uma cidadao fora da corporaçao no minimo se eu fosse juiz era fora e cadeia

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More