RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Preso acaba morto ao abrir algemas e tentar atirar contra policiais durante operação em Crateús

Um corretor de seguro de veículo, preso sob a suspeita de envolvimento em crimes de tráfico de drogas e fraudes, foi morto pela Polícia após ser preso e algemado. O fato ocorreu na manhã desta terça-feira (29) na cidade de Crateús (a 345Km de Fortaleza). Segundo as autoridades, ele teria conseguido abrir as algemas e apanhar uma arma escondida dentro do fogão na casa onde eram feitas buscas. Ao tentar atirar contra os agentes, foi baleado e morto.

O caso deverá ser investigado pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário do Estado do Ceará (CGD). Conforme o relato das autoridades, uma operação foi montada pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Crateús com o apoio da Polícia Militar, através de patrulhas dos batalhões de Divisas (BPDiv) e do Raio (BPRaio). O objeto era cumprir três mandados judiciais de prisão. Os “alvos. Os “alvos”seriam bandidos integrantes de facções criminosas e envolvidos em tráfico de entorpecentes e outros delitos, com fraude ao seguro DPVAT.

No bairro São Vicente, a Polícia deteve o corretor de seguros Rodrigo Alves Martins, 31 anos, paulista. Na casa dele não foram encontradas drogas, mas ele teria se disponibilizado a levar os policiais a outro endereço onde poderia haver entorpecentes. E assim foi feito. Rodrigo levou os inspetores e PMs até a casa de seu comparsa, Tiago Gomes Torres. Realmente, havia drogas ali e Tiago também foi detido em flagrante.

Tiro e morte

Contudo, segundo a Polícia, no momento em que os policiais ainda realizavam buscas na residência de Tiago, Rodrigo conseguiu abrir as algemas e apanhou um revólver que estava escondido no fogão. Ao tentar atirar contra os policiais, foi mortalmente baleado. Os agentes socorreram o suspeito e o levaram para o Hospital São Lucas, onde ele acabou falecendo.

A delegada-regional de Polícia Civil em Crateús, Ana Scotti, que comandava a operação, lamentou o fato e confirmou a versão dos policiais de que o homem detido havia tentado atirar contra eles.

Ouça a entrevista da delegada sobre o fato:

Fonte: Fernando Ribeiro

2 comentários:

Eu fico emocionado com isso. Não sabem a alegria que sinto vendo bandido ir pra vala.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More