RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Novo sistema aciona câmeras de monitoramento do Ceará em busca de veículos roubados

Com o S25, antes mesmo do registro de BO, a Polícia já pode começar as buscas pelos veículos acionando câmeras.
Já está em funcionamento o sistema “S25 Provisório“, uma iniciativa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) para tornar mais ágil a recuperação de veículos roubados e furtados no Estado.

Para valer-se do serviço, basta denunciar o crime através do telefone 190. O atendente, então, coloca os dados da ocorrência nos sistemas da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e do Alerta Brasil, da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Assim, antes mesmo do registro de um Boletim de Ocorrência (BO), a Polícia Militar tem como iniciar as buscas pelo veículo roubado. A ocorrência fica por 72 horas nos sistemas, daí vem o nome da ferramenta. S25 é um jargão da comunicação de rádio para atenção.

Também fica possível acionar câmeras de monitoramento, tanto da Ciops e da PRF, quanto do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE). Em breve, as câmeras da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) também devem integrar-se ao serviço. A SSPDS, no entanto, destaca que a nova ferramenta não substitui a feitura do BO.

A ferramenta completou uma semana no ar nessa quinta-feira (24), mas trouxe os primeiros resultados em menos de 17 horas. Uma motocicleta Honda CG Fan, de cor vermelha foi localizada no bairro Picuí, em Caucaia, após ser tomada em assalto horas antes no bairro Parque Potira. A moto foi avistada por câmeras, o que contribuiu na ação policial, afirma a SSPDS.

“Sem a novidade, a motocicleta poderia até passar tranquilamente por uma blitz, já que não seria possível, antes, o compartilhamento das informações da ocorrência no sistema sem o registro do BO”, explica o coronel Aristóteles Coelho, coordenador da Ciops.

Fonte: Tribuna do Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More