RASTREADORES DE MOTOS POR APENAS 10 X R$ 65,00 - FALE COM KELTON: (88) 9 9975.7272/(88) 9 9299.9212

MAURÍCIO VASCONCELOS - CORRETOR DE IMÓVEIS (88) 99208.8406

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Primeiro dia do Enem Sem carteira de identidade original, candidatos perdem primeiro dia de prova

Alguns estudantes deixaram de apresentar a identidade original, outros chegaram após o fechamento dos portões de locais de prova.

Diversos candidatos não conseguiram fazer a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, neste domingo, que também coincidiu com o início do horário de verão no país. A reportagem constatou casos de quem foi impedido de realizar o exame por não apresentar identidade original e de atraso.

Os portões do local de prova abriram ao meio-dia e fecharam às 13h. A prova começou a ser aplicada às 13h30. Ao todo, são 5 horas e 30 minutos de duração do exame, ou seja, encerrará às 19h.
A estudante Thais Dutra não conseguiu chegar a tempo para a prova do Enem 2018Luciano Belford/Agencia O Dia


Para prestar o exame, a estudante Thaís Dutra, de 20 anos, teve que se deslocar de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio, para a Universidade Veiga de Almeida, no Maracanã (Zona Norte). Mas quando chegou ao seu local de prova os seguranças haviam acabado de fechar os portões.

A jovem tinha intenção de concorrer a uma vaga para o curso de Administração em uma universidade. Ela não culpou o horário de verão, mas reclamou do trânsito na cidade.

"Saí cedo de casa e a culpa foi do foi o transporte público. Vim da Taquara, em Jacarepaguá, peguei o BRT até Madureira. De lá peguei o trem até o Maracanã e, dali, tive que vir até aqui (local de prova) de moto-táxi. Demorou mais de uma hora", contou.

"Eles não vão deixar eu entrar agora", completou a jovem, que chegou ao local cinco minutos após o fechamento do portão. Esse seria o segundo Enem de Thaís, e ela disse que, para o próximo ano, vai focar nos estudos e também no horário.

Já a estudante Monique Moreira, de 20 anos, que chegou cedo à Veiga de Almeida, levou a filha para conseguir realizar o exame. Mas, segundo ela, "na correria do horário de verão", não levou a identidade original.

A candidata, que mora na Mangueira, na Zona Norte, conseguiu que familiares levassem o documento para ela. Porém, a jovem relatou que, enquanto aguardava do lado de dentro da instituição, e ainda antes de 13h, os seguranças do local começaram a empurrar quem estava ali e não permitiram que ela pegasse o RG através do portão.

"Eu deixei tudo separado desde ontem. Trouxe minha filha no colo, fiz tudo certo. Mas, na correria do horário de verão, acabei esquecendo apenas a identidade. Me empurraram na hora que eu ia pegar o documento, e eu estava aqui desde cedo", lamentou Monique, que deseja estudar Nutrição. 

O problema da identidade também afetou um grupo de cinco pessoas, entre elas João Pedro Crisóstomo, de 17 anos. "Eu perdi a minha identidade original, mas como recentemente eu fui no Exército e eles aceitaram a cópia, pensei que não haveria problema aqui (para fazer a prova)", relatou. 

O jovem, porém, disse que não está tão preocupado, pois realizaria o exame "como teste". "Ano que vem que será para valer", disse.

Primeiro dia tem Redação 

Nesta primeira etapa do Enem, os candidatos passam pelas avaliações de Linguagens, Ciências Humanas e Redação. No próximo domingo será o segundo dia do exame com provas de Ciências da Natureza e Matemática.

O tema da redação é 'Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet', conforme informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O texto deve ser dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, e ser desenvolvido a partir da situação-problema e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. Os critérios de correção, com cinco competências detalhados na cartilha de participante.

Fonte: O Dia

2 comentários:

Servem para deixar de serem despreparados !

Bandos de lezados! Em Sobral tem bastante na época de vestibular da UVA. Essa geração "mimimi" é de fazer vergonha.

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More