RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quinta-feira, 1 de março de 2018

CARTA DE REPUDIO A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE SOBRAL COM RELAÇÃO AS DEMISSÕES DE PROFESSORES

Nossa equipe de reportagem recebeu via e-mail uma NOTA DE REPÚDIO sobral as demissões de Professores da rede municipal de ensino de Sobral. 

Confira a nota na íntegra: 

Como já dizia Max Weber “o trabalho engrandece o homem”. Essas palavras caiem ao chão diante da realidade que o pais vive.

O trabalho que forma os profissionais é tão desvalorizado que não mexe com o coração (se tiverem) dos governantes e nem pesa na consciência o fato de a educação continuar uma vergonha, por que números não indicam qualidade de ensino.

Diante dos fatos ocorridos das demissões dos professores da rede pública do município de Sobral, questiona-se o real valor da educação e do educador.

A seleção realizada para suprir as necessidades de professores, sendo temporários, continua a ser uma necessidade apodrecida. 

A secretaria de educação, “contratou” professores e em menos de um mês, despediu aproximadamente 400 profissionais. Onde já se viu, professor desempregado em uma pátria educadora e em uma cidade como referência em educação?

O fato foi que, a própria secretaria cometeu um erro, rasgando o próprio edital que formulava a seleção. Dizia: 

(...) desta forma, todos os portadores de diploma de Licenciatura Plena, todos os portadores de diplomas referentes ao Curso Especial de Formação Pedagógica de Docentes (CEFOP), expedidos por instituição de ensino superior devidamente credenciada e reconhecida pelo MEC, cujos cursos sejam reconhecidos, concorrendo para a disciplina da área da Seleção para a qual o respectivo diploma os habilita e o Parecer n° 0582/2003, do Conselho de Educação do Estado do Ceará, conforme discriminado nos subitens 2.6 deste Edital.
(...) REQUISITO: diploma de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Letras com habilitação para o ensino de Língua Portuguesa ou de licenciatura plena em Curso de Formação de Professores (Pedagogia, em regime regular ou especial, com habilitação em Língua Portuguesa), devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior, reconhecida pelo Ministério da Educação.

O edital deixa claro que só poderia se inscrever e assumir, aqueles que possuíssem o diploma de licenciatura. Mais ai vem o erro da secretaria de educação, em uma correria desorganizada e irresponsável para o início das aulas, a secretaria lota professores que ainda estão cursando a faculdade, mas que foram aprovados na seleção, e depois, como animais, da noite para o dia, lançam fora sem nenhum respeito e esperança.

O Processo Seletivo foi regido e administrado pela Escola de Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional – ESFAPEGE, outro órgão completamente irresponsável que não fiscalizou corretamente o processo da seleção fazendo constrangimento e desrespeito os profissionais. 

A secretária de educação, em palavra de uma funcionária, relatou que “não pode esta cursado, tem que ter o diploma”. Mas, se deveria ter o diploma, porque contrataram? Se contrataram, é porque a ordem veio direto da própria secretaria, e agora, a mesma desfaz a ordem. Como assim? Isso é uma falta de respeito.

Questiono como pode ser o ensino de Sobral referência, se a valorização do professor não é respeitado. Enquanto não valorizar o ensino e seu profissional, a educação continuará precária e a mentira continuará a ser contada.

6 comentários:

Enquanto Ivo não contratar uma empresa séria para fazer essas seleções, haverá essa putaria.

Aguentam bando de chupa ovo

Deveria colocar pra fora era esse monte de gente ocupando cargos comissionados, e fazer um concurso sério para esses cargos, e não usar como moeda de troca nas eleições.

Os comissionados lá no saae ganham 7.000,00, pq não colocam pra fora também??

"fazendo constrangimento e desrespeito os profissionais"
Não tem edital ou lei que retire esse sentimento que estamos tendo. Constrangimento e desrespeito.
Me pergunto o que fazer as pessoas que estão no último periodo, já que:
1. Nao pode ser estagiário do município,pois este deve estar cursando até o 8° período;
2. Nao se pode assumir como professor, pois deve ter até 30 creditos ou diploma.(pessoas que se formam no final do mês de março perderam seus empregos).
3. As escolas particulares ja fizeram suas contratações.

Ou seja, estudamos 5 anos, enfrentamos greve, para chegar na reta final e ficarmos sem oportunidade? A prefeitura poderia fazer algo em relação a isso, abrir alguma vaga para quem prejudicou.

Ta uma putaria de entra e sai de professores. Essa gestão diferente das outras desorganizados. Tudo culpa do prefeito.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More