terça-feira, 18 de outubro de 2011

PMs são flagrados fazendo sexo oral com travesti em parque de Cuiabá em horário de expediente


Dois policiais militares foram flagrados fazendo sexo oral com um travesti no Parque Zé Bolo Flor, na região do Coxipó, em Cuiabá. 

São acusados um cabo e um soldado da PM, que foram afastados de suas funções. Os dois estavam numa viatura em serviço e parados no parque, o que acabou chamando a atenção de outro carro da PM. 
O tenente que ocupava a outra viatura foi ver o que estava acontecendo e se deparou com um deles fazendo sexo oral com o travesti, cujo nome não foi fornecido, mas é conhecido como ´Kid Bengala´.

O fato ocorreu na madrugada de domingo e somente ontem a Polícia Militar confirmou o caso, inclusive com abertura de sindicância pela Corregedoria Geral da PM.

Segundo a polícia, o tenente que flagrou a dupla deu voz de prisão por ato libidinoso, mas os dois policiais não obedeceram. Enquanto um fazia sexo oral, o outro observava próximo dali, numa cena que chamou a atenção dos militares da segunda viatura. A dupla dispensou o travesti – o preço cobrado pelos programas não foi fornecido pelos policiais nem pelo travesti –, entrou na viatura e seguiu para o Batalhão.

O tenente, então informou aos seus superiores sobre o caso e os dois militares foram autuados em concurso de desobediência – incluindo prevaricação - e corrupção passiva. A ocorrência foi registrada na Delegacia do Complexo do Planalto, mas o caso foi direto para a Corregedoria Geral da PM, onde os dois policiais foram autuados por crimes militares. A PM, no entanto não forneceu detalhes sobre em qual parte do fato ocorreu a corrupção.

´Os policiais da segunda viatura viram um carro da PM parado naquele local estranho do parque e acreditavam estar diante de um assalto ou algo grave naquele horário, pois era de madrugada. Ao se aproximar, viram uma cena que, com certeza não esperavam encontrar´, informou um policial que se inteirou do caso.

Esse militar explicou que o travesti é um ´velho conhecido´ dos policiais, mas não detalhou de que forma. ´Olha, pelo apelido de Kid Bengala, já é possível saber como é conhecido de alguns policiais´, despistou.

Segundo a PM, o cabo foi para o Cadeião em Santo Antônio de Leverger, onde funciona um presídio militar, e o soldado está no 9º Batalhão. Além do flagrante de crime militar, a Corregedoria Geral da PM informou que já instaurou sindicância para apurar o caso administrativamente.

Os mesmos foram expulsos da corporação. 



Fonte: Repórter News

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More