ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

Instale agora mesmo um Sistema de Rastreamento da Sobral RASTREADORES. (88) 999757272 / 992999212

domingo, 26 de maio de 2019

MAIS DE 1000 CURRÍCULOS ONLINE ESTÃO DISPONÍVEIS NO SOBRAL 24 HORAS!


Disponibilizamos mais de 1000 currículos online em nosso sistema. Clique AQUI e confira.

Saiba como enviar seu currículo para divulgação no Blog Sobral 24 horas, clicando AQUI.

BALA E SANGUE NO BAIRRO SINHÁ SABOIA, EM SOBRAL

Um crime de tentativa de homicídio foi registrado na noite de ontem (25), por volta das de 21:15h. 
Dois homens, conduzindo uma motocicleta e armados com arma de fogo saíram de um matagal nas proximidades da empresa Cosmac e fizeram vários disparos, alvejando um ancião de 65 anos de idade, identificado apenas por Senhor Raimundo. O crime aconteceu na rua Raimundo Rodrigues, precisamente no "Sovaco da Cobra". A vítima foi encaminhada para a Santa Casa de Sobral em estado grave. A polícia militar se fez presente ao local já colhendo as informações para dá início as diligencias e prederem os autores do crime.

Com informações do portal O Sobralense
Foto ilustrativa

sábado, 25 de maio de 2019

Consumidora é indenizada por receber incessantes ligações que caem

É muito comum as pessoas reclamarem da má prestação de serviços pelas operadoras de telefonia e uma das causas mais recorrentes de insatisfação do consumidor são as ligações incessantes que são recebidas mas não são completadas quando atendidas.

No caso concreto, uma mulher estava recebendo diariamente mais de 40 ligações de diversos números cuja titularidade pertence a empresas ligadas a uma operadora de telefonia para a qual prestam serviços, tornando-se insuportável a situação uma vez que o celular não parava de tocar e sequer era possível pedir que isso parasse, uma vez que as ligações sempre caíam e, quando retornadas, nunca eram completadas.

Descobriu-se, por meio de pesquisas em sites especializados, a origem desses números e demonstrou-se que eram de empresas que faziam ofertas de serviços em nome da operadora de telefonia. Estima-se que haja um sistema automático que faça várias ligações para números cadastrados no sistema mas por quase nunca haver atendente disponível para puxar a chamada elas caem, deixando para o consumidor a tarefa de ficar cancelando ligações o tempo todo.

Embora normalmente haja no celular a função de bloquear o número remetente, é ineficaz: são vários os números dos quais partem essas chamadas. Além disso, ainda que o Procon ofereça um serviço que permite ao usuário cadastrar o seu próprio número em uma lista de bloqueio para não receber ofertas de serviços, essa opção é inviável porque o usuário não deseja ficar afastado de eventuais propostas vantajosas. Deseja tão somente parar de receber ligações que sempre caem.

Dessa maneira, foi distribuída ação de indenização por dano moral junto à 2ª Vara do Juizado Especial Cível de Campinas/SP. Argumentou-se, dentre outras razões, que se até mesmo a cobrança de dívidas, quando feita em excesso, gera dano moral indenizável, quanto mais não o fará as ligações de ofertas de serviços que retiram a paz do usuário sem que este esteja devendo qualquer coisa.

Após recurso inominado interposto pela operadora de telefonia (Processo nº 1031573-61.2018.8.26.0114), o Colégio Recursal manteve a condenação e corroborou a efetivação dos direitos do consumidor, os quais são rotineiramente feridos quando operadoras de telefonia empregam métodos inadequados de atuação.

Renan Rico Diniz

Advogado

Graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Pós-graduando em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Direito Tributário - IBDT. Atuação em Direito Civil, Tributário, Consumidor e Militar.

Fonte: NANTRICOLOR

Uber não responde por esquecimento de carteira no interior de veículo

Uber não responde por esquecimento de carteira de cliente no interior de veículo. A 1ª turma Recursal dos Juizados Especiais do TJ/DF negou recurso de passageiro.

O cliente esqueceu a carteira com dinheiro e documentos pessoais no interior do carro de motorista vinculado ao aplicativo. Conforme o TJ/DF, ele entrou em contato com a empresa responsável pelo aplicativo para relatar o ocorrido, mas só recebeu resposta dias depois e foi informado de que o motorista estava apenas com a carteira, a qual seria devolvida. No entanto, isso não ocorreu.

Ainda de acordo com o TJ/DF, foi registrado boletim de ocorrência e o passageiro fez reclamação ao Procon. Posteriormente, requereu indenização no valor de R$ 10 mil, por danos morais, além do ressarcimento da quantia de R$ 850,00 que estava na carteira.

Os pedidos foram julgados improcedentes em 1º grau, e a turma Recursal dos Juizados Especiais do TJ/DF analisou recurso do cliente.

Relatora no colegiado, a juíza de Direito Soníria Rocha Campos D’Assunção considerou que a empresa é mera intermediadora de interessados – no caso, os usuários – na contratação de motoristas cadastrados no aplicativo. Sendo assim, não lhe cabe a guarda de pertences pessoais e a responsabilidade sobre aqueles esquecidos pelo passageiro.

