RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

APOSTA DE OURO ONLINE - (88) 9 9768-6881

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Violência no Ceará ultrapassa 2 mil assassinatos em 2018. Duas pessoas foram mortas em assaltos nesta sexta

Dezoito pessoas foram assassinadas nas últimas 24 horas em todo o estado do Ceará. Foram 16 casos de homicídios na quinta-feira (24) e dois latrocínios (roubos seguidos de morte) entre a madrugada e o começo da manhã de hoje. Com isso, o Ceará ultrapassa neste 25 de maio a marca de dois mil Crimes Violentos, Letais e Intencionais em menos de cinco meses completos de 2018. O número exato de pessoas assassinadas no estado neste ano é 2.016.

Nas últimas 24 horas, foram sete pessoas mortas em Fortaleza (cinco na quinta-feira e duas hoje), três na Região Metropolitana e mais oito no interior, sendo quatro no Norte e outras quatro no Sul.

Em Fortaleza, os sete crimes de morte das últimas 24 horas ocorreram nos seguintes bairros: Barra do Ceará (3 crimes), Papicu (2), Alto da Balança e Mondubim.

Na região Metropolitana de Fortaleza foram três crimes, sendo dois no Município de Caucaia e outro em Maranguape.

No Interior Norte, quatro assassinatos, sendo dois em Sobral, além de crimes em Boa Viagem e São Benedito. No Interior Sul, mais quatro pessoas mortas, sendo duas em Russas (duplo homicídio), Brejo Santo e Juazeiro do Norte.

Latrocínios

Duas pessoas foram mortas durante assaltos no começo desta sexta-feira (25). O primeiro crime ocorreu ainda na madrugada, por volta de 2h30, quando o segurança Francisco Mendes David de Oliveira, 41 anos, foi baleado e morto com um tiro no rosto ao reagir a um assalto na Rua Godofredo de Oliveira, no bairro Mondubim.

Já no começo da manhã, por volta de 6 horas, uma mulher identificada como Lilian Mara de Oliveira Mesquita, 36 anos, foi morta durante um assalto na Avenida Francisco Sá, na Barra do Ceará. Segundo apurou a Polícia, a vítima era funcionária de uma indústria farmacêutica e estava na porta de casa aguardando o transporte.

No momento em que o ônibus que transporta os funcionários da empresa parou em frente a residência de Lílian, surgiram dois assaltantes. Ela se assustou e tentou correr, mas recebeu um tiro à queima-roupa no rosto e caiu morta na calçada. Um dos assaltantes levou a bolsa e o celular da vítima. A dupla fugiu em uma moto em direção ao Gueto da Barra do Ceará.

Fonte: Blog Fernando Ribeiro

1 comentários:

Não senhor...tá tudo tranquilo...a democracia pode matar 61.000 pessoas por ano...ta tudo certo...os militares sumiram com 425 VAGABUNDOS em 21 anos e foram ditadores...assassinos...não é ?

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More