RASTREADORES - (MOTO R$ 499 E CARRO R$ 599) FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272 / (88) 9 9299.9212

SEJA UM VENCEDOR! APOSTE ONLINE - APOSTA DE OURO

IMPERDÍVEL! DE 09 A 11 DE AGOSTO DE 2018: 1ª EXPONOROESTE

terça-feira, 10 de abril de 2018

Raio recebe novas motocicletas ao custo de R$ 57 mil cada uma. Contrato totaliza 16,7 milhões

Um contrato no valor de 16,7 milhões, fechado entre o Comando-Geral da Polícia Militar do Ceará (PM-CE) e a indústria Moto Honda da Amazônia Limitada, através de pregão eletrônico (contrato de número 1036881/2018), permitiu que o Estado do Ceará adquirisse motocicletas de altíssima geração – ponta de linha – para renovar a frota do Batalhão de Rondas Intensivas e Ostensivas (BPRaio). Serão 292 novas motos, modelo African Twin, de 1.000 cilindradas, já adquiridas e recebidas pela PM. Cada uma delas no valor de R$ 57.401,00.

As novas motos de altíssimo desempenho e resistência que serão utilizadas no patrulhamento de Fortaleza, da Região Metropolitana e em algumas cidades do interior cearense, foram desenvolvidas através de um projeto histórico da Honda. Foram produzidas após a indústria ter obtido experiência de vitórias numa das mais famosas competições mundiais de veículos off-road, o rali Paris-Dakar, no traiçoeiro deserto do Saara, entre os anos 1986 e 1989, quando os pilotos representantes da marca subiram ao pódio do evento seguidamente.

O altíssimo custo de cada motocicleta (R$ 57.401,00 cada uma), porém, é bem menor que os investimentos que o estado fez no passado ao implantar o, hoje fracassado e extinto, programa de policiamento comunitário Ronda do Quarteirão. Em 2007, o então governador Cid Gomes, anunciou a nova modalidade de segurança e a compra das primeiras 150 caminhonetes modelo Hilux para o patrulhamento da Capital cearense.

Prejuízos ao estado

O governo gastou cerca de R$ 30 milhões com as primeiras 200 caminhonetas e acabou por descobrir (e pagar) cerca de R$ 28,6 mil por semestre pela manutenção de cada uma das viaturas. No edital para as compras dos novos carros para a Polícia havia a exigência de que os veículos fossem dotados de motor a diesel, ar-condicionado, air-bag para motorista e passageiros, tração 4x4, câmbio automático e freios ABS, condições só atendidas pelo veículo da Toyota.

Hoje, com o fim do Ronda do Quarteirão, a maioria das Hilux virou sucata. As mais novas foram reaproveitadas e estão sendo utilizadas pelas patrulhas da Força Tática (FT) de cada batalhão e cada Companhia da Corporação. Foram readesivadas nas cores do novo padrão da PM (preta e branca). E, no ano passado, o governo trocou as caminhonetes por um veículo menor, menos potente. O escolhido foi o modelo Duster, da Renault, no valor de R$ 53 mil em média cada uma.

Já as novas motocicletas do Batalhão Raio, pela robustez e potência, deverão ser a nova ferramenta de enfrentamento ao crime no Ceará. (Fernando Ribeiro)

16 comentários:

Parabéns ao estado...isso sim é investimento com retorno...o RAIO é a força que vagabundo teme...

MAS PREJUÍZO PARA O ESTADO,DAQUI UM ANO A METADE ESTARÁ ENCOSTADA POR FALTA DE MANUTENÇÃO, O DINHEIRO NO E DELE MESMO POR ISSO ESSE GOVERNADO SAFADO NAO ESTAR NEM AI, FICA BRINCANDO COM DINHEIRO DO POVO.

vixe,agora o bicho vai pegar, essas que eles tem e 600 ,ja andam feitos doido , sem necessidade, população ao ver uma equipe do raio saiam do meio.

Que moto linda do caralho , mas altíssimo preço, deveriam também pensar no armamento governador, os bandidos estão com armas melhores do que a você oferece , principalmente da pior marca a TAURUS tem que colocar mais polícia pra combate e agilidade

Parabéns! É muito bom ver o retorno dos nossos impostos

Mais uma famosa lavagem de dinheiro

ah agora sim uma cabeça que pensa realmente uma viatura so deveria existir pra vir pegar o ou os elementos e leva-los ate a delegacia e uso continuo das motocicletas que pela agilidade e rapidez e entra em qualquer beco pq existi um contraste muito grande uns no conforto do ar condicionado so de passeio e os das motos realmente trabalhando fazendo abordagens e indo pra cima parabéns aos policias do RAIO.

E o investimento na saúde, e os empregos? Será q realmente seria necessario gastar tanto isso em motos?

Sem nesecidade essas motos de auto valor quero ver eles fazer um investimento desse valor em saúde pública... fato

Oxi e era pra durar pra sempre?
E qual é o carro q dura na mão da polícia?
Vão procurar o q fazer rapaz!!!

As motos aida tao em boa codicao mas a saude publica ta em boas codicois 16 milhois ja era um bom começo pra saude

As motos aida tao em boa codicao mas a saude publica ta em boas codicois 16 milhois ja era um bom começo pra saude

Investindo milhões nessas motos sem nezsecidade e para chamar novas turmas da PM bota dificuldade que governador frouxo o cid Gomes quis chamar mas políciais e chamou e o governador frouxo não chama porque não quer. bastava botar a meiota mesmo q saia mas barato

Gasto de dinheiro público!
Uma XRE 300 estava de bom tamanho.
Tem policial que não pesa 70KG,como vai pilotar uma moto desse tamanho?
Só vai servi para alguns "SE AMOSTRAR".

Está corretíssimo empregar motocicletas no policiamento ostensivo, mas não vejo necessidade desse tipo de motocicletas, pois as perseguições do RAIO são na cidade, essas motos são para rallys, melhor do que compra-las seria comprar o dobro do número de outro tipo de moto com menor valor.

PAREM DE RECLAMAR HIPÓCRITAS, FALAM DA FALTA DE APOIO DO ESTADO PARA COMA POLICIA E QUANDO O ESTADO AJUDA VCS SE RECLAMAM!

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More