Conforme a juíza, uma vez comprovado que foram encontrados pelo motorista, cabe a este restituir os bens, sob pena, inclusive, de o condutor responder criminalmente caso não o faça.

"Não restou configurada qualquer violação aos direitos de personalidade do recorrente a embasar a indenização, por dano moral. O descumprimento contratual, além de não poder ser atribuído à recorrida, não transborda a esfera dos meros transtornos ou aborrecimentos decorrentes da vida cotidiana em sociedade, razão porque, inexistindo ato ilícito, descabe a pretendida reparação."

Assim, ao votar em conformidade com a relatora, o colegiado negou provimento ao recurso.

Fonte: Migalhas

ROUBO DE MOTOCICLETA É REGISTRADO NO BAIRRO PADRE PALHANO

Um roubo de motocicleta foi registrado na noite de ontem (24), no bairro Padre Palhano.

Um homem transitava em seu veículo (moto), quando foi abordado por dois indivíduos a pé e armados de faca. A dupla tomou a motocicleta da vítima de assalto e fugiu em rumo ignorado.

O veículo roubado foi uma Honda CG Titan de cor vermelha e placa PMM-5423.

(Sobral 24 horas)

Vídeo: policial rodoviário salva vida de bebê na estrada e vídeo emociona

A ação rápida e precisa de um policial rodoviário estadual do Pará (PRE) salvou a vida de um bebê, no início da tarde desta quinta-feira (23/05), na rodovia PA-391, estrada que dá acesso ao distrito de Mosqueiro.

De acordo com relato dos policiais rodoviários que estavam no local, um carro parou em frente ao posto da PRE, por volta de 13h40, e os passageiros já desceram do veículo em desespero, afirmando que a criança havia morrido por não apresentar respiração.

O sargento Jorge pegou a criança no colo e, rapidamente, realizou os procedimentos de primeiros socorros. Após alguns minutos, o bebê voltou a respirar e, finalmente, conseguiu chorar.

Os policiais ainda prestaram os primeiros socorros a avó da criança, que apresentava sinais de parada cardíaca, devido o susto precisou ser acalmada. O bebê e a avó foram medicados e, segundo a PRE, passam bem.
Com informações de MCeará

VIOLÊNCIA: ROUBO A PESSOA É REGISTRADO NO BAIRRO CAMPO DOS VELHOS

Uma mulher foi roubada na noite de ontem (24), por volta das 23:30h, nas proximidades do bar "Aqui Agora".

A vitima caminhava nas proximidades do bar "Aqui Agora", quando foi abordada por quatro criminosos em duas motos. Os marginais levaram o celular e a bolsa com vários pertences da vítima.

Em tempo

A onda de roubos só aumenta na Bela "Princesa do Norte"! Ressalta-se o excelente trabalho realizado no policiamento ostensivo pela PM, mas o efetivo policial não é suficiente para atender a demanda.

(Sobral 24 horas)
Foto ilustrativa

INSEGURANÇA: ROUBO A PESSOA É REGISTRADO NO CENTRO DE SOBRAL

Um roubo a pessoa foi registrado na madrugada deste sábado (25), nas proximidades da praça de Cuba, centro da cidade.

Um casal foi abordado por dois criminosos armados de revólver em uma moto. Os criminosos levaram dois celulares. 

As vítimas foram surpreendidas pelos assaltantes, quando reduziram a velocidade do carro no semáforo.

A dupla se evadiu do local do crime, seguindo destino ignorado.

(Sobral 24 horas)

BANDIDOS ARMADOS FAZEM ARRASTÃO EM RESTAURANTE NO BAIRRO COHAB 3, EM SOBRAL

Um restaurante localizado no bairro Cohab 3 foi vítima de roubo na noite de ontem (24), por volta das 21:25h.

Dois criminosos armados de revólver chegaram em uma motocicleta, invadiram o estabelecimento comercial e assaltaram as pessoas (clientes) que ali estavam. 

Os meliantes tomaram vários celulares, fugindo logo em seguida, tomando rumo ignorado.

(Sobral 24 horas)

DETETIVE PARTICULAR EM SOBRAL E REGIÃO!

Está sendo traído(a)?
Seu filho(a) está usando drogas?
Alguém desapareceu?

A Investigo Investigações tem a resposta para suas dúvidas!

Contato: (88) 99803.7304.
Visite nosso site: http://www.investigoinvestigacao.com

Família de policial morto por pistola defeituosa será indenizada em Santa Catarina

Empresa deverá ainda pagar pensões para a filha e pais do PM. A arma disparou após cair no chão e alvejou o rosto do policial, que morreu na hora.

A Justiça em Santa Catarina condenou uma empresa de armamentos a indenizar, em R$ 200 mil, a família de um policial militar que morreu em serviço por um a defeito em sua arma, uma pistola. A empresa deverá ainda pagar pensões para a filha do PM - até seus 25 anos - e para os pais do policial, em caráter vitalício ou até a data em que o militar completaria 65 anos.

A decisão foi dada pelo juiz Luís Francisco Delpizzo Miranda, da 1.ª Vara da Fazenda Pública de Florianópolis. Cabe recurso.

O caso corre em sigilo, informou a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Segundo o processo, quando o fato ocorreu, o PM fazia uma 'abordagem de rotina' em São José, município próximo de Florianópolis com cerca de 240 mil habitantes.

