RASTREADORES - (MOTO R$ 499 E CARRO R$ 599) FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272 / (88) 9 9299.9212

SEJA UM VENCEDOR! APOSTE ONLINE - APOSTA DE OURO

DE 09 A 11 DE AGOSTO DE 2018: 1ª EXPONOROESTE

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Facção espalha na comunidade do Lagamar avisos para "não levar bala"

Moradores e comerciantes da comunidade Lagamar, no limite dos bairros Tauape e Aerolândia, acordaram surpresos com mais um capítulo da violência gerada pela “guerra” entre traficantes de drogas e facções criminosas que dominam a área. Nas paredes das casas e pontos comerciais bandidos afixaram, durante a madrugada, avisos de como as pessoas devem andar no local.

O teor do aviso é praticamente o mesmo das pichações que bandidos espalharam em diversos bairros da Capital cearense como Barra do Ceará, Papicu, Bom Jardim, Serviluz e outras áreas dominadas pelas quadrilhas e facções. “Baixar o vidro, ligar a luz interna dos carros e tirar o capacete”.

O que chamou a atenção é que os criminosos agiram de forma, aparentemente, mais organizada. Mandaram imprimir os avisos e espalharam pelo bairro de forma silenciosa, surpreendendo as pessoas quando estas saíam de manhã bem cedo de suas casas.

Prisões

O aviso é assinado pela facção Guardiões do Estado, GDE, que, atualmente, está em duelo com a facção Comando Vermelho (CV) pelo domínio da venda de drogas no Lagamar e bairros próximos.

A disputa territorial dos criminosos já produziu um rastro de sangue e medo no Lagamar nos últimos meses e várias pessoas foram assassinadas de lado a lado, além de moradores que nada tinham a ver com a disputa dos traficantes. Há dois dias, a Polícia Militar prendeu os “cabeças” de uma das facções. Um homem conhecido por “Chico Chatinha” está entre os detidos com armas e drogas no Lagamar. Ele é irmão do também traficante de drogas “João Presinha” e seu inimigo. Os dois disputam o comando do tráfico na região.

Ainda ontem, policiais do Serviço Reservado (Inteligência) do 22º BPM prenderam no mesmo bairro uma mulher que seria também uma das líderes de quadrilha que atuam na região.

Fonte: Blog do Jornalista Fernando Ribeiro

4 comentários:

Cadê o moral da nossa segurança como é que pode isso está acontecendo...

Se o governo quiser ele acaba com todos esses malditos é só querer somente isso!!

E agora pra acabar com o crime ..enquanto sao contratado 150 mil policial em to o estado ..entra 300mil pro crime em questão d dias ..entao nao tem vez pra policia nao pode ser qualquer uma foa nacional BOPE qualquer uma . Nao da jeito d nada nao ..

Verdade anônimo a bandidagem cresci mais do que o efetivo de polícia

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More