RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

SBC - MELHOR PLANO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR - (88) 3611.1481

Abertas as inscrições para ingresso no Curso de Medicina UNINTA por aproveitamento da nota do ENEM

domingo, 31 de dezembro de 2017

Morre mulher queimada pelo marido em Fortaleza

A vítima teve 70% do corpo carbonizado. Suspeito continua preso.
Foi confirmado o óbito de Valdênia Arcanjo Barros (44), queimada vida pelo companheiro, Paulo Landrel da Silva (37), no último dia 5, no bairro Dias Macedo, em Fortaleza. A vítima teve 70% do corpo queimado pelo marido. O crime aconteceu um dia após uma família ser morta no município de Ipueras, 298 km da capital. 

Valdênia foi internada no Setor de Queimados da Unidade de Terapia Intensiva do Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, onde estava desde então. 

De acordo com o relato de vizinhos, a mulher foi amarrada enquanto o homem ateava fogo nela e na casa. Ela ainda conseguiu sair de casa, com o corpo em chamas e pediu ajuda. Os filhos não se queimaram. A criança mais nova conseguiu se refugiar em uma escola católica ao lado, enquanto a mais velha fugiu e chamou a Polícia Militar. Com a chegada dos agentes de seguranças ele tentou se matar com um facão, mas foi impedido.

O homem argumentou que tinha surtado. Ferido e queimado, o suspeito foi socorrido e passa bem. Valdênia, por sua vez, está em coma induzido e respira com ajuda de aparelhos. Ela teve os órgãos queimados. As duas filhas estão com a irmã mais velha e passam por dificuldades financeiras. Por ser maior de idade, Rafaela Barros dos Santos, estuda pedir a guarda das crianças. 

O suspeito segue preso no complexo de Itaitinga. A família espera que ele não seja liberado e posteriormente, torne-se condenado. 

Via Cnews

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More