RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

MENSAGEM NATALINA DA EMPRESA GRENDENE!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Três mulheres mortas em Fortaleza em menos de 24 horas. No ano, já são 315 vítimas da violência

Subiu para 315 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2017. Nas últimas 24 horas, mais três crimes de morte do gênero foram registrados pelas autoridades, todos na Capital. Entre as vítimas está uma líder comunitária que fazia um trabalho social com crianças e adolescentes para tirá-las das drogas. Outra vítima foi encontrada degolada e a terceira foi morta nas primeiras horas de hoje (6) em um ponto de ônibus quando seguia para o trabalho.

A líder comunitária e repentista Cristina dos Santos, conhecida por “Cristina Poeta”, morreu no hospital na tarde desta terça-feira após passar cerca de 20 dias internada. Ela sofreu um atentado há três semanas quando se encontrava em um ponto de ônibus na Avenida Senador Fernandes Távora, no bairro Genibaú, onde morava e praticava as ações sociais com a comunidade.

“Cristina Poeta” transformou a sua casa, no Genibaú, num local de atividades lúdicas e educativas para crianças e adolescentes, tais como contação de estórias, dança, brincadeiras e leitura. Ela repetia nas entrevistas que concedia a imprensa que sua intenção era tirar as crianças e adolescentes das ruas e impedir que fossem recrutadas pelo tráfico. 

Há três semanas ela foi atacada no ponto de ônibus e sofreu três tiros à queima-roupa. O atirado estava em um carro e, após atirar contra a mulher, ainda passou o carro duas vezes por cima do corpo da vítima, desceu novamente do veículo e disparou mais tiros. Para a Polícia, a suspeita é de que o crime tenha sido ordenado por traficantes da área.

Mais mortes

Na noite de ontem (5), o corpo de uma mulher foi encontrado sem a cabeça no bairro Aracapé, na zona sul da Capital. Policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e peritos da Pefoce estiveram no local e iniciaram as investigações. Horas depois, a cabeça foi encontrada. O corpo foi encaminhado para a sede da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) sem identificação.

Já na manhã desta terça-feira, por volta de 5h30, uma mulher foi assassinada enquanto espera um coletivo em um ponto de ônibus na Avenida Frei Cirilo, em Messejana. A vítima foi identificada por Elizângela Nascimento da Silva, 37 anos. A Polícia não descarta a hipótese de um latrocínio (roubo ou tentativa de roubo seguida de morte). Contudo, outra linha de investigação também está sendo seguida. A Polícia mantém sigilo sobre o caso.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More