RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Termina em acordo audiência realizada por videoconferência no Cejusc de Sobral

A audiência de conciliação realizada por meio de videoconferência entre a Unimed Sobral e usuária do plano de saúde resultou em acordo para as partes. A sessão, presidida pelo juiz Maurício Fernandes Gomes, titular da 1ª Vara Cível da Comarca de Sobral, distante 230 km da Capital, ocorreu nessa quarta-feira (24/05).

A ferramenta permitiu diálogo entre as partes que estavam, respectivamente, no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em Fortaleza, e no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) do referido município.

É a primeira vez que o sistema é utilizado para solucionar ações judiciais entre partes que se encontram em comarcas da Capital e do Interior do Estado. Antes, a ferramenta já havia sido usada para solucionar questão entre litigantes que se encontravam em Fortaleza e Caucaia.

Para a supervisora do Núcleo, desembargadora Tereze Neumann Duarte Chaves, “o uso desse recurso tecnológico tem contribuído bastante na resolução de problemas. Evita deslocamento das partes, oferecendo mais comodidade aos litigantes, gera economia e acelera a tramitação dos processos”.

SISTEMA DE VIDEOCONFERÊNCIA

Na última sexta-feira (18/05), o presidente do TJCE, desembargador Gladyson Pontes, inaugurou oficialmente, as instalações próprias para realização de audiências com réus presos por meio do sistema de videoconferência. A estrutura conta com cinco salas equipadas especificamente para essa finalidade, localizadas no Fórum Clóvis Beviláqua (FCB), além de um equipamento móvel, que estão conectadas com seis unidades prisionais do Estado (CPPLs II, III e IV, IPPOO II e presídios de Pacatuba e Caucaia).

A iniciativa é resultado de convênio com o Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus).

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More