quinta-feira, 31 de março de 2011

Polícia Civil de Sobral prende dois homens acusados de diversos assaltos na região de Cariré e Reriutaba




Policiais Civis de Sobral, na tarde do dia 30/03/2011, realizaram a prisão de dois indivíduos acusados de praticar vários assaltos na região de Cariré e Reriutaba, são eles: CARLOS HENRIQUE LOPES DA SILVA E SAMUEL TERTULIANO DA SILVA, ambos foram presos na cidade de Sobral, no bairro Padre Palhano. A prisão dos mesmos foi fruto de uma minuciosa investigação em parceria com o Poder Judiciário e o Ministério Público.

Grupo ataca BB e fere advogado

Clique para Ampliar
Um dos veículos usados na fuga dos assaltantes foi incendiado na estrada, impedindo a passagem dos carros da Polícia para as buscas na região. O fato deixou a população em pânico 
FOTO: SILVÂNIA CLAUDINO



Criminosos roubaram dinheiro de três caixas eletrônicos, dispararam vários tiros e, na fuga, incendiaram três carros
Independência Mais uma ação ousada de assalto foi registrada no Interior do Estado. Desta vez o alvo foi a agência do Banco do Brasil deste Município (a 317Km de Fortaleza). Por volta das 9 horas de ontem, três homens encapuzados, fortemente armados e com roupas camufladas no estilo militar, entraram na agência e arrombaram três caixas eletrônicos. O cofre não foi aberto devido ao sistema de segurança. A quantia levada pelos assaltantes ainda foi revelada pela gerência.

Os assaltantes izeram duas pessoas de reféns, um funcionário da agência e o advogado Edilmar Ribeiro, que procedia da cidade de Crateús para realizar trabalhos advocatícios no Fórum de Independência. A agência está instalada no mesmo prédio onde funciona o Fórum desta Comarca.

O primeiro refém foi logo liberado após o assalto. Já o advogado foi baleado nas costas teve o carro incendiado pelos assaltantes. Na tarde de ontem, ele foi transferido para o hospital de Crateús e, em seguida, removido para um hospital particular de Fortaleza. Segundo a técnica de Enfermagem, Antônia do Nascimento, que o socorreu e acompanhou o advogado na remoção para Crateús, o projétil atingiu a região intestinal e rins.

Segundo moradores das proximidades da agência, que fica no Centro de Independência, os assaltantes chegaram à cidade em um veículo Tucson. Atiraram para o alto e falaram para os populares que estavam na fila aguardando a abertura da agência, que fizessem barreira para eles. Entraram rapidamente no prédio, ainda atirando, e em cerca de 20 minutos executaram a ação criminosa.

Incendiados
Na fuga, os assaltantes incendiaram três veículos. Um Celta, que deixaram na BR 226, para fazer barreira e impedir a chegada do policiamento de Crateús, o Corolla pertencente ao advogado que foi pego como refém, e a Tucson, deixada destruída na estrada que liga Independência ao distrito de Iapi. Não há informações sobre o paradeiro do bando. A Polícia acredita que um grupo bem maior, em torno de sete homens.

SILVÂNIA CLAUDINO
COLABORADORA

Fonte> DN






quarta-feira, 30 de março de 2011

Combate à Dengue



O Combate à Dengue é uma responsabilidade dos órgãos públicos e de toda população. O mosquito da dengue (aedes aegypti) se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias (água parada limpa ou pouco poluída). A conscientização da população e a tomada de medidas são de fundamental importância para a redução e, quem sabe, a erradicação desta doença do Brasil.
Medidas de Combate à dengue (para eliminar os criadouros e evitar a reprodução e proliferação do aedes aegypti)
- Não deixar água parada em pneus fora de uso. O ideal é fazer furos nestes pneus para evitar o acúmulo de água;
- Não deixar água acumulada sobre a laje de sua residência;
- Não deixar a água parada nas calhas da residência. Remover folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água.
- A vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Deixar estas vasilhas sempre secas ou cobri-las com areia;
- Caixas de água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;
- Vasilhas que servem para animais (gatos, cachorros) beber água não devem ficar mais do que um dia com a água sem trocar;
- As piscinas devem ter tratamento de água com cloro (sempre na quantidade recomendada). Piscinas não utilizadas devem ser desativadas (retirar toda água) e permanecer sempre secas;
- Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo (fechado).
- Não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada;
- As bromélias costumam acumular água entre suas folhas. Para evitar a reprodução do mosquito, o ideal é regar esta planta com uma mistura de 1 litro de água e uma colher de água sanitária.
- Sempre que observar alguma situação (que você não possa resolver), avisar imediatamente um agente público de saúde para que uma medida eficaz seja tomada. 


