RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

terça-feira, 20 de março de 2018

UNINTA e Defensoria Pública planejam ações conjuntas para reconhecimento de paternidade

Na manhã desta sexta-feira (16), o projeto de extensão Laços de Família, uma parceria do Centro Universitário Inta (UNINTA) com a Defensoria Pública, reuniu-se com parceiros da área da saúde e assistência social para traçar novos métodos de divulgação e aplicação de ações conjuntas, que têm como objetivo principal atender a sociedade na mediação da questão de reconhecimento de paternidade.

De acordo com a diretora do projeto, a Defensora Pública Dra. Emanuela Leite, a ação tem o propósito de buscar meios efetivos de tratar o assunto. “O objetivo da ação é identificar onde as demandas surgem e o motivo de que o nosso público não procura desmistificar a dificuldade que a sociedade acaba idealizando e que de fato não existe. Há caminhos de buscar o reconhecimento de paternidade de forma mais célere e menos burocrática. É o que nós trabalhamos na mediação, procurando meios que evite a mãe, ou o suposto pai passar por um processo desgastante, sob o ponto de vista emocional”, colocou a servidora.

Durante a reunião foram feitos os levantamentos das próximas ações que irão identificar o público alvo, além de meios de divulgação do projeto. Estiveram discutindo as intervenções, representantes da empresa Grendene Calçados, do Hospital Regional Norte, do Conselho Tutelar, assistentes sociais do Centro de Referência de Assistência Social Mimi Marinho e Dom José (CRAS), professores e estagiários dos cursos de Direito, Serviço Social e Biomedicina e a Assessoria de Comunicação do UNINTA.

O projeto Laços de Família foi criado há três anos e trabalha com mediação de conflitos familiares e conciliação não só no contexto jurídico, mas também na assistência social e psicológica. O projeto conta com Defensores Públicos, profissionais do Serviço Social e Psicólogos, além de estagiários e bolsistas dos cursos de Serviço Social, Direito, Psicologia das Faculdades INTA. O serviço atende pessoas inseridas na comarca de Sobral.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More