O PM se inclinou 'para pegar no chão a pochete do suspeito' e a pistola 'se soltou do colete a prova de balas'. Quando caiu no chão, a arma disparou, alvejando o rosto do militar.

O policial morreu na hora. Os autos do processo indicam que a arma estava travada.

A família do policial apresentou à Justiça um pedido de indenização por danos morais e materiais contra a empresa e contra o Estado de Santa Catarina.

Na decisão, o magistrado afirmou que as provas indicam a responsabilidade da empresa de armamentos, 'porque foi justamente a falha na pistola que ocasionou a morte do policial'.

Luís Francisco Delpizzo Miranda destacou que no histórico da empresa há diversas ocorrências que mencionam a mesma falha no armamento.

O juiz considerou que não houve responsabilidade do Estado no ocorrido, uma vez que fez licitação para aquisição do armamento e disponibilizou treinamento aos agentes.

Fonte: O Estadão

Profissionais de segurança denunciam falhas no sistema de radiocomunicação da Polícia

Policiais são obrigados a utilizar aplicativos WhatsApp e Zello devido o sistema inoperante.
Profissionais de segurança denunciaram ao O POVO Online uma série de falhas no sistema de comunicação de rádio das forças de segurança do Ceará. O relato detalha que os policiais de Fortaleza e Interior do Estado estão fazendo uso do aplicativo WhatsApp e do Zello para comunicação.

Conforme a fonte ligada à Secretaria da Segurança, no Interior do Estado os rádios estão inoperantes e na Capital também tem apresentado defeitos. A tecnologia da Tetaprol, do fabricante francês Airbus, está congestionada. O problema tem se estendido aos policiais civis e bombeiros. 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) teria aberto o sistema de rádio para o sistema penitenciário, Guarda Municipal e demais forças de segurança de Sobral. A iniciativa teria causado congestionamento.

A fonte denuncia a falta de confiança no sistema. O perigo de ter operações e ações sigilosas vazadas. O interior do Estado seria a área mais crítica. Conforme o relato da fonte, a Polícia Federal também utilizou o mesmo sistema no ano de 2013, mas aconteceram falhas. O relato é que na sala de rádio os problemas persistem e causam preocupação entre as pessoas que trabalham na unidade. 

O POVO Online solicitou uma resposta sobre o problema, mas a demanda ainda não foi respondida pela SSPDS.

Foto ilustrativa

Barragem em risco causa aflição a moradores de Barão de Cocais

Além da aflição que tem provocado entre os moradores de Barão de Cocais (MG), o risco de rompimento da barragem Sul Superior da mina de Gongo Soco, da Vale, tem prejudicado a economia do pacato município de cerca de 32 mil habitantes.

Desde o último dia 16, quando o Ministério Público de Minas Gerais tornou pública a informação de que a própria Vale, em documento oficial, informou que uma deformação no talude norte da Cava de Gongo Soco indicava o risco iminente de ruptura do talude, quatro agências bancárias suspenderam parte do atendimento. Também os Correios fecharam temporariamente sua agência na cidade.

O Banco do Brasil confirmou que, “em razão da iminência de rompimento da barragem de rejeitos”, decidiu “contingenciar” o atendimento local, instalando um contêiner para atender os clientes enquanto avalia a realocação da agência. O contêiner será instalado “em local seguro” indicado pela prefeitura. Até lá, o banco orienta seus clientes a usarem os caixas eletrônicos existentes na cidade. Ou a buscarem atendimento presencial na agência de Santa Bárbara, cidade a 10 quilômetros de Barão de Cocais.

O Itaú-Unibanco também afirma ter fechado temporariamente sua agência no município por “prezar pela segurança dos clientes e colaboradores”. Segundo a instituição, a agência permanecerá fechada até a normalização da situação da barragem. Enquanto isso, os clientes serão direcionados para a agência do centro de Santa Barbara.

Segundo o secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Juvenal Caldeira, Caixa e Bradesco também suspenderam o funcionamento de agências locais. O que, segundo ele, vem prejudicando a população e os empresários, que precisam se deslocar até Santa Bárbara, e a economia local.

De acordo com o coordenador-adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente-coronel Flávio Godinho, houve uma “potencialização” do medo em Barão de Cocais. “Qualquer aeronave que sobrevoa a cidade causa um temor entre os moradores. Eles acham que se uma aeronave está passando é porque o talude se rompeu”, disse Godinho à imprensa, hoje. Segundo o coordenador da Defesa Civil, a decisão dos bancos de fecharem suas agências foi “desnecessária”.

“Já os notificamos, demonstrando que [caso o talude ceda e a barragem se rompa] os locais onde as agências funcionam, em Barão de Cocais, [demorarão] cerca de 1h30 para serem atingidos por rejeitos”, acrescentou Godinho, pedindo aos bancos e aos Correios que reabram suas agências. “Se deixamos de prestar um serviço de utilidade pública quando as pessoas estão enfrentando uma situação de crise, acabamos por potencializar a crise”, acrescentou o coordenador, garantindo não haver como saber previamente se a queda do talude resultará no rompimento da barragem.
Boatos

O secretário municipal do Desenvolvimento Econômico, Juvenal Caldeira, diz que a situação também fez com que o movimento de turistas na região diminuísse bastante. “Pessoas do país inteiro veem estas notícias e, se estavam pensando em visitar a região, desistem ou adiam a vinda”, disse Caldeira à Agência Brasil, ao lembrar que milhares de turistas visitam a região anualmente, atraídos pelas belezas naturais do Parque Nacional da Serra do Caraça . De acordo com o secretário municipal, cada nova determinação ou simulado realizado pela Defesa Civil de Minas Gerais também aumenta a tensão entre os moradores.

