RASTREADORES SEM MENSALIDADES - FALE COM KELTON: TIM (88) 9 9975.7272 / CLARO (88) 9 9299.9212

PROBANK IMÓVEIS - (88) 3611.3086 / (88) 99990-5068

EVENTU´S BUFFET - (88) 99672.5393 / 99207.1980 / 99207.7000

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Travesti é executado com tiros à queima-roupa quando saía de uma festa em São Luís do Curu

No dia em que Fortaleza realizava a 18ª Para da Diversidade Sexual, cujo tema central do evento escolhido foi a resistência à violência e aos assassinatos de pessoas LGBT, mais um travesti foi morto no Ceará, o 11º caso do ano. O crime ocorreu no Interior do estado.

Era começo da madrugada do domingo (25), quando o travesti Antônio José de Lima dos Santos, 25 anos, conhecido como “Salomé”, foi executado a tiros quando saía de uma festa em uma casa de forró localizada na cidade de São Luís do Curu (a 79Km de Fortaleza), na zona Norte do Ceará.

Segundo a Polícia, o crime ocorreu no momento em que “Salomé” e amigos deixavam a casa de shows ponde estava acontecendo uma festa em homenagem a São João. Dois homens teria passado em uma motocicleta e um deles, que estava na garupa, disparou vários tiros no homossexual.

Por conta da morte de “Salomé”, foram cancelados neste domingo os festejos juninos na cidade, devendo ser retomados somente nesta segunda-feira, quando acontece mais uma etapa do festival de quadrilhas.

O corpo da vítima foi encaminhado à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), em Fortaleza. A Polícia Civil deverá iniciar as investigações ouvindo familiares e amigos de “Salomé” para saber se ela vinha sofrendo algum tipo der ameaça.

Veja outros casos de travestis mortos no Ceará em 2017:

1 – (30.01) – O corpo do travesti João Paulo de Sousa, 30 anos, conhecido como “Paola”, foi encontrado com marcas de violência. Ele foi morto a pauladas às margens da BR-116, no Município de Russas, na região do Vale do Jaguaribe. Crime misterioso.

2 – (12.02) Hérika Izidório – Espancada e jogada do alto de uma passarela localizada na Avenida José Bastos, morreu semanas depois no IJF-Centro.

3 – (20.02) - Antônio Cleílson Ferreira de Vasconcelos, a “Dandara”, morreu após sofrer espancamentos e tiros, além de ter sido arrastado por ruas do bairro Bom Jardim. Os assassinos filmaram toda a cena do crime postaram as imagens nas redes sociais.

4 – (19.04) – Antônio Cristiano da Silva, a “Priscilla”, agredido a pauladas e chutes na Avenida Juscelino Kubisthchek, no bairro Castelão. Morreu dias depois no IJF-Centro.

5 – (8.05) – Jéferson Kauã Holanda, a “Jennifer”, morta a tiros dentro do escritório do Sine/IDT na cidade de Itaitinga.

6 – (15.05) – O travesti Francisco Carlos de Miranda, a “Ketlin”, foi morta a golpes de faca nas proximidades do Terminal Rodoviário da cidade de Juazeiro do Norte, no Cariri.

7 – (29.05) – Antônio Carlos Gomes da Silva, 42 anos, assassinado a tiros na Rua Marcos Couto, no bairro Picuí, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

8 – (15.06) – Travesti assassinado no Conjunto Tupinambá, em Caucaia. Corpo estava semidespido e com várias marcas de violência, indicando a suspeita de um crime sexual.

9 – (25.06) – Travesti identificado como Antônio José de Lima Santos, 25 anos, conhecido como “Salomé”, foi assassinado, a tiros, ao sair de uma casa de forró, na cidade de São Luís do Curu.

Fonte: Jornalista Fernando Ribeiro

2 comentários:

queridos, não é o travesti, mas sim a travesti. quando vocês vão aprender a respeitar as pessoas em seus editoriais? nossa...

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More