Polícia Civil de Sobral prende homem acusado de praticar crime de estupro de vulnerável



Polícia Civil de Sobral na data de hoje (30/03/2011) por volta das12:30 hs prendeu o indivíduo de nome ANTONIO AURI DE PAULA FREITAS, ele é acusado de praticar estupro de vulnerável. A Polícia Civil prendeu a pessoa acima citado baseado em um Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo DR. Zanilton Batista de Medeiros, Juiz de Direito da Comarca de Sobral. O acusado foi preso por prática dos seguintes artigos: 217-A do Código Penal,  33 da Lei 11.343/06 e 312 e 313 do Código de Processo Penal.

terça-feira, 29 de março de 2011

Após 13 anos de luta contra o câncer, José Alencar morre em São Paulo aos 79 anos

Veja imagens da vida de José Alencar na política brasileira


Depois de lutar por mais de 13 anos contra um câncer na região abdominal, o ex-vice-presidente da República José Alencar morreu na tarde desta terça-feira (29), aos 79 anos, em São Paulo. Alencar morreu às 14h41 em decorrência do câncer e de falência múltipla dos órgãos. O corpo dele será velado nesta quarta-feira (30), em Brasília.
Nesse período ele foi submetido a 17 cirurgias, perdeu um rim, dois terços do estômago e partes dos intestinos delgado e grosso. Alencar era casado com Mariza Campos Gomes da Silva, pai de três filhos --Josué Christiano, Maria da Graça e Patrícia -- e avô de cinco netos (em 2001 ele passou a responder a um processo de reconhecimento de paternidade ajuizado por Rosemary de Moraes).
O quadro clínico do empresário que ajudou a eleger Lula em 2002 e em 2006 piorou três dias antes do último Natal, quando foi internado com urgência após uma nova hemorragia abdominal provocada pelo tumor no intestino. Os médicos contiveram o sangramento, mas não puderam retirar os tecidos comprometidos pela doença, impedindo o político mineiro de se despedir do cargo em Brasília e de participar da posse da presidente Dilma Rousseff.
De dezembro até os primeiros meses de 2011, o ex-vice voltou a ser internado diversas vezes, sempre em situação muito grave (veja histórico abaixo). Cirurgias foram descartadas nas últimas internações devido ao estado delicado de sua saúde.
Em novembro de 2009, Alencar garantiu que se a saúde permitisse seria candidato ao Senado. No início do ano passado, cogitou tentar o governo de Minas Gerais. Porém, em abril, afirmou que não disputaria cargos por estar em tratamento de quimioterapia contra o câncer.
"Decidi não me candidatar a nada. Vou cumprir o meu mandato até o último dia, se Deus quiser, e descer a rampa da mesma forma que subi. Subi a rampa com ele [Lula], vou descer com ele. Ele também não se afastou, vamos juntos", disse na ocasião. Proibido pelos médicos, ficou no hospital enquanto Dilma e seu sucessor, Michel Temer, recebiam o cargo no Palácio do Planalto.
Fonte> Uol Notícias

Jovem perseguido e fuzilado dentro de uma escola pública

Clique para Ampliar
Rabecão da Perícia Forense (Pefoce) entra no estacionamento da escola para recolher o corpo do jovem assassinado
FOTOS: MARÍLIA CAMELO


Polícia já identificou os suspeitos do assassinato e sabe que um deles atua no tráfico de drogas. As aulas foram suspensas
O jovem Thiago de Freitas de Menezes, 19, tentou esconder-se dentro de uma escola, mas não conseguiu escapar dos seus matadores. Foi executado, na tarde de ontem, com vários tiros de pistola calibre 380, dentro do Colégio Polivalente Modelo de Fortaleza, situado na Avenida A, no Conjunto Prefeito José Walter. O rapaz, que não estudava na escola, foi perseguido e morto, enquanto centenas de alunos assistiam aula no colégio da rede estadual de ensino.