“Sei da importância das ações de prevenção e que a Defesa Civil estadual é das melhores do país, mas toda vez que ela determina uma nova ação há um alvoroço”, comentou Caldeira, revelando que, por conta deste “alvoroço”, um dos maiores desafios para as autoridades municipais é combater os boatos e mentiras divulgados pelas redes sociais. “A Defesa Civil orienta a empresa e as autoridades a adotarem medidas preventivas para minimizar os riscos e evitar uma tragédia, mas ao ver carros-pipa com água potável estocada e geradores reserva em postos de saúde, a população pensa no pior. E muita gente sai divulgando o que pensa. Tanto que nosso maior desafio tem sido combater as fake news a fim de evitar alarmismo. Não temos porque esconder a verdade, mas há muita notícia falsa, muito “achismo” que temos que combater”, acrescentou o secretário municipal.

Segundo o secretário municipal, o comércio em Barão de Cocais está “parado” e os bancos “pecaram por excesso de precaução” já que suas agências se encontravam em locais com risco mínimo de serem atingidos pelos rejeitos da mina. Avaliação com que concorda o diretor de comunicação da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Barão de Cocais (Aciabac), Bruno Chausson Quintão. “Para qualquer tipo de transação que precise ser feita em uma agência bancária, as pessoas precisam ir a Santa Bárbara. Quem não tem carro, precisa pegar um ônibus de viagem que vem de Belo Horizonte. Então, há ônus para as pessoas. E menos dinheiro circulando no município, que já vem sendo bastante prejudicado por toda a repercussão negativa”, disse Quintão.

Para tentar minimizar o impacto, a associação comercial está pedindo ajuda financeira da Vale e apoio institucional da prefeitura para um projeto de fomento ao desenvolvimento econômico e turístico da cidade. “Os comerciantes estão mantendo seus negócios abertos, trabalhando com promoções para atrair fregueses e manter os empregos. Queremos criar uma marca para a promoção do município, que não conte com dinheiro público, mas com apoios”, finalizou Quintão.
Vale

Em nota, a Vale reforçou que, desde fevereiro, quando o risco do talude da mina de Gongo Soco ceder foi identificado, vem adotando todas as medidas preventivas para garantir a segurança dos moradores da região. Em fevereiro, a mineradora retirou, preventivamente, os moradores de um povoado nos arredores de Barão de Cocais cujas casas estão na Zona de Autossalvamento - a primeira a ser atingida pelos rejeitos caso a barragem se rompa. Além disso, a empresa afirma apoiar a realização de simulados para preparar as comunidades a lidar com qualquer cenário possível.

“Tanto o talude da mina de Gongo Soco como a Barragem Sul Superior estão sendo monitorados 24 horas por dia e as previsões sobre deslocamento de parte do talude, revistas diariamente”, afirma a nota, sustentando que (conforme dito também pelo coordenador-adjunto da Defesa Civil estadual) “não há elementos técnicos que possam afirmar que o eventual deslizamento de parte do talude poderia desencadear a ruptura da barragem.”

(Agência Brasil)

POLÍCIA CIVIL DE CAMOCIM EM AÇÃO!

Policiais Civis de Camocim realizam mais uma prisão.

Na manhã de ontem (24), por volta das 10:00h, Investigadores prenderam o indivíduo de nome Cícero Roberto Aureliano, acusado de Feminicídio. A prisão aconteceu por força de mandado de prisão. Cícero foi capturado na travessa São João, bairro Rodagem do Lago.

Os Delegados: Dr. Herbert Ponte e Silva (Delegado Regional) e Dr. Cláudio Marcílio (Delegado Municipal) coordenaram a operação.

O acusado já se encontra recolhido na cadeia pública, à disposição do Poder Judiciário.

(Sobral 24 horas)

Justiça eleitoral cancela 2,4 milhões de títulos

Eleitores não compareceram às três últimas eleições.
A Justiça Eleitoral cancelou 2.486.495 títulos de eleitores em todo o país e no exterior, por ausência nas três últimas eleições consecutivas. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira (24) e podem ser acessadas na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na área Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título. O eleitor também pode comparecer a qualquer cartório eleitoral com um documento de identificação com foto.

A maioria dos títulos cancelados está na Região Sudeste (1.247.066), seguido do Nordeste (412.652), Sul (292.656), Norte (252.108), Centro-Oeste (207.213) e 74.800 de eleitores residentes no exterior. Segundo o TSE, cada turno é contabilizado como uma eleição.

O estado de São Paulo lidera o número de cancelamentos, com 674.500 títulos cancelados; seguido do Rio de Janeiro, com 299.121; de Minas Gerais, com 226.761; do Rio Grande do Sul, com 120.190; do Paraná, com 107.815; e de Goiás, com 96.813.

