RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

JOVEM DE 14 ANOS PÕE UMA FOTO DE SUA GESTAÇÃO NAS REDES SOCIAIS E SEUS AMIGOS TIVERAM QUE CHAMAR A POLÍCIA

Hoje em dia não são apenas os famosos que com a exposição nas redes sociais ganham muitas visualizações, seja fotos ou vídeos que viraliza na web. Nada disso, pessoas comuns também podem ter assuntos chocantes e polêmicos que abalam a web.

O mundo moderno está conectado e em 24 horas, o que parece ser uma simples post, pode se tornar viral sem que a pessoa responsável pela publicação tenha tido essa intenção.

As redes sociais tornaram tudo mais rápido pela facilidade de compartilhamento que oferece aos internautas, embora a demanda de informações seja muito grande, quando algo pouco comum surge na internet, certamente não ficará no anonimato por muito tempo. Foi o que de certo modo aconteceu com essa jovem chilena, de 14 anos, Itzel, que ao postar uma foto de sua gestação virou caso de polícia.

No primeiro momento, a adolescente parece no post estar muito satisfeita com a sensação de ter sentido pela primeira vez o bebê “chutar” na barriga, o que é comum acontecer com as mulheres grávidas, ao sentir os movimentos do filho que está gerando.

Na foto em que a jovem chilena postou no Facebook, recebeu diversos comentários de pessoas do núcleo familiar, amigos e conhecidos, eles deixaram claro que a menina não tinha noção do que estava acontecendo e que se tratava de algo muito sério.

Talvez por estar incomodada com os comentários na rede social, ela respondeu que para ela não tinha importância, pois o filho que era do grande amor da vida dela; o pai.

Quando a mãe morreu, Itzel na época era muito pequena, tendo que ficar aos cuidados do pai. No decorrer dos anos, o pai quase perdeu a guarda da filha, pois houve suspeita de abusos.

Pai e filha continuaram morando na mesma casa, porém, com a gravidez ele foi levado para julgamento acusado de abuso infantil e por ter engravidado a própria filha.

Enquanto aguarda o julgamento do pai, a jovem grávida está sob a tutela do Estado. (Maetips)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More