O crime ocorreu por volta das 16 horas, minutos depois que professores e estudante haviam retornado às salas de aula após o intervalo. "Havíamos acabado de voltar para a sala quando ouvimos os tiros. Foram muitos", contou um estudante do 9º ano (identidade preservada).

O coordenador da escola, Leandro Façanha, lembrou que todos ficaram assustados com o barulho (dos tiros) e, quando saíram, encontraram o corpo do jovem caído no estacionamento do estabelecimento de ensino. As aulas foram interrompidas, todos os alunos liberados e a Polícia acionada para o local. Instantes depois do fato, a Avenida K, que dá acesso ao portão do estacionamento, ficou tomada de estudantes e moradores.

Namorando
Conforme testemunhas, Thiago estava com a namorada, identificada apenas como Brigite, na Praça Diogo Vital Siqueira, à cerca de dois quarteirões de onde foi morto, quando dois homens chegaram em uma moto Honda Fan e, um deles, sacou uma pistola. Thiago saiu correndo e foi perseguido pelos acusados, posteriormente identificados como os irmãos ´Netinho´ e ´Eduardinho´, um deles apontado como traficante de drogas.

Tentando escapar da morte, o jovem invadiu a escola pelo portão que dá acesso ao estacionamento. Um dos bandidos desceu da moto, entrou no colégio e efetuou sete disparos contra o rapaz. Conforme o perito criminal Marcelo Albuquerque, quatro deles atingiram o jovem, três na cabeça e um na coxa direita. Ainda de acordo com Albuquerque, os demais tiros acertaram a parede. Sete cápsulas de pistola de calibre 380 foram recolhidas no local e encaminhadas para análise na Pefoce.

O sargento PM Sanderlei Cavalcante, da 1ª Companhia do 6º BPM (Maraponga), afirmou que tudo leva a crer que o crime foi motivado por dívida de drogas. A vítima, inclusive, de acordo com a Polícia, ainda se recuperava de outro atentado ocorrido recentemente.

Segundo os levantamentos realizados pelos policiais ainda no local do crime, Thiago já havia sido preso por roubo em janeiro no dia 12 de janeiro deste ano, mas estava respondendo o processo em liberdade.

Moradores da Avenida K, afirmaram que a escola é insegura, pois o portão por onde Thiago entrou fica sempre aberto, facilitando a entrada de bandidos. Entretanto, o coordenador Leandro Façanha ressaltou que o portão estava aberto porque o fato ocorreu minutos depois do horário de intervalo, quando há saída e chegada de professores.

RMFTreze pessoas assassinadas no último fim de semana
Treze pessoas foram assassinadas na Grande Fortaleza durante o último fim de semana, segundo registros da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops).

Entre as vítimas dos crimes de morte figuraram cinco adolescentes, identificados como Francisco José de Araújo da Rocha Filho, 16; Bruno Morais da Silva, 16; Antônio Danilo Dantas da Silva, 15; Francisco Romário da Silva, 17; e Francisco Jônatas da Silva Campos, 15.

A maioria dos crime teve como pano de fundo o tráfico de drogas. Usuários de entorpecentes foram eliminados por ordem dos traficantes.