Entre as capitais, a cidade de São Paulo (SP) também encabeça o ranking, com 199.136 documentos cancelados. Em seguida, estão o Rio de Janeiro (RJ), com 126.251; Goiânia (GO), com 39.841; Manaus (AM), com 36.372; Curitiba (PR), com 35.539; e Brasília (DF), com 35.063. A cidade de Belém, capital do Pará, teve apenas 12 títulos de eleitor cancelados.
Regularização

Quem teve o título cancelado deverá pagar uma multa no valor de R$ 3,51 por turno faltante. Em seguida, poderá fazer a regularização da sua situação no seu cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.

A regularização do título eleitoral cancelado somente será possível se não houver nenhuma circunstância que impeça a quitação eleitoral, como omissão de prestação de contas de campanha e perda ou suspensão de direitos políticos, por exemplo.
Irregularidade

O eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para inscrição, investidura e nomeação em concurso público; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado, entre outras.

(Agência Brasil)

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Guido Mantega vira réu na Justiça Federal por fraudes de R$ 8 bi no BNDES

O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, aceitou ontem (23) denúncia contra o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, no âmbito da Operação Bullish.

Segundo a denúncia, ambos participaram em desvios no banco público que teriam resultado em benefícios indevidos de até R$ 8,1 bilhões em favor da empresa JBS. As operações irregulares ocorreram entre junho de 2007 e dezembro de 2009, de acordo com a acusação do Ministério Público Federal (MPF).

Os dois vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, gestão fraudulenta e práticas contra o sistema financeiro nacional. Mantega ainda responderá por corrupção passiva.

A acusação tem entre seus pontos de partida as delações premiadas de ex-executivos da JBS, entre os quais Joesley Batista, um dos donos. O magistrado, porém, não aceitou a parte da acusação contra o empresário, por entender que ele está protegido pelo “benefício legal do não oferecimento de denúncia”, previsto em seu acordo de colaboração com MPF.

Outras três pessoas também se tornaram rés: Victor Garcia Sandri, Gonçalo Ivens Ferraz Da Cunha e Sá e Leonardo Vilardo Mantega. A denúncia, apresentada em março, abrangia mais seis pessoas, incluindo o ex-ministro Antônio Palocci, mas o juiz considerou que contra elas não havia indícios suficientes para justificar o recebimento da acusação.
Esquema

Segundo narra a denúncia, o esquema objetivava a aprovação de empréstimos à JBS em contrariedade a normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Em troca, a empresa repassava quantias a intermediários por meio de notas frias e investimentos fictícios.

Somente Victor Sandri, ex-assessor de Mantega, teria recebido R$ 5 bilhões da JBS sem prestar qualquer serviço, e mais R$ 67 milhões em contas no exterior. Ele vai responder pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção, gestão fraudulenta e prevaricação.

À época em que a denúncia foi apresentada, o ex-ministro Guido Mantega e sua defesa preferiram não comentar. A defesa de Luciano Coutinho negou as acusações.

(Agência Brasil)

Abril tem a maior criação de emprego formal para o mês desde 2013

Serviços e indústria de transformação puxaram abertura de vagas.
Beneficiada pelos serviços e pela indústria, a criação de empregos com carteira assinada atingiu, em abril, o maior nível para o mês em seis anos. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, 129.601 postos formais de trabalho foram criados no último mês. O indicador mede a diferença entre contratações e demissões. O presidente Jair Bolsonaro comemorou o resultado. "Ainda estamos longe do ideal, mas no caminho certo!"
A última vez em que a criação de empregos tinha superado esse nível foi em abril de 2013, quando as admissões superaram as dispensas em 196.913. A criação de empregos totaliza 313.835 de janeiro a abril e 477.896 nos últimos 12 meses.
Na divisão por ramos de atividade, todos os oito setores pesquisados criaram empregos formais em abril. O campeão foi o setor de serviços, com a abertura de 66.290 postos, seguido pela indústria de transformação (20.470 postos). Em terceiro lugar, vem a construção civil (14.067 postos).

O nível de emprego aumentou na agropecuária (13.907 postos); no comércio (12.291 postos), na administração pública (1.241 postos); nos serviços industriais de utilidade pública, categoria que engloba energia e saneamento (867 postos) e extrativismo mineral (454 postos).

Tradicionalmente, a geração de emprego é alta em abril, por causa do início das safras e do aquecimento da indústria e dos serviços.
Destaques

Nos serviços, a criação de empregos foi puxada pelos atendimentos médicos, odontológicos e veterinários, com a abertura de 20.589 postos formais; seguido pelo comércio e administração de imóveis, valores mobiliários e serviço técnico, com 13.023 vagas. Na indústria de transformação, a criação de empregos foi impulsionada pela indústria de produtos alimentícios e de bebidas (9.884 postos); pela indústria química de produtos farmacêuticos, veterinários e perfumaria (7.680 postos) e pela indústria têxtil (1.845 postos).
Regiões

Todas as regiões brasileiras criaram empregos com carteira assinada em abril. O Sudeste liderou a abertura de vagas, com 81.106 postos, seguido pelo Nordeste (15.593 vagas) e pelo Centro-Oeste (15.240 vagas), influenciado pela safra. O Sul criou 14.570 postos, e o Norte registrou 3.092 vagas a mais no mês passado.

