RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Vereadores fazem homenagem a bandido que matava e assaltava no Vale do Jaguaribe

Pistoleiro Delano Diógenes morreu no mês passado em troca de tiros com a PM do Rio Grande do Norte. Dois vereadores do Município de Iracema homenagearam o delinquente na Câmara com “voto de pesar”.
Apopulação do Município de Iracema, localizado no Vale do Jaguaribe (a 285Km de Fortaleza), foi surpreendida e tomada de indignação diante de um ato praticado pela Câmara de Vereadores local, que decidiu prestar uma homenagem a um bandido recentemente morto no Rio Grande do Norte e que era temido no Vale jaguaribano.

Tratava-se do pistoleiro, assaltante de bancos e assassino José Delano Diógenes, criminoso foragido de dois estados e apontado como matador de policiais. Ele era foragido do Complexo Penitenciário de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), de onde foi resgatado em junho último.

A homenagem ao criminoso veio através de uma moção de voto de pesar, de iniciativa dos vereadores Juvenal Diógenes Neto e Sebastião Paula de Negreiros. Na Moção de Pesar de número 039/2017, os dois vereadores ressaltam que o criminoso “partiu para sua morada, deixando em seu legado o exemplo de organização, paciência, serenidade, respeito, honestidade e religiosidade”.

Quem era

Delano era membro da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) e acabou morto no Rio Grande do Norte, no mês passado, numa troca de tiros com a Polícia Militar potiguar, depois de praticar assaltos na cidade de Mossoró, roubar um carro e seguir em fuga até o Município de Baraúnas, onde sofreu um acidente, roubou uma ambulância e trocou tiros com a PM na divisa com o Ceará. Na ocasião, ele portava um fuzil americano de calibre 5.56.

Ao longo de sua vida de crimes, Delano Diógenes, conhecido também como “Delaninho”, ou “Chacal”, conseguiu realizar fugas cinematográficas de presídios, resgates, trocou tiros por várias fezes com a Polícia, escapando de cercos em estradas e fazendas na zona rural dos Municípios do Vale do Jaguaribe. Era acusado de um “rosário” de mortes.

Em 2014, foi capturado numa operação das forças especiais da Polícia do Rio Grande do Norte em um shopping na cidade de Mossoró e, em seguida, recambiado para o Ceará, de onde escapou em junho passado, mais uma vez.

Via Cearanews7

4 comentários:

Se acalme meu povo esse peste nunca mais vai se soltar kkkk

Políticos lamentando a perda de um parceiro...kkkkk

Morreu o financiador das campanhas políticas desse corruptos.

Se homenageiam LULA, maior ladrão da história, esse daí é fechinha. Povo burro.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More