RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

SBC - MELHOR PLANO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR - (88) 3611.1481

Abertas as inscrições para ingresso no Curso de Medicina UNINTA por aproveitamento da nota do ENEM

segunda-feira, 26 de março de 2018

Investigação descobre mandante de ataque à Ciops de Sobral

Algumas horas após o ataque à Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), de Sobral, ocorrido por volta de 2h45, desse domingo, 25, as investigações levaram a, pelo menos, um mandante da ação criminosa, que deu ordem ao ataque, por telefone, de dentro da Penitenciária Industrial Regional de Sobral (PIRS), segundo a Polícia Civil.

De acordo com as diligências, o preso José Fábio Alves da Silva, que cumpre pena por tráfico de drogas e roubo, utilizou um telefone celular para ordenar o atentado ao prédio da Ciops.

Vistoria

Segundo o major Flávio Dias, orientador da Ciops em Sobral, “logo após a ação, nossa central passou a receber ligações telefônicas curtas, com ameaças de novos atentados, inclusive, ao prédio do Samu, que fica ao lado da Ciops. A partir do rastreamento das ligações, conseguimos chegar ao mandante, que responderá agora por incolumidade à segurança pública. Durante a vistoria nas celas da PIRS, foram encontrados outros aparelhos celulares. Ainda estamos em investigação, encabeçada pelo delegado Paulo Castro e o tenente Marcos Paulo, para chegarmos aos autores do atentado”, explicou.

Atentado

Ao realizar a ronda costumeira na base da Ciops, nesse domingo (25), um policial encontrou um buraco na vidraça de uma das janelas do prédio, localizada na parte de trás, onde fica o estacionamento, assim como material inflamável. Na parte do prédio onde ocorreu o ataque não há muros. A vidraça não foi estilhaçada, por ser reforçada com película, o que ajudou a não espalhar as chamas e provocar danos maiores.

Material

No local, foram encontradas duas garrafas pequenas de cerveja, quebradas, e restos de material facilmente inflamável: tecido ou estopa que, segundo a Polícia, foi utilizado na ação incendiária. Todo o material foi recolhido e levado à Delegacia Regional para os devidos procedimentos, como a abertura de Inquérito para apurar os autores e a motivação. Essa é a primeira vez que a célula local da Coordenadoria sofre esse tipo de atentado. (Com informações do portal DN)

3 comentários:

Se os bloqueadores de celular já estivesse funcionando ele não teria dado ordem alguma esse satanás que está no presídio

Têm que dá é uma pisa boa toda noite para esse vagabundo não se esquecer e servi de exemplo pros outros que tentarem algo contra os prédios públicos e principalmente contra os prédios da segurança pública só responder processo é muito pouco pra ele vai ser só mais um.

Na minha opinião só os bloqueadores não vai adiantar, pq tem as visitas e os advogados quem é que garante que eles não vão passar as informações pros bandidos fora dos presídios e como esses celulares entram no presídio?

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More