Na divisão por estados, 23 unidades da Federação geraram empregos e quatro demitiram mais do que contrataram. As maiores variações positivas no saldo de emprego ocorreram em São Paulo (abertura de 50.168 postos), em Minas Gerais (22.348), no Paraná (10.653) e na Bahia (10.093). Os estados que registraram o fechamento de vagas formais foram Alagoas (-4.692 postos), Rio Grande do Sul (-2.498), Rio Grande do Norte (-501) e Pará (-25).

Assista na TV Brasil: Foram criados quase 130 mil novos postos de trabalho, no mês passado

Bebê morre durante parto e família denuncia negligência médica, em Sobral

A mãe procurou o hospital na terça-feira (22), mas durante o parto normal prematuro o bebê sofreu desmembramento.
Um bebê morreu durante um parto normal prematuro no Hospital Municipal Dr. Pedro de Castro Marinho, em Irauçuba, na Região Norte do Estado, na última quarta-feira (22). A família da mãe da criança denunciou o hospital por negligência nesta quinta-feira (23), após parte do corpo do feto ser desmembrado. 

Depois da ocorrência no primeiro hospital, a mãe, de 18 anos, foi encaminhada para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral, onde foi retirada a outra parte do bebê que ainda estava dentro da jovem. 

Em nota, a Santa Casa da Misericórdia informou que "ao ser atendida, identificou-se a cabeça fetal no canal vaginal da paciente. Foram realizados todos os atendimentos necessários (curetagem uterina) e a paciente está evoluindo bem".

Já o diretor clínico do Hospital de Irauçuba, Leonardo Fernandes, informou que apesar de não ser comum, o desmembramento "pode acontecer". "Não é relativamente comum, mas acontece. Está na literatura obstétrica", declarou. 

Alegações do Hospital 

O diretor do Hospital de Irauçuba relatou ainda, que a grávida estava com 23 semanas, cerca de cinco meses, e não seis meses como informou a família para a polícia. O período, conforme Leonardo Fernandes, é considerado "limite de abortamento e de um trabalho de parto prematuro extremo". 

Ainda segundo Fernandes, não foi auscultado batimentos cardíacos do bebê antes do parto. Ele não soube dizer se a mãe foi informada, naquele momento, que não havia sinais cardíacos. 

O diretor clínico ressaltou que, durante o parto, o médico precisou realizar uma "manobra padrão", porque o bebê estava invertido - ou seja, com os pés virados para a saída do útero, ao invés da cabeça. "Como já estava saindo, o tronco se desprendeu da vulva da mãe e a cabeça ficou presa. Ele foi fazer a manobra padrão. Pegar o tronco e jogar um pouquinho pra cima, para desprender. Quando ele fez isso, por ser feto muito frágil, pela idade gestacional, desprendeu do tronco", completou Fernandes. 

Família indignada 

Indignada com o ocorrido, a mãe da grávida registrou um boletim de ocorrência contra o Hospital de Irauçuba por negligência na quinta-feira (23). Na ocasião, ela informou que foi impedida de acompanhar o parto da filha e que o médico ordenou que ela esperasse na recepção. 

O diretor do hospital alegou, no entanto, não ter conhecimento sobre a proibição e disse que não é algo comum. A jovem mãe de 18 anos relatou que o pré-natal foi feito normalmente e que ainda iria a realizar a segunda ultrassom da gravidez, já que na primeira não foi possível identificar o sexo do bebê. 

Perícia 

A Perícia Forense (Pefoce) de Sobral foi até a Santa Casa para realizar a perícia no corpo do bebê. Ao se deparar apenas com uma parte do corpo, os peritos chamaram a polícia de Itapajé, responsável pela área de Irauçuba, para acompanhar o caso. Em seguida, o tronco do bebê foi solicitado e encaminhado para a sede da Pefoce em Sobral. 

O delegado titular de Itapajé, Thiago Rezende, disse que o caso será investigado a partir de segunda-feira (27).

(Diário do Nordeste)

UNIVERSITÁRIOS DE COREAÚ LUTAM PELA OBRIGATORIEDADE DO TRANSPORTE ESCOLAR

Os universitários do Município de Coreaú lutam para assegurar, através de lei municipal, a obrigatoriedade e qualidade do transporte escolar, pelo fato de há anos sofrem com o corte frequente do serviço, seja por problemas mecânicos, por atraso no pagamento dos motoristas ou por negligência dos gestores e secretários, ocasionando reprovação por faltas, perca de provas, dentre outros prejuízos.

A situação enfrentada pelos estudantes de Coreaú já foi ao longo dos anos denunciada pelo Sobral 24 Horas, conforme se verifica nas publicações abaixo:



A iniciativa dos universitários surgiu no início do presente mês, após o corte do transporte dos estudantes do distrito de Araquém, e está sendo liderada pelo advogado e ex-presidente da extinta Associação dos Universitários de Coreaú (AUC), Dr. Hélio Costa. 

Segundo informações colhidas na página dos estudantes, a iniciativa é suprapartidária, não estando alinhada a qualquer político/partido local, mas que dialoga como todas as lideranças e instituições em busca da aprovação, na Câmara dos Vereadores, do Projeto de Lei, já contando até o presente momento com apoio dos vereadores Antônio Anastácio Teles (Caburé), Evaristo Neri de Aguiar, Manoel Filho (presidente da Câmara), e do vereador José Menezes de Sampaio (Zé Sampaio), que é da base aliada do atual gestor de Coreaú, mas que está comprometido com a resolução dos problemas enfrentados pelos estudantes.

