ATENÇÃO! NÃO PERCA SEU VEÍCULO PARA A BANDIDAGEM!

ADQUIRA JÁ O RASTREADOR E BLOQUEADOR EM TEMPO REAL: FALE COM O KELTON OU LIGUE (88) 99975.7272/99299.9212. CLIQUE AQUI E SAIBA MAIS

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

POLÍCIA CIVIL PRENDE CINCO SUSPEITOS DE APLICAR GOLPE MINHA CASA MINHA VIDA

Suspeitos cobravam pelos imóveis entrada no valor de até R$ 2 mil e parcelas fixas como garantia para o recebimentos dos apartamentos.

Cinco pessoas foram presas, na última sexta-feira (2), suspeitas de participar de um esquema criminoso que aplicava golpe de venda de apartamentos no Programa Minha Casa Minha Vida, em Fortaleza. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (5), pela Polícia Civil.

Os suspeitos foram presos em flagrante quando realizavam atendimentos dentro da Associação Realizando Sonhos, localizada no Bairro José Walter. Eles foram identificados como Ana Paula Clemente da Silva, de 38 anos, presidente da associação, além de Sérgio Luiz Ferreira Rios Filho, 27, Wellington Fábio Lima da Costa, 27, Emerson Bento de Souza, 40 e Maria Clemilda Vasconcelos, 34.

A Polícia Civil chegou ao local a partir de denúncia formalizada pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) da Prefeitura Municipal de Fortaleza. Os membros da associação estavam captando pessoas com a garantia de recebimento de apartamentos no Residencial Cidade Jardim II, no Conjunto José Walter, caso os pretendentes pagassem uma entrada cujos valores variavam entre mil e dois mil reais, e parcelas mensais.

Durante as buscas foram encontrados R$ 8,8 mil em espécie, documentos,agendas com anotações, cadernos de movimento de caixa, carimbos, cartões de apresentação da associação, um HD portátil, um pen drive, 14 aparelhos celulares e oito notebooks.

Os cinco membros da associação foram levados para a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), onde foram autuados por estelionato, associação criminosa, falsificação e uso de documentos públicos e particulares, além de falsidade ideológica.

De acordo com a Polícia Civil, as pessoas que caíram no golpe, podem se dirigir até a sede da DDF para registrar a ocorrência.

(Diário do Nordeste)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente esta matéria

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More