Além dos cinco adolescentes, foram mortas entre a noite de sexta-feira passada (25) e a madrugada de ontem (28) as seguintes pessoas: Tiago Dias de Oliveira (no Serviluz), Sebastião Jailton Queiroz Hermínio (Granja Portugal), Eliézer Alves de Barros (Genibaú), Paulo Henrique da Silva Granja (Itaoca), Cláudio Gomes da Costa (Eusébio), Rodrigo da Silva de Castro (Granja Portugal), João Marques do Nascimento (Praia do Futuro) e Arilson dos Santos da Silva (na Vila Velha).

Arsenal
Somente entre sexta-feira e domingo, a Polícia Militar apreendeu 34 armas de fogo na Grande Fortaleza, a maioria revólveres de calibre 38. Um dos casos ocorreu no bairro Serviluz, onde um adolescente foi flagrado com dois revólveres. Ele agia junto com traficantes.

EMERSON RODRIGUESREPÓRTER
Fonte: DN

segunda-feira, 28 de março de 2011

Em domingo de glória, Ceni fala sobre marca histórica, idolatria e Pelé


Camisa 1, que foi destaque também defendendo no clássico, elogia treinadores de sua trajetória e diz que meta é sempre vencer e ser campeão



Rogério Ceni com a camisa comemorativa do gol 100 (Foto: Marcos Ribolli / GLOBOESPORTE.COM)
Rogério mostra a homenagem que ganhou da diretoria do Sâo Paulo, um kit com as camisas do seu primeiro e centésimo gols com a camisa do time do Morumbi (Foto: Marcos Ribolli / GLOBOESPORTE.COM)

Quarenta minutos após deixar o gramado, Rogério Ceni chegou ao vestiário da Arena Barueri para dar entrevista coletiva. E, assim que entrou, recebeu a primeira de muitas homenagens do clube. O São Paulo lançou um kit especial contendo os uniformes do primeiro gol, marcado no dia 15 de fevereiro de 1997, e do centésimo tento, anotado neste domingo, no clássico contra o Corinthians. Ele ainda será exaltado na terça-feira, no Morumbi, durante a apresentação oficial de Luis Fabiano.
Essa homenagem foi o desfecho de um fim de semana perfeito. Embora não tivesse o poder de prever o futuro, Rogério Ceni trabalhou de maneira especial nos últimos dias. No treino de sábado, após disputar o rachão na linha, ele bateu 40 faltas, com aproveitamento de 70%. Porque sabia que, se tivesse a chance, o que não havia ocorrido nas duas partidas anteriores, teria de ser perfeito. Como foi.


Fonte> Globo Esporte

domingo, 27 de março de 2011

Quatro pessoas são mortas dentro de casa em Porto Alegre


Criança de 9 anos foi baleada na cabeça e está internada em estado grave.
Duas vítimas tinham passagem criminal e outra era foragida da Justiça.



Quatro pessoas são mortas e uma criança de 9 anos foi internada após chacina em Porto Alegre (Foto: Genaro Joner/Zero Hora/Ag.RBS )
Quatro pessoas são mortas e uma criança de 9 anos foi internada após chacina em Porto Alegre (Foto: Genaro Joner/Zero Hora/Ag.RBS )


Quatro pessoas foram mortas a tiros, na madrugada deste domingo (27), quando estavam dentro de casa, no Bairro Morro Santana, em Porto Alegre. Uma menina de 9 anos foi baleada na cabeça e está internada em estado grave no Hospital Cristo Redentor. Duas das vítimas faziam parte de uma mesma família.
Segundo a Polícia Civil, duas das vítimas (mãe e filho) tinham passagem por furto e tráfico de drogas e outra era foragida da Justiça. O crime ocoreu por volta das 5h deste domingo. De acordo com relatos preliminares feitos por vizinhos das vítimas à polícia, um grupo de homens armados invadiu a casa atirando.
No local foram apreendidas pequenas porções de drogas. Segundo a investigação, outras pessoas estariam na casa no momento do crime, mas conseguiram se esconder dos criminosos e dos disparos.
Fonte> G1 SP


sexta-feira, 25 de março de 2011

PF prende ex-chefe de delegacia da Polícia Rodoviária Federal no Rio


Esquema de corrupção cobrava propina de empresários.
Um empresário que participava do esquema foi preso em flagrante.