Além dos quatro vereadores, várias instituições estão apoiando os estudantes, tais como: Diretório Central dos Estudantes da UVA (DCE); Associação de Desenvolvimento Comunitário de Araquém (ADECA); Sindicato dos Professores de Coreaú (SINDPROC); Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Coreaú (SINDSEMC); Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Coreaú; Partido dos Trabalhadores de Coreaú (PT); Partido Republicano Brasileiro de Coreaú (PRB); União Nacional dos Estudantes (UNE); dentre outros. 

Os estudantes almejam que Coreaú siga os mesmos passos dos municípios de Pacatuba, Caridade, Massapê, Tianguá, Ibiapina e Guaraciaba do Norte, os quais valorizam seus estudantes e garantem a obrigatoriedade do transporte, através de lei.

Para discutir o texto do Projeto de Lei com todas as autoridades do município, os estudantes estão agendando uma Sessão Especial na Câmara Municipal. O dia e horário da sessão serão divulgados na página “Todos Pelos Universitários de Coreaú”: https://www.facebook.com/universitariosdecoreau .

(Foto ilustrativa)

PALESTRA SOBRE A BNCC VOLTADA PARA O RACIOCÍNIO LÓGICO

O Professor Eliano Bezerra, o "Mister M" da matemática, irá ministrar a Palestra sobre a BNCC voltada para o raciocínio lógico. O evento acontecerá no dia 01 de junho do corrente ano, no ginásio Cinecista, em Massapê, com início às 08:00 e término às 11:00h. 

Contato/WhatsApp: (88) 9 9822.5298.

Santa Casa de Misericórdia de Sobral celebra 94 anos de portas abertas para a saúde

Hospital filantrópico é referência para toda a zona norte do Ceará na assistência aos mais pobres

Inaugurada no ano de 1925, a Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS) foi idealizada por Dom José Tupinambá da Frota, primeiro bispo da diocese de Sobral, e sempre teve como missão a assistência aos mais pobres. Hospital filantrópico de referência para toda a zona norte do estado do Ceará, a Santa Casa atende a uma população de aproximadamente 1,8 milhões de habitantes, oriunda de 55 municípios. Neste sábado, dia 25 de maio, a instituição celebrará seus 94 anos com uma missa presidida pelo seu provedor, bispo Dom José Luiz Gomes Vasconcelos, às 8h, na própria Capela da Santa Casa.

A história da Santa Casa começou treze anos antes de sua inauguração. No dia 25 de agosto de 1912, houve a solenidade da benção da pedra fundamental, feita por Dom José Tupinambá da Frota. No fim de 1918, o prédio estava todo preparado e pintado, esperando por Irmãs Religiosas para dirigirem internamente o hospital. Em 8 de dezembro de 1923, foi fundada a Associação Beneficente da Santa Casa de Misericórdia de Sobral. No dia 31 de janeiro de 1925, chegaram de fato as Irmãs do Instituto das Filhas de Santa Ana para administrar o hospital.


Evolução permanente marca a trajetória da Santa Casa

Ao longo de mais de 90 anos, o hospital tem evoluído em suas instalações e na qualidade da assistência. Desde 2007a SCMS tornou-se também um hospital de ensino, certificado pelos Ministérios da Saúde e da Educação, passando a contar com o Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão (DEPE), contribuindo decisivamente para a formação de mais de 10 profissões da saúde e oferecendo nove Programas de Residência Médica e dois Programas de residência multiprofissional, em parceria com instituições de ensino superior (UFC, UVA, UNINTA e FLF).

A Santa Casa mantém albergues para idosos, pacientes renais crônicos e pacientes oncológicos, realiza atendimentos clínico-cirúrgicos básicos e também procedimentos que necessitam de alta densidade tecnológica, como neurocirurgia, neurorradiologia intervencionista, oncologia, cirurgia e hemodinâmica cardiovascular, terapia intensiva, terapia renal substitutiva e transplante de córneas. Oferece ainda auxílio espiritual cristão a todos que necessitam de atenção hospitalar.

No ano de 2018, o hospital realizou cerca de 80 mil atendimentos ambulatoriais divididos em suas respectivas especialidades, mais de 20 mil internações, 22 mil cirurgias e um total de 417.318 atendimentos de apoio e diagnóstico.

A Santa Casa de Misericórdia de Sobral também compõe a Rede Cegonha de Sobral/CE desde 2012, dispondo de uma Maternidade de referência à gestação de alto risco tipo II, habilitada como Hospital Amigo da Criança desde 2003, configurando-se como a única maternidade referência para Gestações de Alto Risco a toda a população da Região Norte e Noroeste do Estado do Ceará. No ano passado, a Maternidade da SCMS contabilizou a realização de 5.348 partos.


Nova gestão

A nova administração da Santa Casa tem como diretor geral Klebson Carvalho Soares, que tem pautado sua gestão adotando como prioridade os aspectos Financeiro, Qualidade, Humanização e Comunicação. Em pouco mais de 4 meses sob nova direção, a instituição comemora importantes conquistas, avanços e melhorias nos processos internos de assistência.

