RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

DERRAMAMENTO DE SANGUE EM CAMOCIM!

Por volta das 21h00 desta sexta-feira, 23, a polícia registrou uma ocorrência em que duas pessoas foram mortas a bala no bairro Jardim das Oliveiras, aqui em Camocim. As primeiras informações repassadas ao Camocim Polícia 24h são que um homicida já bastante conhecido pela polícia identificado como Geymison dos Santos Pinho, vulgo "Bodão", 19 anos, invadiu a residência de um desafeto e o executou a bala na frente de seus familiares, foram cerca de cinco a seis tiros, a maioria na cabeça. Em seguida o elemento montou na garupa de seu comparsa e quando fugia foi atingido por um disparo efetuado por uma pessoa ainda não identificada. Bodão foi socorrido para o hospital e após receber os primeiros atendimentos foi transferido para Sobral mais morreu antes mesmo de chegar em Granja.

A esquerda Chico morto dentro de sua casa. A direita momento em que Bodão era atendido no hospital de Camocim
Bodão tinha matado um desafeto ainda menor e era suspeito de outras mortes e lesões corporais aqui em Camocim


Vida pregressa

De acordo com a polícia, Bodão praticou um homicídio ainda menor e era suspeito de alguns outros homicídios e lesões corporais a bala aqui mesmo e Camocim. A própria polícia considerava Bodão um indivíduo perigoso, frio e bastante arisco, inclusive era difícil vê-lo pela cidade.

Motivação

A polícia trabalha com a hipótese de rixa entre famílias, visto que em janeiro de 2014 o lutador conhecido identificado como Bartolomeu da Cunha Paulo, o "Bartô" (irmão da vítima de hoje) foi morto a bala também no bairro Jardim das Oliveiras e em fevereiro do mesmo ano os irmãos do Bodão (Cabeludo e Pinguim) foram presos sob a acusação do homicídio de Bartô. As informações é que Raimundo, um trabalhador benquisto, vivia prometendo vingar a morte do irmão e por outro lado Bodão jurava matar Raimundo, e por ironia do destino os dois acabaram morrendo no mesmo dia.
Com esses dois casos, Camocim contabiliza cinco pessoas mortas no ano de 2018.

Com informações do portal Camocim Polícia 24 hs

3 comentários:

foi tarde pro inferno bodão, o coisa boa esse agora o capeta vai acerta as conta com ele.

Ele já era homicida alguém aproveitou a oportunidade e eliminou ele por algum crime do passado

que o Satanás o reeceba com seu espeto e que esse maldito queime no fogo eterno do inferno para séculos sem fim..

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More