RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

MENSAGEM NATALINA DA EMPRESA GRENDENE!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

"Ele não esperava", diz delegada sobre prisão de Rogério 157

Traficante mais procurado do Rio estava escondido na favela do Arará, em Benfica. Por ser uma comunidade pequena, Rogério não esperava ser preso no local, afirma polícia.
Cristiana Bento, delegada titular da 13ª DP, fala sobre a prisão de Rogério 157 (Foto: Reprodução/ GloboNews)
A delegada Cristiana Bento, titular da 13ª DP (Ipanema), afirmou que Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, um dos chefes do tráfico de drogas na Rocinha, não esperava ser preso na favela do Arará, em Benfica, na Zona Norte do Rio.

"Ele mesmo disse que não esperava. Ele sabia que teria uma operação, e ele pensou que ninguém iria no Arará. Ele disse: 'não, eles não virão aqui'", afirmou a delegada.

De acordo com Cristiana Bento, o traficante chegou à comunidade ainda durante a madrugada desta quarta-feira (6), por volta das 3h, vindo da Mangueira.

"Ele não imaginava que a operação iria mover 3 mil homens até o Arará, que é uma comunidade pequena", disse Cristiana Bento.

A delegada credita a prisão de Rogério 157 a um trabalho integrado entre as várias forças de segurança do Estado do Rio de Janeiro e federais. "Temos um compartilhamento de informações. A 12ª, a 13ª, a 11ª DP na Rocinha. Foi uma força-tarefa, um trabalho conjunto. A Polícia Civil, a Polícia Militar também. Todos estamos de parabéns pela prisão. A sociedade merecia. A população da Rocinha merecia essa prisão, essa resposta do Estado", afirmou.

De acordo com Cristiana Bento, Rogério 157 deve ir para a penitenciária de Bangu 1. A delegada e outros policiais dizem acreditar na possibilidade do traficante ser transferido, posteriormente, para fora do Estado, por causa da periculosidade e do número de comparsas que possui no Rio de Janeiro.


Um dos mais perigosos do Rio

Rogério 157 foi preso na manhã desta quarta-feira (6) em uma operação que envolveu policiais civis, militares e federais, a Força Nacional de Segurança e as Forças Armadas.

Ele estava escondido na comunidade do Arará, em Benfica, na Zona Norte da cidade. O local fica a 300 metros da Cadeia Pública José Frederico Marques, onde estão os presos da Lava Jato.

Rogério 157 é o chefe do tráfico na favela da Rocinha, na Zona Sul, e foi o responsável pelo início da guerra na comunidade em setembro desse ano. Ele era um dos bandidos mais procurados do Rio de Janeiro e foi levado para a Cidade da Polícia, no Jacarezinho, onde prestará depoimento.

Rogério foi capturado por dois policiais, um da 12ª DP (Copabana) e outro da 13ª DP (Ipanema). Segundo os agentes, ele não resistiu à prisão, que ocorreu na laje de uma casa.

Ainda de acordo com a polícia, havia seguranças com Rogério quando ele foi localizado, mas os comparsas fugiram com a chegada da equipe. O traficante foi encontrado na casa de uma mulher.

Fonte: G1

1 comentários:

tai uma delegada arretada..têm que mandar ela para brasilia, prender os 71 que existem lá...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More