RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Morre coronel da PM esfaqueado pelo primo por defender Bolsonaro. O assassino já está preso

Subiu para 17 o número de agentes da Segurança Pública mortos no Ceará em 2018. A vítima mais recente da violência foi um oficial superior da Reserva Remunerada da Polícia Militar. O coronel PM Flávio Sales Gadelha faleceu na manhã desta terça-feira (13), em Fortaleza, onde estava hospitalizado desde a tarde do último domingo (11). Durante uma discussão política, o militar acabou sendo esfaqueado no peito por um primo.

Conforme as primeiras investigações realizadas pela Polícia, a discussão entre o militar e o primo girou em torno da vitória do candidato Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República. Gadelha era simpatizante do candidato vencedor e o primo defendia o candidato derrotado, Fernando Haddad (PT). Em meio ao bate-boca, o coronel foi atingido com um golpe de faca no peito.

Enquanto o agressor era preso e conduzido à cidade de Itapipoca para ser autuado em flagrante, o coronel foi estabilizado no Hospital Municipal de Paracuru e, em seguida, transportado para Fortaleza. Ele foi internado em um hospital particular e o quadro era estável. No entanto, na segunda-feira ele sofreu uma piora no quadro clínico e acabou falecendo ontem (13) por volta de 11 horas.

Gadelha ocupou vários cargos de comando e chefia no quadro de oficiais da Polícia Militar do Ceará, entre eles, o de diretor da Academia General Edgard Facó, instituição que formava os oficiais da Corporação. Foi também chefe do Comando do Policiamento do Interior (CPI) e comandou diversas companhias e batalhões da PM no estado.

O sepultamento do oficial acontece nesta quarta-feira (14), em Paracuru (a 100Km de Fortaleza).

Veja a lista completa dos agentes da Segurança Pública assassinados no Ceará em 2018:

01 – (20/01) – PETRONÍLIO LEONARDO DA SILVA NETO – 63 anos, policial militar da Reserva Remunerada da PM, morto durante assalto na Rua 102 do Conjunto Esperança.

02 – (24/02) – FRANCISCO WAGNER ALVES DE ARAÚJO Sargento da Ativa da Polícia Militar, destacado no Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE). Morto por policiais do BPRaio no viaduto da BR-020, no Conjunto Nova Metrópole, em Caucaia.

03 – (1º/03) – MARCOS ANTÔNIO DE SOUSA RIBEIRO – Policial militar assassinado por bandidos quando chegava em sua residência, na Rua Catolé, no bairro Conjunto Palmeiras (Jangurussu). Foi uma execução sumária.

04 – (02/03) – CARLOS ANTÔNIO BEZERRA – agente penitenciário da Cadeia Pública da cidade de Orós, é emboscado e morto a tiros logo após sair do plantão noturno naquela unidade. Crime praticado por ordem de um presidiário.

05 – (21/03) – GLEDSON MARTINS DE SENA – 47 anos, ex-policial militar, assassinado, a tiros, na cidade de Iguatu. Execução sumária.

06 – (1º/05) – FRANCISCO BONIVARDE CASTELO BRANCO NAUM – 28 anos, Sargento da Ativa da Polícia Militar. Morto a tiros em uma barraca de praia, na Praia do Futuro, por um policial civil, identificado como inspetor Egberto Setúbal Freitas, 25.

07 – (14/05) – LUIZ DE FRANÇA DUARTE FILHO – 30 anos, guarda municipal de São Gonçalo do Amarante, foi assassinado a tiros, na porta de casa, no bairro Itambé, em Caucaia.

08 (07/07) – GONÇALO SILVA NETO, 47 anos, inspetor da Guarda Municipal de Sobral, morre na Santa Casa de Sobral após ser baleado, no dia 2/7/ durante um tiroteio na porta de sua residência.

09 – (29/07) – JUCIANO DE LIMA BARBOSA – Subtenente da Reserva Remunerada da PM, morto a tiros quando comemorava o aniversário de um filho em um bar na Rua Dom Xisto Albano, na Vila Peri, zona Sul da Capital.

10– (04/08) – JOSÉ LUCEMIR DA SILVA RODRIGUES – 42 anos, Guarda Municipal de Acarape, assassinado a tiros quando visitava familiares em uma residência localizada no Parque Soledade, no Município de Caucaia. Execução sumária.

11/12/13 – (23/08) – ANTÔNIO CÉZAR OLIVEIRA GOMES, 50 anos, 2º tenente da Reserva remunerada da PM;SANDERLEU CAVALCANTE SAMPAIO, 46 anos, subtenente da Ativa da PM; JOSÉ AUGUSTO DE LIMA, 58 anos, sargento da Reserva Remunerada da PM – os três PMs foram assassinados dentro de um restaurante na Rua Padre Arimatéia, esquina com Rua São Manoel, no bairro Vila Manuel Sátiro, em Fortaleza, quando almoçavam. O crime teria sido ordenado pela facção criminosa GDE de dentro de um presídio do Complexo Penitenciário de Pacatuba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

14 – (29/8) – PAULO ALBERTO MARQUES ALBUQUERQUE – Cabo da Ativada da PM, destacado no Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUR). Foi baleado pelos próprios colegas de farda (da RP-21021) na Rua Joaquim Moreira de Sousa, no bairro Parangaba. Ele reagiu a um assalto, mas foi confundido pelos colegas e baleado. Morreu no IJF-Centro.

15 – (12/9) – ANTÔNIO RODRIGUES PESSOA – Agente penitenciário lotado no Presídio do Carrapicho, em Caucaia, assassinado em São Gonçalo do Amarante

16 – (2/11) – ELIAS ALVES PEREIRA – 60 anos, sargento reformado da Polícia Militar, assassinado, a tiros, na cidade de São Gonçalo do Amarante. Estava na companhia do cunhado, que também foi baleado e que seria o alvo dos atiradores. Houve tiroteio e p PM teve morte imediata.

17 – (13/11/2018) – FLÁVIO SALES GADELHA – Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar faleceu após dois dias de uma agressão a facadas na cidade de PARACURU, durante uma discussão política. O autor do crime é um cunhado do oficial, que foi preso em flagrante e autuado na Delegacia de Itapipoca. O coronel foi esfaqueado no dia 11/11 e morreu em Fortaleza no Hospital da Unimed.

(Fernando Ribeiro)

2 comentários:

cadê a arma desse polícial pra papoca esse intolerânte petralha.

Brigar por política, é o mesmo que brigar por religião, é o mesmo que brigar por time de futebol é o mesmo que brigar por MULHER, cada um tem seu gosto.

Lamentável !

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More