Oito policiais rodoviários federais foram presos, na manhã desta sexta-feira (25), durante a Operação Pisca-Alerta, da Polícia Federal. De acordo com o delegado da PF, Fábio Galvão, entre os presos está o ex-chefe da 3ª delegacia de Polícia Rodoviária Federal, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio.
(Correção: durante a entrevista coletiva, a Polícia Federal se referiu ao preso como chefe da 3ª delegacia de Polícia Rodoviária Federal. Posteriormente, a Polícia Rodoviária Federal informou que o preso é ex-chefe e que saiu do cargo em dezembro do ano passado, durante as investigações. A reportagem foi corrigida às 13h21.)
Os presos são suspeitos de participar de um esquema de corrupção de cobrança de propina de empresários da região de Angra dos Reis, Itaguaí, Paraty e Mangaratiba.
Galvão explica que o ex-chefe da delegacia era sócio de uma empresa de ônibus. “A empresa era uma das beneficiadas pelo esquema de corrupção”, garantiu o delegado. A ação conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Agentes presos trabalhavam na Rio-Santos
Ainda de acordo com o Fábio Galvão, 18 pessoas foram denunciadas pelo esquema. Destas, 15 são da PRF. As outras três são empresários. Dos dez mandados de prisão expedidos, oito foram cumpridos. Um não pôde ser cumprido porque o policial havia sido assassinado no dia 4 de março, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ainda falta cumprir um mandado de prisão.
Os policiais denunciados eram responsáveis pela fiscalização na BR-101 Sul (Rio-Santos).  O delegado explicou também que os agentes foram denunciados pelo Ministério Público Federal por crimes como inserção de dados falsos no sistema da PRF, corrupção, formação de quadrilha armada, violação de sigilo funcional e advocacia administrativa (contato para retirar multas). “Os agentes avisavam até de barreiras da PRF a quem pagava propina”, disse Galvão.
Empresário preso em flagrante
Fábio Galvão revelou também que um empresário, suspeito de recolher propina de colegas para repassar aos agentes, foi preso em flagrante nesta manhã. Ele estava com armas e munições.
Segundo o delegado, a investigação começou em outubro de 2009 após denúncia feita por um caminhoneiro. “A testemunha, que teve que pagar R$ 40 de propina, tinha GPS no caminhão. Então tivemos como comprovar o depoimento”, afirmou Galvão. A investigação se estendeu até dezembro de 2010.
Ainda segundo Galvão, alguns empresários vão ser investigados por corrupção ativa, já outros são vítimas do esquema. “Os empresários que não pagavam, sofriam retaliação por parte dos agentes da PRF, como multas e apreensão dos veículos”, disse.
Incompatibilidade de bens
Para o delegado Galvão, existia uma incompatibilidade de bens entre os agentes da PRF. “Um deles acumulou R$ 2,4 milhões em 5 anos , enquanto seu salário rendia R$ 10 mil em um ano”, afirmou.
A operação mobilizou 120 policiais. Os presos foram levados para a sede da Superintendência da PF no Rio, na Praça Mauá, no Centro, e posteriormente para o presídio de Bangu 8. Segundo o delegado Fábio Galvão, os policiais devem ser expulsos da PRF.
Operação Guilhotina
No dia 11 de fevereiro, a PF deflagrou uma megaoperação, chamada de Operação Guilhotina, para prender suspeitos de envolvimento com milícia, tráfico de drogas e armas e exploração de máquinas de caça-níqueis. Na época, foram presas 38 policiais civis e militares suspeitos de diversos crimes.
Entre eles o ex-subchefe operacional da Polícia Civil, delegado Carlos Oliveira. A prisão do delegado acabou provocando a saída do então chefe de Polícia Civil,  Allan Turnowski.
Fonte> G1


Polícia Civil desarticula quadrilhas

Clique para Ampliar
Rommel Kerth, titular da Divisão Antissequestro, mostra a pistola calibre 40 apreendida com 21 cartuchos
FOTO: MIGUEL PORTELA


Entre os presos, está um homem acusado de participação no sequestro de uma mulher e seu enteado, neste ano.

