RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Sobral: Gestão Ivo perde documentação de 90 professores efetivos e ameaça demiti-los

Servidores terão de reapresentar documentação de reabilitação à Prefeitura em 30 dias e planejam acionar a Justiça.

A gestão do prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), quer demitir 90 professores concursados, no prazo de 30 dias, caso os trabalhadores não apresentem documentos perdidos pela própria equipe de Ivo.

Os trabalhadores ameaçados de demissão são professores concursados reabilitados para outras funções por motivos de doenças nas cordas vocais ou outros diagnósticos.

A documentação da reabilitação dos profissionais foi entregue à gestão de Ivo, mas os documentos foram perdidos pela pasta e, agora, o pedetista ameaça demitir todos para não assumir o erro da própria equipe.

Alguns dos professores possuem cópias da documentação, mas outros temem por perder o emprego como servidor público efetivo devido ao erro da gestão Ivo e já se movimentam para acionar o Ministério Público contra o abuso.

Confira a lista de professores sob risco de perder o emprego:
Fonte: Wellington Macedo / Cearanews7

10 comentários:

Esses professores reabilitado aí sempre mamaram nas tetas da prefeitura. Passaram anos sem dar uma aula e ganhando como.professores inclusive recebendo gratificações de atividades dentro de sala de aula. Agora para provar que são reabilitados estão culpando a gestão de perder documentos. Pq eles não guardaram os seus documentos? Não guardaram pq nunca foram reabilitado. Se se o Ivo fosse tão ruim o quanto dizem, ele faria era devolver todo o dinheiro recebido injustamente.

A sociedade civil precisa se unir e colocar esse Ivo Gomes pra fora, impeachment já #ForaIvo, vamos fazer protestos frente à Câmara Municipal de Sobral e exigir o impeachment junto com a cassação desse prefeito!!!impeachment já #ForaIvo

Vão votar nos FG's de novo.

No INSS todo mês temos de provas algo, até se está vivo pq o servidor não pode reapresentar um documento que prove seu estado, talvez pq o medicobestejacsec recusando a prescrever o que não existe!

VAI MATAR O POVO DE SOBRAL, DE MULTA JA MATOU...90 POR CENTO DA POPULAÇÃO TA MUTADA, NA GESTAO DO IVO.

Parabens IVO você é tudo o povo quis na proxima será você denovo.

Isso é um tipo de procedimento comum em qualquer lugar para conferência de dados, agora querer demitir por isso já é abuso,se eles são incompetentes ao ponto de terem perdido os documentos jamais deveriam cobrar dos funcionários, pois independente de qualquer coisa são concursados, agora seria melhor ver quais desses professores ai recebe algo que não deveria ou esteja recebendo sem trabalhar, mas concordo plenamente que seja acionado o ministério público para intervir nessa situação.

INPITIMA Já e tarde de mais fora ivo gomes

Se está errado !
Tem que consertar ou seja mandar pro olho da rua

A Secretaria da Educação de Sobral esclarece que realizou, de 2 a 5 de janeiro, o recadastramento dos 136 professores readaptados. Após a conclusão do recadastramento, foi identificado que 90 professores não possuíam o certificado de reabilitação emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), estando em situação irregular, conforme lista publicada no Diário Oficial do Município nº 231, de 24 de janeiro de 2018.

Para os professores que estão fora da sala de aula sem o certificado de reabilitação foi dado um prazo de 30 dias, que será prorrogado, para que estes servidores deem entrada no processo junto ao INSS, que já foi acionado oficialmente pela Secretaria da Educação para atendê-los. De acordo com o que estabelece o decreto nº 3.048/99, artigo 140, após os servidores passarem pelo processo de reabilitação profissional, o INSS emitirá certificado individual.

A Secretaria esclarece, ainda, que não haverá nenhuma demissão de servidor efetivo, pois segundo a Constituição Federal, “art. 41. § 1º O servidor público estável só perderá o cargo: I - em virtude de sentença judicial transitada em julgado; II - mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa; III - mediante procedimento de avaliação periódica de desempenho, na forma de lei complementar, assegurada ampla defesa.”

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More