RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Inspetora da Polícia Civil impede sozinha a fuga de 121 presos na Delegacia de Capturas

Mais uma rebelião de presos foi registrada, na madrugada desta segunda-feira (23), na carceragem da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), unidade da Polícia Civil do Ceará localizada no Centro de Fortaleza. Informações preliminares indicam que havia apenas uma inspetora fazendo a guarda de 121 detentos. Não houve registro de fuga.
A presença de apenas uma policial para custodiar mais de 100 presos causou revolta à categoria
Os presos teriam tentado escapar da carceragem mais uma vez após destruir as grades das celas. A única policial civil que estava no local, conforme denúncias, percebeu o movimento dos presos e pediu apoio, sendo deslocadas várias patrulhas da Polícia Militar.

Os militares fizeram um cerco no prédio para impedir que houvesse alguma fuga. Logo depois, policiais realizaram uma vistoria em todas as celas. A custódia da Decap está superlotada de presos aguardando transferência para o Sistema Penitenciário do Estado. O prédio fica vizinho ao Quartel do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), o que teria evitado a fuga em massa. No local também funciona a Vara de Audiências de Custódia.

Nas redes sociais, policiais protestaram Dante da situação no local e da presença de apenas uma policial no local. Em uma mensagem publicada no aplicativo WhatsApp, um policial assim se manifestou: “O estado nos trata como lixo. Ao que parece, a vida de um policial civil não vale nada. Hoje, quando apenas uma única e solitária inspetora custodiava 121 presos na Delegacia de Capturas, ocorreu uma rebelião e a policial escapou de ser morta”.

Fuga no Interior

Ao menos, 14 presos conseguiram escapar da Cadeia Pública das cidade de Russas (a 162Km de Fortaleza) neste fim de semana. A fuga ocorreu por volta de 23h30 da última sexta-feira, depois que os detentos fizeram um buraco em uma das celas. Até o momento, nenhum dos foragidos foi recapturado pela Polícia. A maioria dos foragidos é formada por autores de assaltos na região.

Fonte: Blog do Jornalista Fernando Ribeiro

1 comentários:

Gostaria de saber, quando e que o estado vai começar fazer vistoria nos servidores que trabalham a noite nas penitenciarias.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More