Uma ação conjunta da Divisão Anti-Sequestro (DAS) com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) resultou, na tarde de ontem, na prisão de três integrantes de uma quadrilha que planejava assaltar carros fortes e estabelecimentos comerciais em Fortaleza. Um dos detidos, Fagner Nogueira de Lima, 21, também é acusado de ter participado, em fevereiro, do sequestro de uma mulher e seu enteado. Os outros dois foram identificados como Cícero Campos da Silva, 30; e Antônio Jackson Crispim Vieira, 28.

As prisões aconteceram no bairro Montese, no cruzamento da Avenida Gomes de Matos com Rua Padre Cícero. De acordo com o delegado Rommel Kerth, titular da DAS, não houve, no momento da abordagem policial, reação dos criminosos. "Nós tínhamos uma informação de que os três iriam encontrar uma quarta pessoa na área do bairro Montese. Como possuíamos fotografias do Fagner, colocamos várias viaturas da DAS e da DRF procurando pelos bandidos na região", revelou Kerth.

Conforme informou a Polícia, os três acusados circulavam pelo bairro em um Polo de cor prata, roubado e de placa clonada, que foi apreendido. Além do carro, também foi feita a apreensão de uma pistola calibre 40 e 21 cartuchos.

Na Delegacia de Roubos e Furtos, Antônio Jackson, já preso, chegou a se passar pelo seu irmão, Jeffsson Crispim Vieira, apresentando a identidade do mesmo. Os dois possuem características físicas semelhantes. Entretanto, ao procurar pela ficha criminal de Jeffsson, a Polícia notou algumas incompatibilidades . Através de uma fotografia de arquivo, foi possível descobrir a fraude. Questionado, o criminoso confessou a tentativa de não ser reconhecido pelo seu nome verdadeiro.

Segundo Romério de Almeida, titular da DRF, os três acusados serão autuados por formação de quadrilha e porte ilegal de armas. No entanto, em razão do sequestro, Fagner já possuía um mandato de prisão preventiva em aberto. Ele também responde a assalto a mão armada.

Os delegados Almeida e Kerth fizeram questão de ressaltar o trabalho de parceria e prevenção que a Polícia do Ceará vem desempenhando. "É muito importante que as delegacias especializadas trabalhem juntas na investigação de casos como esse. Desta forma, podemos efetuar as prisões de forma mais rápida", disse Kerth. "Com a parceria, podemos cumprir mais facilmente o dever da Polícia, que é de agir antes que o crime aconteça, prevenindo ações dos bandidos", afirmou Almeida.



Fonte>DN

quarta-feira, 23 de março de 2011

Presa dupla que planejava assaltar um carro-forte

Clique para Ampliar
Romério Almeida, delegado titular da ´Roubos e Furtos´ mostra os objetos apreendidos com os dois homens presos. Entre eles, havia um narguilé e uma pistola nove milímetros 
FOTO: ALEX COSTA


Clique para Ampliar
Lucifran Figueiredo Farias já havia sido preso pela PF, por roubo e sequestro, em 2008

Clique para Ampliar
José Carlos Rocha responde por roubo, tráfico e formação de quadrilha 
FOTOS: REPRODUÇÕES



A ação ocorreria na Avenida Francisco Sá. Além dos dois presos, outros assaltantes já foram identificados
Uma operação conjunta entre a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa da Cidadania (SSPDS), com apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (GATE), resultou, ontem pela manhã, na prisão de Lucifran Figueiredo Farias, 37 anos, e José Carlos Rocha, 43 anos, na praia da Tabuba, distrito de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). A dupla estaria articulando, junto à outras pessoas, um assalto a um carro-forte.

