RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Magno Malta diz que posse de arma será aprovada em janeiro

O senador Magno Malta (PR), que não conseguiu ser reeleito no Espírito Santo e que faz parte da base de apoio de Jair Bolsonaro (PSL), afirmou na noite desse domingo (28) que a partir de janeiro do ano que vem o Congresso aprovará a posse de arma de fogo para o cidadão comum no país.

Em discurso no alto de um trio elétrico instalado em frete ao condomínio de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, zona oeste, Malta afirmou ainda que não passarão no país propostas em direção a discriminalização das drogas ou do aborto.

Malta afirmou que o país é cristão, formado por "católicos, evangélicos, judeus, homens e mulheres". Ele afirmou ainda que não é fake news a informação difundida pela campanha de que o kit anti homofobia tinha como objetivo "ensinar homossexualismo para crianças de seis anos". "Não é fake news não, senhora [ministra] Rosa Weber", disse.

Ovacionado pelo público, Malta disse que os opositores de Bolsonaro atacam "valores de fé, de vida e da família" brasileira.

"A Virgem Maria é a mãe de Cristo e nós não vamos aceitar que esses canalhas, em nome de cultura, ataquem a virgem e chamem Jesus de viado", disse Malta, rouco de tanto gritar.

O ex-ator pornô e deputado eleito por São Paulo Alexandre Frota participava ao lado de Malta na hora do discurso.

O senador capixaba mandou recado para o deputado Jean Wilys (PSOL-RJ), que teria dado uma cusparada em Jair Bolsonaro no dia da votação na Câmara do impeachment de Dilma Rousseff, em abril de 2016.

"Estou doido para ver o Jean Wilys cuspir no Frota", desafiou Malta.

O senador afirmou ainda que os artistas Caetano Veloso, Maria Bethânia e Xuxa terão que "devolver o dinheiro da lei Rouanet", em referência a lei de incentivo à cultura do país. Com informações da Folhapress.

5 comentários:

Muito bem!! Alguns ignorantes pensam q vai ser só ir na loja da esquina e comprar uma arma, mas existem critérios para o cidadão adquirir, como certidão negativa criminal, comprovante de ocupação lícita, curso técnico, exame psicológico etc.

A compra nunca foi de fato proibida, mas sim dificultada ao extremo, inclusive com taxas com valores absurdos. Quem não gostar de armas basta não comprar uma.

É muito engraçado mesmo. Esse Alexandre Frota passou a vida inteira fazendo filme porno, comendo homossexuais e dando o rabo! Agora vem com essa hipocrisia enorme .Eita Brasil... País dos hipócritas

O problema é quê os meliantes vão obrigar o cidadão de a comprar armas para eles. Tem aquele cidadão que vai emprestar o nome por alguns reis.E tem aqueles cidadãos de bem que tem filhos no meio do crime.Aí sim, os badidos vão se bem.Sem falar que aqueles que vão vander as armas não vão se preocupar para que estão vendendo porque no mundo capitalista quem manda é o dinheiro.

Olha o Deputado que o povo de Sao Paulo elege, Alexandre Frota kkkkk,depois Nordestino é que não sabe votar

As pessoas querem recorrer à política e ao processo político para "resolver" todos os tipos de coisas: criar empregos, aumentar a renda, melhorar a infraestrutura, aumentar o acesso à cultura, e melhorar a educação, a segurança e a saúde. Esta é a pior solução possível.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More