RASTREADORES - (MOTO R$ 499 E CARRO R$ 599) FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272 / (88) 9 9299.9212

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Sem motéis na cidade, moradores de Itatira usam locais públicos para fazer sexo

Na cidade de Itatira, a 216 quilômetros de Fortaleza, se tornou rotina ver casais fazendo sexo em via pública, açudes e até à beira do reservatório de água que abastece a Cidade. Com mais de 20 mil habitantes, o município do Interior do Ceará não possui nenhum motel. 
De acordo com uma fonte da Cidade, que pediu para não ser identificada, denúncias de locais que se tornaram "motéis a céu aberto" chegam com frequência. "Perto de açudes, perto do curral, na ponte do seu Joaquim, o próprio reservatório de água que abastece a comunidade é utilizado para a prática de orgias. Na beira do açude, na localidade de São Pedro", pontua.

O morador explica que o município possui pousadas, mas alguns desses estabelecimentos se recusam a receber casais quando percebem que não vão passar a noite. Outro problema é que as poucas pousadas que aceitam são localizadas no centro da Cidade. "Como a cidade é pequena, as pessoas comentam. Então, muitos preferem o mato para evitar fofocas", relata. 

Entre os perigos da prática do sexo em locais públicos, o morador cita a questão dos insetos e até de escorpiões e cobras. No caso do local utilizado perto do curral, o problema tem sido os bois. Ele relata que há casos de pessoas que quase foram feridas pelos chifres do animal. No açude, quem frequenta o local encontra camisinhas jogadas no chão. 

Uma moradora de Itatira, de 40 anos, que pediu para não ser identificada, diz que mudou a rotina e evita sair à noite. "Às vezes, a gente vai andando e tem carros parados, casal de moto. A gente tem é medo. É na lagoa, atrás do cemitério. Só o que tem é camisinha. No açude também", lamenta. 

Para a moradora, a falta de um motel é motivo para reclamação de muitas pessoas. "Às vezes é gente de fora que vem passar Carnaval, Semana Santa, que a gente nem conhece. Então, temos medo que faça algo com a gente. Quando é alguém conhecido corre quando vê a gente", relata. 


Motel mais próximo fica em Boa Viagem

O policial militar que se identificou como sargento Félix, do destacamento de Itatira, relata que nunca atendeu uma ocorrência de sexo em via pública e informou que o número do destacamento é divulgado para que os moradores denunciem qualquer tipo de movimentação estranha. 

Ele confirma que a cidade não possui motel e que o estabelecimento mais próximo fica no município de Canindé ou Boa Viagem, a aproximadamente 80 quilômetros de Itatira. O PM evela que a Cidade de Madalena sofre com a mesma situação. "Só em Boa Viagem tem três ou quatro. Em Canindé tem uns cinco. Em Madalena fui há uns dias e vi que não tem", disse. 


Sexo em via pública é crime, mas não gera prisão em flagrante 

O advogado criminalista, Leandro Vasques, baseadp no artigo 233, do Código Penal Brasileiro, afirma que praticar ato obsceno em lugares públicos é crime, com pena prevista de três meses a um ano de detenção ou multa. "Qualquer ato obsceno que ofenda o pudor, pode ser enquadrado. A pessoa tirar a roupa e sair no meio da rua também configura o mesmo crime", relatou.

O fato de estar fora ou dentro do carro, sendo em local público, não interfere em nada e continua sendo um crime. "É só ser um local público. Ainda que esteja em um carro de estacionamento privado, mas de acesso ao público, entendo que o crime também se configura", explica. 

Leandro Vasques informa que, como a pena é de três meses a um ano, não admite prisão em flagrante. Os envolvidos são levados à delegacia e é lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), onde os contraventores se comprometem a comparecer a um ato judicial perante um juizado especial.


Fonte: O Povo / JÉSSIKA SISNANDO

1 comentários:

Estou acabando de sair de Sobral e vou já já pra lá ,gostei oh !!
Faz tempo que eu tô sem ninguém eu acho que lá tem muita mulher.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More