RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quarta-feira, 14 de março de 2018

Temendo emboscada, governador manda alugar carros blindados para sua proteção

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), determinou à Casa Civil do estado o aluguel de veículos blindados para sua proteção individual e a de seus assessores diretos. Preocupado com a violência que domina o estado e desafia as autoridades da Segurança Pública, e após sofrer ameaças de facções criminosas, Santana não quer arriscar sofrer uma emboscada ou mesmo uma bala perdida ao andar de carro pelas ruas de Fortaleza.

A intenção do governador foi oficializada na última segunda-feira (12), quando ele mandou publicar no Diário Oficial do estado do Ceará (DOE) o aviso de licitação, através de um pregão eletrônico (de número IG-9553460000), para a “locação de veículos tipo executivo, blindado”.

O governador recomendou, ainda, que a blindagem seja máxima, isto é, no nível mínimo III-A, que representa a mais resistente, podendo resistir até mesmo a tiros disparados por armas de grosso calibre e de guerra, como submetralhadoras. Diz ainda o aviso de pregão que, “a locação é da modalidade diária, em qualquer ponto do território nacional, visando atender as necessidades do Gabinete do Governador, por intermédio da Casa Militar”.

Resistente

Segundo os especialistas no assunto, a blindagem do tipo nível III-A representa mais de 90 por cento dos carros que saem das empresas blindadoras. Apesar de haver outros níveis mais baratos o III-A é o preferido, pois suporta tiros de qualquer arma de mão, mesmo as mais poderosas, como uma pistola calibre 9 mm – também utilizado em submetralhadoras) ou um revólver .44 Magnum.

Isso permite que o motorista tenha certeza de que sairá ileso de qualquer assalto em situação de trânsito. Mas o custo é alto: na média, peso adicional de 150 quilos em um sedã médio e preço a partir dos R$ 50.000.

Nas ruas

No último domingo (11), Camilo Santana saiu às ruas de Fortaleza em companhia do secretário da Segurança Pública, delegado André Costa; e do comandante-geral da PM, coronel Ronaldo Viana, e foi vistoriar blitze que estavam sendo feitas em vários bairros da Capital. A medida foi tomada após o Ceará registrar sua quarta chacina em pouco mais de dois meses de 2018.

Após uma reunião extraordinária em plena manhã de domingo no Palácio da Abolição, Camilo Santana e sua equipe da Segurança Pública visitou diversos bairros e fiscalizou as blitze da Polícia Militar. Em seguida, foi até a sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde esteve frente a frente com um suspeito de ter participado da chacina no bairro Benfica, onde sete pessoas foram assassinadas na noite de sexta-feira (9). (Fernando Ribeiro)

4 comentários:

Cadê os bloqueadores? Ele vai mandar colocar ou não? Tá se cagando de medo esse governador. Bandidagem ditando as regras no Ceará

Não vamos deixar esses malditos da ordens não governador

Que governadozinho. Vai proteger-se a si e aos seus e a população que se afunde. Como é que pode? O cara tem todo poder nas mãos, toma as providências cabíveis, muda as Leis, pois são muito flexíveis para com à marginalidade. Arma adequadamente a polícia, agentes penitenciários, guardas, enfim, prepara e arma todos os membros da segurança. O governador pode até se blindar, mas desde que seja com seus próprios recursos. Nada de fazer uso de recursos públicos, sob pena de que terá de proteger toda população igualmente.

kkkk, até o Governador, mesmo com segurança 24hs realizada pela PM, está com medo dos marginais... Agora imagina o resto da população que não tem segurança particular nem carro blindado...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More