RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

domingo, 7 de janeiro de 2018

INVESTIGAÇÃO FEITA POR POLICIAIS CIVIS DE QUIXADÁ RESULTA NA PRISÃO DE DOIS HOMICIDAS

Região Central: No dia 23 de agosto do ano passado, a rotina pacata da localidade de Marias Pretas, distrito de Juá, Quixadá, foi abalada com um bárbaro crime de homicídio. O agricultor potiguar Almério Veríssimo Mendes, de 76 anos, foi executado a bala em sua residência por dois indivíduos que andavam em um carro e tomaram rumo ignorado.

A partir daí, policiais civis da Delegacia Regional de Quixadá deram início as investigações e rapidamente conseguiram identificar um dos autores, Danilo Alves de Lima, 23 anos, na ocasião Danilo dirigia o veículo e era o indivíduo que tinha maior interesse na morte de Almério, tendo em vista que já havia discutido com a vítima por questões de terra, revela os investigadores.


Após os policiais conseguirem identificar o autor, o titular da regional de Quixadá, Dr. Marcus Damasceno solicitou a prisão preventiva de Danilo, no qual foi prontamente atendido pelo Poder Judiciário, dada a robustez das provas colhidas. De posse do mandado, os polícias conseguiram efetuar a prisão de Danilo, no bairro Tancredo Neves, em Fortaleza, no dia 06 de outubro.

As investigações continuaram e os policiais conseguiram identificar o segundo autor, tratava-se de Pedro Henrique de Sousa Alves, de 19 anos, que após a expedição de mandado em seu desfavor, foi preso hoje pelos policiais civis na Cidade dos Funcionários, também na Capital. Na ocasião, Pedro confessou ser o autor dos disparos que ceifaram a vida de Almério.

Com as prisões, a Polícia Civil encerra com total êxito o seu papel de entregar à justiça os autores do homicídio.

Fonte: Revista Central

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More