RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

sábado, 17 de março de 2018

Desembargadora diz que Marielle "estava engajada com bandidos"

Marília Castro Neves, do TJ-RJ, afirmou em comentário que a vereadora morta 'foi eleita pelo Comando Vermelho' e é 'um cadáver comum'.
A desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), afirmou no Facebook que a vereadora Marielle Franco (PSOL), assassinada na quarta-feira, estava “engajada com bandidos”. O comentário foi feito como resposta a uma postagem do advogado Paulo Nader, que chamou a parlamentar de “lutadora dos direitos humanos”.

“A questão é que a tal Marielle não era apenas uma ‘lutadora’; ela estava engajada com bandidos! Foi eleita pelo Comando Vermelho e descumpriu ‘compromissos’ assumidos com seus apoiadores”, escreveu a magistrada, que insinuou que a morte da vereadora foi consequência de cobrança de “dívidas”. “Qualquer outra coisa diversa é mimimi da esquerda tentando agregar valor a um cadáver tão comum quanto qualquer outro”, finalizou.

Ativista dos direitos dos negros e das mulheres, Marielle foi executada com três tiros na cabeça e um no pescoço, em um ataque que também vitimou o motorista Anderson Gomes, que dirigia o carro em que ela estava. As investigações já determinaram que a munição usada no crime pertence a um lote destinado à Polícia Federal de Brasília em 2006 e que foi roubado. Balas do mesmo lote também foram usadas na chacina que deixou 17 mortos na Grande São Paulo, em 2015.

À coluna da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, que revelou o comentário, Marília afirmou que deu sua opinião “como cidadã”. A desembargadora disse ainda que não conhecia Marielle até saber de sua morte e que postou informações “que leu no texto de uma amiga”. Ela criticou o que chamou de “politização” do assassinato. “Outro dia uma médica morreu na Linha Amarela e não houve essa comoção. E ela também lutava, trabalhava, salvava vidas.”

9 comentários:

Só defendia bandidos essa doida aí. Quem defende bandido morre por ele

Vereadora que passa o tempo todo falando mal da polícia e não falava dos traficantes. Era ligada a facção criminosa e a própria facção a matou.

Isso aí é para esses políticos de esquerda para de defender criminosos

verdade até que prove o contrario .

Vocês são burros, leiam sobre essa mulher que era uma ótima pessoa, melhor que vcs! E essa desembargadora está sendo processada por calúnia .

Espera!
Se ela so defendia bandidos, quem matou? Pq, ao contrario do q disse idiotas anterior, bandidos não matam quem defende sua causa.
Sendo assim quem fez o serviço?

Essa ai vai ser a propróxa morre essa x9..

Idiota do 23 e 11 descumprir as ordens do comando vermelho e defender o pcc eles matam até teu pai. Ou é um lado ou outro os dois se chamam cruzeta.

Se ela era aliada a bandido ou não, isso não importa. O problema é que existem pessoas que lutam contra a desigualdade, fome, miséria e lutam diariamente por justiça e infelizmente não possuem nenhum espaço nas tvs e nos jornais... São chamados seres invisiveis da sociedade... Não é politico entao nao existem!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More