RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Polícia prende em Juazeiro homem que confessa ter assassinado ex-vereador e a esposa

Uma rixa por conta de dívidas de negócios envolvendo imóveis e veículos foi o motivo do duplo assassinato ocorrido no último fim de semana na cidade de Juazeiro do Norte, na Região do Cariri (a 528Km de Fortaleza). O homem suspeito de ter assassinado um ex-vereador do Município e a sua esposa, além de ferir uma criança de apenas 3 anos de idade, foi capturado e confessou o crime com riqueza de detalhes, se mostrando frio, sem arrependimento.

Jucier dos Santos Ferreira, 48 anos, o “Ciê”, foragido da Justiça do Ceará, mas que vivia livremente negociando carros e construindo casas, foi preso nesta segunda-feira por inspetores do Núcleo de Homicídios da Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte. Ao ser abordado pelos inspetores em sua residência, ele não esboçou reação, se entregou pacificamente e até disse que estava se preparando para ir se apresentar na delegacia após livrar-se do flagrante.

Contudo, a Justiça, a pedido da Polícia, já havia expedido um mandando de prisão contra “Ciê”, diante da repercussão que teve o crime. Na manhã de domingo passado, ele matou, a tiros e facadas, o comerciante e ex-vereador de Juazeiro do Norte, Erialdo Araújo Feitosa, 46 anos; e sua esposa, a professora Jussara Maria da Silva Feitosa, 44; Ele ainda baleou um neto do casal, de 3 anos, que permanece internado. Outro neto, de seis anos, conseguiu fugir na hora do crime, ocorrido na comunidade Campo Alegre.

Negócio e morte

A rixa entre os dois homens teria sido motivada a partir da compra de uma caminhonete, em fevereiro passado. O assassino diz que adquiriu o veículo do ex-vereador e acabou descobrindo que o carro estava irregular após ser abordado pela Polícia numa blitz. Daí em diante, o negócio se transformou em motivo de cobranças e ameaças. No domingo, o ex-vereador e a esposa teriam ido mais uma vez fazer cobranças ao acusado. Em meio a um bate-boca, ocorreu o duplo assassinato.

Segundo a Polícia, “Ciê” já tinha antecedentes criminais, pois em 2010 assassinou um vizinho, um vaqueiro, também por conta de desentendimentos.

O acusado do crime permanece preso na Regional de Juazeiro, mas deverá ser levado para o presídio nas próximas horas. Ele foi autuado em flagrante por duplo homicídio e tentativa de homicídio pode sofrer uma pena na Justiça superior a 60 anos de prisão.

Fonte: Blog do Jornalista Fernando Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More