RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

SBC - MELHOR PLANO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR - (88) 3611.1481

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Brasil expulsa diplomata venezuelano em retaliação ao governo Maduro

Medida é uma resposta à expulsão do embaixador brasileiro em Caracas, Ruy Pereira.
O governo brasileiro declarou o encarregado de negócios da Venezuela no Brasil, Gerardo Antonio Delgado Maldonado, persona non grata. A medida foi anunciada nesta terça-feira (26/12) e é uma retaliação à expulsão do embaixador brasileiro em Caracas, Ruy Pereira, divulgada no sábado (23). O diplomata venezuelano será obrigado a deixar o país.

Em nota divulgada no sábado (23), o Ministério das Relações Exteriores havia afirmado que aplicaria “as medidas de reciprocidade correspondentes”, caso o status de persona non grata de Pereira fosse confirmado. Embora anunciada pela ex-chanceler venezuelana Delcy Rodríguez durante o fim de semana, a expulsão do diplomata brasileiro ainda não foi comunicada oficialmente ao Itamaraty.

O ministério brasileiro não informou, no entanto, em quanto tempo Maldonado deverá deixar o país. O diplomata vive atualmente com a família em Brasília. Em geral, o status de persona non grata implica na saída do país em um intervalo de 24 a 72 horas.

A Venezuela não mantém embaixador no Brasil desde o ano passado. A medida foi tomada pelo governo de Nicolás Maduro (foto em destaque) após o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, classificado pelo mandatário como “golpe’.

Ruy Pereira está no Brasil passando as festas de fim de ano. Quem assume seu posto atualmente na Venezuela é um membro do corpo diplomático encarregado de negócios. O diplomata havia sido chamado ao Brasil para consultas em setembro do ano passado, após atritos com o governo de Maduro por críticas ao processo de impeachment.

No sábado (23), também foi confirmada a expulsão do encarregado de negócios da embaixada do Canadá. O país anunciou na segunda (25) a expulsão do encarregado de negócios da Venezuela e a proibição de que o embaixador venezuelano retorne a Ottawa.

Via Metrópoles

1 comentários:

Entre o fim desta decada e o inicio da proxima, a venezuela vai ter ICBMs
apontado para brasilia e parte do nordeste, sera a crise dos misseis venezuelanos.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More