De acordo com o delegado Romério Almeida, titular da DRF, a investigação começou há cerca de três semanas. "Recebemos informações de que eles planejavam realizar esse ataque e passamos a acompanhar os passos de Lucifran Figueiredo. Ele estava arregimentando pessoas para atuarem na ação. Apuramos que o assalto iria ocorrer quando o carro-forte estivesse abastecendo em uma agência bancária na Avenida Francisco Sá", explicou.

Ainda segundo Romério Almeida, além de Lucifran Figueiredo, o bando, que teria entre seis e oito integrantes, seria liderado pelos irmãos Juscelino Costa da Fonseca, 30, e Joelino Costa da Fonseca, 28, ambos com passagens pela polícia acusados de assaltos e furtos. "Estamos à procura desses dois suspeitos. Sabemos que Lucifran tem ligações com os dois irmãos", ressaltou.

Com Lucifran e José Carlos foram apreendidos uma pistola 9 milímetros, de uso exclusivo das Forças Armadas e Polícia Federal, uma narguilé (espécie de cachimbo com um fornilho, um tubo e um vaso cheio de água perfumada que o fumo atravessa antes de chegar à boca), algumas gramas de cocaína, um caderno com anotações e um extrato bancário. "Investigaremos as informações do caderno e do extrato para descobrir se havia outros planos do bando e tentar descobrir se houve participação em outros assaltos a carro-forte", explicou o.

De acordo com informações da DRF, a pistola apreendida com a dupla fora adquirida em um assalto realizado em uma residência no bairro de Fátima, em 2010. Na ocasião, quatro homens renderam os sete moradores e levaram TV´s, celulares, notebooks, joias, R$ 6.000,00 e um veículo.

O titular da DRF destacou ainda o trabalho de prevenção realizado. "O novo secretário de Segurança, coronel Bezerra, orientou a Polícia para realizar um trabalho que, não só combatesse ostensivamente, mas também evitasse a ação de grupos como esse", informou.

Além de ser investigados sobre a participação em outros crimes, Lucifran Figueiredo Farias e José Carlos Rocha responderão inquérito por porte ilegal de armas.

Lucifran Figueiredo Farias já havia sido preso em maio de 2008 durante a "Operação Belzebu" realizada pela Polícia Federal. Na ocasião, ele foi capturado junto a mais quatro outras pessoas. A quadrilha era acusada de praticar roubos a bancos e carros fortes e praticar sequestros. Já José Carlos Rocha responde por assaltos, tráfico de drogas e formação de quadrilha em Rondônia.

´MAL-ENTENDIDO´Carro-forte é cercado e tem pneu furado por policiais
"Um mal-entendido". Assim classificou a Polícia sobre a ocorrência no município de Capistrano (situado a 83 quilômetros da Capital), ontem à tarde. Um carro-forte que havia abastecido a cidade e já não conduzia valores, saiu da rota normal e chamou a atenção de moradores do município, que acionaram a Polícia local.

A informação chegou ao Comando de Policiamento do Interior (CPI), que imediatamente mobilizou um efetivo policial para verificar o que estava acontecendo. "Foi uma ação preventiva. Da mesma maneira que o carro-forte estava em segurança, apenas fora da rota normal, poderia haver bandidos ali, fazendo reféns os vigilantes, por exemplo. Tínhamos que agir para evitar o pior", avaliou o coronel João Batista, subcomandante do CPI.

Pneu
O carro-forte foi cercado por policiais e teve um dos pneus estourados por um tiro, para que fosse forçado a parar. "De maneira prudente, os policiais agiram com o objetivo de impedir que o veículo continuasse em movimento. Foi quando tudo foi esclarecido e houve contato com a empresa responsável pelo carro-forte para dirimir qualquer dúvida", disse.

Conforme a 2ª Companhia do 4º Batalhão da Polícia Militar, sediada em Canindé, cerca de 30 policiais e seis viaturas foram deslocadas para a ocorrência, que movimentou a cidade e deixou os moradores apreensivos.

De acordo com a Polícia, o "tiro de segurança" foi disparado contra um dos pneus dianteiros do veículo já no Centro de Capistrano.

AURIMAR MONTEIROESPECIAL PARA POLÍCIA

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More