Dentre uma série de medidas, a Santa Casa implantou o serviço de Oncologia, com o aumento de cinco cirurgiões oncologistas e um quimioterapeuta, unificando Cirurgia, Quimioterapia e Radioterapia. Para esse setor, também foi adquirida uma pastilha de Cobalto para potencializar a bomba de cobalto, melhoria que unida ao Acelerador de Partículas, equipamento já existente na Santa Casa, triplica a capacidade de atendimento aos pacientes oncológicos de toda a região Norte do Estado do Ceará.

Já na Maternidade, foi implantado o acolhimento com classificação de Risco. O setor também sofreu uma reforma estrutural, com a aquisição de leitos, berços, Ultrassom e Cardiotocógrafo. O setor de Hemodiálise também passa por melhorias estruturais. Neste primeiro semestre, já foram adquiridas 20 máquinas e 40 poltronas para este importante serviço de Hospital.

A melhoria nos processos internos do hospital também resulta numa assistência de maior qualidade aos pacientes. Pensando nisso, a Santa Casa passou a adotar o prontuário eletrônico em todos os setores. A medida otimiza o tratamento ao paciente, uma vez que possibilita a todos os setores a agilidade na assistência.

“A Santa Casa possui uma grande missão que é o atendimento da saúde da região noroeste do Ceará, e estamos cientes desta responsabilidade que cai sobre os nossos ombros. Implantamos uma gestão técnica onde buscamos eficiência, segurança aos nossos pacientes e sustentabilidade para a Instituição. Somente desta maneira podemos apresentar transparência e credibilidade, situações fundamentais para o sucesso da nossa Santa Casa de Sobral. Agradeço a confiança do Dom Vasconcelos em nos colocar no cargo de diretor geral e farei de tudo para não decepcioná-lo”, destaca o diretor geral da Santa Casa, Klebson Soares.

A Santa Casa em Números

(dados de 2018)


- 55 municípios atendidos (aproximadamente 1,8 milhões de pessoas)

- 355 leitos

- Cerca de 80 mil atendimentos

- 22 mil internações pelo SUS

- 22 mil cirurgias

- 400 mil atendimentos de apoio e diagnóstico

- 60 mil atendimentos de emergência

- 32 mil atendimentos a pacientes oncológicos

- 5,4 mil partos

BLOG SOBRAL 24 HORAS: ULTRAPASSA 187 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES!

O Blog Sobral 24 horas (www.sobral24horas.com) ultrapassa 187 milhões de acessos. Agradecemos em primeiro lugar a Deus, aos nossos leitores, patrocinadores e colaboradores.

SOBRAL: HOMEM É EXECUTADO A BALA NO BAIRRO DOM JOSÉ 2

Na tarde desta sexta-feira, dia 24, na rua Jardim das Flores, bairro Dom José 2, foi registrado um homicídio a bala.
A vítima foi um homem identificado como Isac Pereira da Silva, 29 anos, natural de Sobral, residia na rua Monsenhor Domingos, bairro Dom José.


O crime

Um indivíduo em uma bicicleta, portando uma arma de fogo efetuou vários tiros contra a cabeça da vítima, que foi socorrida por populares para o Hospital Santa Casa, mas não resistiu e veio a óbito.

A Polícia Militar realizou diligências na tentativa de prender o autor do crime, mas até o fechamento desta matéria ninguém foi preso.

A Polícia Civil abriu um inquérito policial para apurar o crime.

18 homicídios dolosos já foram registrados no corrente ano.

(Sobral 24 horas)
Foto ilustrativa

SOBRAL: MOTOTAXISTA TEM MOTO TOMADA DE ASSALTO NO BAIRRO DOM EXPEDITO

O roubo foi registrado na madrugada desta sexta-feira, dia 24, no bairro Dom Expedito.

Um mototaxista transitava em sua motocicleta na avenida Senador Fernandes Távora, quando nas proximidades da ponte do Rio Oiticica, foi abordado por dois homens a pé e armados de revólver.  Os criminosos anunciaram o roubo, subtraindo o veículo da vítima: Honda Bros preta de placa PMK-7246.

Quem souber informações do paradeiro do veículo roubado, ligar para o telefone da Polícia (190). O sigilo das informações é garantido.

(Sobral 24 horas)

MULHER DENUNCIA QUE A PREFEITURA ESTÁ RECOLHENDO RESTOS MORTAIS DE FORMA IRREGULAR NO CEMITÉRIO DO JUNCO

Internauta denuncia que a prefeitura de Sobral está recolhendo restos mortais de forma irregular no cemitério localizado no bairro Junco.

Veja a denúncia na íntegra:

"Isso eles fazem de dois em dois meses. Os funcionários nao usam protecao nenhuma, e se for ver no caminhão vai ossos com carne ainda panos ainda sujos de salmoura de sangue. E pq sou baixinha e não deu pra filmar dentro do caminhão. Os caixões ainda inteiros como vc vê na foto. Depois do recolhimento eles cortam umas árvores aqui da rua pra e cobrir e sai pela rua. Uma vez acompanhei o caminhão até no mercado ele foi com isso em cima. Desrespeito total.

Venha ver aqui como tá no portão dos fundos do cemitério."

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More