RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Gilvan Azevedo garantiu na Justiça o recolhimento do imposto sindical

Nove meses após o fim da obrigatoriedade do imposto sindical, o presidente do Sindsems Gilvan Azevedo, na tentativa de manter sua maior receita em dinheiro, conseguiu na justiça por meio de uma liminar o direito de recolher o valor de uma diária correspondente a um dia de serviço dos servidores públicos municipais de Sobral. O montante, estar acertado junto à administração para ser descontado em setembro próximo. 

Embora estando em vigor nova regulamentação que põem fim a obrigatoriedade do recolhimento do imposto sindical, o Gilvan Azevedo, buscou em março deste ano, o recolhimento administrativamente do recurso junto à prefeitura de Sobral, que logo foi negado pela Procuradoria Geral do Município, devido às modificações da reforma. Não se conformando, o presidente do Sindsems, buscou por meio de uma ação na Justiça com auxilio da Federação Estadual dos Servidores - FETAMCE, que agora aguardam o cumprimento da ação e o devido recolhimento.

O valor chama a atenção. Em 2017, a arrecadação alcançou o patamar de aproximadamente R$ 250 mil reais. A expectativa e que esse ano chegue a R$ 350 mil reais.

A decisão foi em primeira instância, mas a prefeitura pode muito bem recorrer à segunda instancia para evitar o recolhimento e o desconforto dos trabalhadores que não esperava mais o recolhimento obrigatório de parte do seu salário.

16 comentários:

Em Sobral tudo é possível

Vai trabalhar. Porra de sindicato.

Acabar sindicalista abre a boca para dizer que é representante de empregado. Foi a melhor coisa dessa reforma trabalhista o não pagamento disso. Isso não vai dar em nada basta um funcionário entrar na justiça que ganha....

E o pagamento da licença prêmio? Disso ele não vai atrás.

Sr. presidente do Sindsems, o banco CEF, transformou todas às contas salários (sem taxas), dos servidores em contas correntes (com taxas), o sindicato não se moveu pra reverter.
Como perguntar não ofende, gostaria de saber Por que?

O significado da palavra SINDICATO, deve ser: COMER NO MOLE.

O trabalhador tem que autorizar o desconto né não?

O trabalhador tem que autorizar o desconto né não?

GILVAN AZEVEDO E A SINDSEMS NÃO PASSAM DE FACHADA, NÃO CONSEGUEM NADA DE MELHORIAS PARA OS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SOBRAL, A DECISÃO FINAL É SEMPRE DO CORONEL IVO, QUE POR SUA VEZ ADORA MASSACRAR OS FUNCIONÁRIOS QUE REALMENTE TRABALHAM.

Queria maiores esclarecimentos sobre o uso desse dinheiro. 250 MIL REAIS RECOLHIDOS A QUE FIM? Sindicado dos Servidores Municipais de Sobral, entregue ao alheio, descaso, a quem pouco ou quase nada opera para melhorias junto aos servidores. ABSURDO.

não quero pagar mais impostos,se for descontado, vou me desligar do sindicato

VAGABUNDOS TÃO RICOS COM CASA E CARRO NOVO A CUSTA DOS BESTAS

O ministro Luiz Fux votou para que a contribuição sindical continue opcional. O ministro afirmou que não se pode impor ao trabalhador o pagamento do valor, porque a Constituição assegura que ninguém é obrigado a se filiar a um sindicato. É só entrar na justiça que é causa ganha.

Esse Gilvan é um picareta. Na verdade ele representa os interesses da PM. No ano passado, enquanto professores estavam sendo demitidos ele estava homenageando o secretário da educação. Tem professor efetivo sem mudança de referência a mais de um ano e nada acontece. Ele é uma vergonha. Infelismente a categoria que ele diz representar é desarticulada.

Esse Gilvan é um picareta. Na verdade ele representa os interesses da PM. No ano passado, enquanto professores estavam sendo demitidos ele estava homenageando o secretário da educação. Tem professor efetivo sem mudança de referência a mais de um ano e nada acontece. Ele é uma vergonha. Infelismente a categoria que ele diz representar é desarticulada.

Eu não sou filiada a sindicato, portanto se descontarem em setembro do meu salário sem a minha autorização entrarei na justiça. Atual lei diz: Nâo é obrigatório.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More